/

Mais 13 mortes e 3452 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Luca Zennaro / EPA

Portugal registou, esta quarta-feira, mais 13 mortes e 3452 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o último boletim da DGS, dos 3452 novos casos, 1341 são na região de Lisboa e Vale do Tejo e 1194 na região Norte. As regiões do Centro e do Algarve registaram 358 casos cada uma, enquanto o Alentejo contabilizou 115. No arquipélago dos Açores há mais 57 casos e na Madeira mais 29.

No total, o número de pessoas infetadas pela doença desde o início da pandemia é agora de 960.437. Há, neste momento, 51.430 casos ativos, mais 175 do que na terça-feira.

O boletim da DGS também indica que se registaram mais 13 mortes nas últimas 24 horas, sendo que sete ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, cinco no Norte e outra no Centro. Desde o início da pandemia, Portugal regista 17.320 óbitos associados à doença.

Neste momento, existem 934 doentes internados em Portugal (mais seis do que ontem), mantendo-se 200 pessoas nos cuidados intensivos.

O boletim da DGS também aponta para mais 3264 doentes recuperados, verificando-se já um total de 891.687 pessoas. Há ainda 80.475 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde, mais 248 em relação ao dia de ontem.

Na chamada matriz de risco, Portugal está na zona vermelha. O país tem uma média de 428,3 casos de infeção por 100 mil habitantes (quando antes tinha 427,5) e o índice de transmissibilidade (Rt) está nos 1,01 (estava em 1,04).

Esta terça-feira, o relatório semanal de vacinação divulgado pela DGS revelou que mais de metade da população residente em Portugal (52%) já tem a vacinação completa contra a covid-19.

5.389.935 pessoas já concluíram o esquema vacinal e 6.865.047 (o equivalente a 67% da população) tomaram pelo menos uma dose.

A pandemia já fez pelo menos 4.179.675 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso na China, segundo o balanço diário da agência France-Presse.

  Filipa Mesquita, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.