14 horas de reunião. Conselho de Ministros aprovou Orçamento

Clara Azevedo / Portugal.gov.pt

O primeiro-ministro António Costa

O Conselho de Ministros aprovou, esta sexta-feira de madrugada, a proposta do Orçamento do Estado para 2018 (OE2018), numa reunião que começou na quinta-feira de manhã e durou mais de 14 horas, confirmou à agência Lusa fonte do executivo socialista.

“O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, a Proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2018, o Relatório que o acompanha, as Grandes Opções do Plano e o Quadro Plurianual de Programação Orçamental”, refere o comunicado, a que a agência Lusa teve acesso.

A reunião do Governo começou cerca das 9h30 de quinta-feira, na Presidência do Conselho de Ministros, em Lisboa, e terminou já depois da meia-noite, apenas com uma curta paragem para jantar.

A proposta do OE2018 aprovada pelo Governo será entregue esta sexta-feira na Assembleia da República, estando prevista depois uma apresentação pública do documento pelo ministro das Finanças, Mário Centeno.

Uma comitiva do executivo socialista revelou na quarta-feira as linhas gerais do documento aos partidos com representação na Assembleia da República, numa maratona de reuniões que terminou com as declarações aos jornalistas do secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Pedro Nuno Santos, que afirmou que a proposta do OE2018 prevê uma taxa de crescimento das maiores do milénio.

A votação final do global do Orçamento do Estado de 2018 está prevista para 28 de novembro, após um mês de debate na especialidade e da votação na generalidade, a 3 de novembro.

A apresentação do documento, no parlamento, pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, está agendada para 24 de outubro, na comissão de Orçamento e Finanças.

No dia seguinte, 25 de outubro, será o ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, a apresentar o orçamento na mesma comissão.

Depois da votação na generalidade, com debate previsto para 2 e 3 de novembro, segue-se a discussão sectorial, ministério a ministério, nas comissões respetivas.

As votações na especialidade, resultado de eventuais alterações propostas pelos partidos e aceites pela maioria, estão agendadas para 23, 24 e 27 de novembro.

// Lusa

RESPONDER

Ministério da Saúde falseou tempos de espera nos hospitais

O Ministério da Saúde apagou pedidos antigos para falsear os tempos de espera no Serviço Nacional de Saúde (SNS). A conclusão é de uma auditoria realizada pelo Tribunal de Contas. De acordo com esta análise, divulgada …

Linha da EDP causou incêndio de Pedrógão Grande (e um segundo fogo nunca foi registado)

Um novo relatório, encomendado pelo Governo, conclui que o grande incêndio de Pedrógão Grande começou por causa de uma linha de média tensão da EDP que terá entrado em contacto com a vegetação. Essa circunstância …

Governo e sindicatos dos enfermeiros chegam a acordo

O Ministério da Saúde chegou, esta segunda-feira, a acordo com as estruturas sindicais representantes dos enfermeiros, anunciou o Governo em comunicado. "Após um período longo de negociações árduas com as estruturas sindicais, o Governo está em …

Queda de caça F-18 mata piloto em Madrid

Um avião de caça F-18, da Força Aérea Espanhola, despenhou-se, esta terça-feira, depois de ter descolado da base militar de Torrejón de Ardoz (Madrid), provocando a morte do piloto, indicou o Ministério da Defesa espanhol. A …

Caso Sócrates parado até decisão sobre imparcialidade de Carlos Alexandre

A defesa do antigo primeiro ministro, José Sócrates, apresentou um recurso que volta a pôr em causa a imparcialidade do juiz Carlos Alexandre. O processo de acusação de Sócrates está, então praticamente parado desde quinta-feira. O …

"Vai arder tudo". Áudios das comunicações revelam aflição dos bombeiros e falta de meios

"Isto vai ser uma catástrofe. Vai arder tudo". Este é um dos desabafos que se ouve de um comandante dos bombeiros, durante os grandes incêndios que assolaram Portugal este domingo, 15 de Outubro, nas gravações …

"Presos políticos". Detidos dois líderes de grupos independentistas na Catalunha

Os líderes das duas principais associações independentistas da Catalunha, acusados de sedição (sublevação pública para impedir o cumprimento da lei), foram esta terça-feira colocados em prisão domiciliária por uma juíza da Audiência Nacional espanhola, indicaram …

Mais impostos sobre automóveis: bombo da festa para compensar alívio do IRS

  O alívio de impostos que o Orçamento de Estado para 2018 vai implicar para muitos contribuintes portugueses, no capítulo do IRS, vai ser compensado pelo Governo com um considerável aumento das taxas aplicadas ao sector …

Guerra nuclear na Coreia pode começar a qualquer instante

A Coreia do Norte afirmou esta segunda-feira que a qualquer momento pode começar uma guerra nuclear na península coreana. O número dois da representação diplomática da Coreia do Norte nas Nações Unidas (ONU) afirmou na segunda-feira …

Jornalista maltesa que liderava investigação aos Panama Papers foi assassinada

A jornalista maltesa Daphne Caruana Galizia, que esteve na origem de acusações de corrupção que provocaram eleições antecipadas no país em junho, foi assassinada esta segunda-feira, por uma bomba colocada debaixo do seu carro, anunciou …