Com mais de 18 mil óbitos, Reino Unido atravessa “pico” de pandemia

Alejandro Garcia / EPA

O Reino Unido está no “pico” da pandemia covid-19, afirmou esta quarta-feira o ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, que disse que o respeito pelas regras de distanciamento social evitou que os hospitais ficassem sobrecarregados.

“Quero agradecer a todas as pessoas em todo o país pelo empenho firme em respeitar as regras, incluindo nesta Câmara. Está a fazer a diferença, estamos no pico”, disse esta quarta-feira Matt Hancock, durante uma declaração na Câmara dos Comuns sobre as medidas do governo para o combate à doença.

O ministro da Saúde britânico falava no primeiro dia de funcionamento do parlamento em formato híbrido, com alguns deputados sentados nas bancadas, mas separados por vários lugares vazios, e outros deputados a participar por videoconferência.

Hancock disse existirem atualmente 10.000 camas vagas nos hospitais públicos e que os cuidados intensivos foram reforçados com mais 3.000 camas desde o início da crise. “Queremos abrir o NHS [serviço nacional de saúde britânico] a pacientes sem sintomas do coronavírus ou com doenças não relacionadas com o coronavírus assim que for seguro fazê-lo”, adiantou o governante.

Porém, adiantou, antes de as medidas de distanciamento social serem aliviadas ou alteradas, terão de ser preenchidos os critérios estipulados pelo Governo, nomeadamente que os serviços de saúde continuam a aguentar a pressão e que o número de mortos e taxa de contágio diminuam.

Mais de 18 mil óbitos, 69 dos quais no NHS

O ministério da Saúde britânico anunciou também nesta quarta-feira que, até às 17:00 de terça-feira, tinham morrido nos hospitais britânicos 18.100 pessoas infetadas com o novo coronavírus, mais 763 óbitos do que no dia anterior.

Na conferência de imprensa na terça-feira, o sub-diretor geral da Saúde de Inglaterra, Jonathan Van Tam, disse acreditar que o pico de infeções já passou em Londres, onde terá acontecido antes da Páscoa, mas em outras partes do Reino Unido ainda não.

“Em termos do número de pessoas no hospital, houve um pico em Londres, provavelmente à volta de 10 de abril, e desde então tem existido um declínio. Mas as outras regiões, Escócia, País de Gales e Inglaterra, registam um planalto nesta altura”, vincou.

O governo adiantou que terão morrido 69 profissionais do NHS e 15 empregados de lares de idosos, um número substancialmente inferior aos 112 identificados no memorial da página eletrónica NursingNotes [https://nursingnotes.co.uk/covid-19-memorial].

Uma análise do jornal Financial Times sugere que o número total de mortes no Reino Unido durante a pandemia possa chegar a 41.000, mais do dobro do registado oficialmente pelo governo, que só contabiliza os óbitos nos hospitais.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Marcelo insiste para que se acelere a auditoria ao Novo Banco

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, reforçou esta segunda-feira o apelo para que se acelere a "auditoria e todo o tipo de investigação e apuramento da realidade relativamente ao Novo Banco". À margem de …

Atlético de Madrid revela nomes de jogadores que testaram positivo à covid-19

Para acabar com a especulação, o Atlético de Madrid anunciou a identidade dos jogadores do plantel que testaram positivo à covid-19. O Atlético de Madrid anunciou que o plantel e a equipa técnica tiveram resultados …

35 anos depois, Toshiba deixa de fabricar portáteis

Depois de 35 anos a produzir e vender computadores, a empresa japonesa vai abandonar o negócio. O comunicado à imprensa divulga que a Toshiba vendeu as ações da Dynabook à Sharp, concluindo assim um processo …

Governo do Líbano demite-se em bloco

O primeiro-ministro libanês, Hassan Diab, vai entregar ainda esta segunda-feira ao Presidente Michel Aoun a demissão do Governo, disse esta segunda-feira o ministro da Saúde do Líbano, Hamad Hassan. Falando aos jornalistas após uma reunião do …

Portugal fora da lista de países que querem proibir robôs assassinos

Apesar de apoiar a realização de negociações para o fim do uso de robôs assassinos em conflitos militares, Portugal está fora da lista de países que procuram explicitamente proibir armas totalmente autónomas. A constatação consta de …

Portugal com mais três mortes e 157 novos casos de covid-19

Portugal regista esta segunda-feira mais três mortes e 157 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Há ainda a registar 89 pessoas recuperadas. O …

Covid-19. Singapura começa a testar vacinas em humanos na próxima semana

Singapura anunciou este sábado que inicia na próxima semana a primeira fase de testes em humanos de uma nova vacina contra a covid-19, período experimental que se vai prolongar até outubro, prevendo a administração do …

Cem milhões e um jogador. Real Madrid quer "roubar" Dybala à Juventus

De olhos postos na próxima temporada, o Real Madrid de Zinedine Zidane estará a sondar Paulo Dybala, estando disposto a pagar à Juventus 100 milhões de euros e a "oferecer" um outro jogador para garantir …

Depois da Microsoft, Twitter também está interessado em adquirir o TikTok

As redes sociais Twitter e TikTok tiveram discussões preliminares com vista a uma eventual "combinação" entre as duas, segundo uma notícia revelada no sábado pelo Wall Street Journal. Das informações obtidas pelo jornal não foi possível …

Vulcão Sinabung entra em atividade. Cinza cobre aldeias num raio de 20 quilómetros

O vulcão Sinabung, um dos mais ativos da ilha indonésia de Sumatra, expeliu, esta segunda-feira, fumo e cinzas a uma altura de cinco quilómetros, não havendo, para já, registo de feridos, informou a agência de …