120 mil portugueses podem perder apoios sociais no Reino Unido

O governo português avisa que milhares de portugueses emigrados no Reino Unido serão severamente prejudicados com as medidas que o primeiro-ministro britânico, James Cameron, pretende implementar.

Segundo o Diário Económico, de acordo com as estimativas do Governo, cerca de 120 mil portugueses podem ser prejudicados pela proposta do primeiro-ministro britânico de cortar os apoios sociais aos imigrantes da União Europeia (UE).

“De acordo com os dados do Observatório da Emigração, em 2013 e 2014 entraram no Reino Unido cerca de 30 mil portugueses por ano. Estimando que esse número não mudou substancialmente em 2015 (ano para o qual ainda não existem dados) e não se vai alterar em 2016 e 2017, apontaríamos para cerca de 120 mil os portugueses a serem afectados”, afirmou ao Económico fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

No centro da questão está a mais polémica das quatro condições de David Cameron para renegociar a relação de Londres com Bruxelas antes de realizar um referendo sobre a manutenção do país na UE, que pode ter lugar este ano ou em 2017.

Na proposta, o líder britânico quer luz verde de Bruxelas para condicionar o acesso a apoios sociais dos imigrantes europeus nos primeiros quatro anos de trabalho no país.

“O que Reino Unido está a propor em matéria de política migratória não respeita o princípio da não-discriminação e aí não poderemos aceitar”, alertou já Margarida Marques, Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, em entrevista ao Diário Económico.

A reacção portuguesa teve réplicas na maioria dos países, que como Portugal, exportam migrantes. A maior resistência veio mesmo da Polónia que tem 700 mil cidadãos no Reino Unido.

Numa tentativa de acordo, no final do ano passado, a França e a Alemanha disseram que estão dispostos a aceitar uma suspensão dos apoios sociais aos europeus por parte de Londres, mas apenas por um período de três anos.

Esta proposta foi bem recebida pelas autoridades britânicas.

“O Reino Unido está aberto ao compromisso e Cameron tem a impressão de que vários líderes europeus também estão prontos a isso”, disse um diplomata francês ao Politico.eu.

Bom Dia

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Isto é que é uma UNIÃO. Até bem pouco tempo andaram a dar subsídios a torto e a direito a quem nunca trabalhou no país, agora querem suspender subsídios até 4 anos?? Haja um mínimo de decência. As pessoas que trabalham não ten qualquer responsabilidade por actos que os politicos Europeus tiveram ao longo da existência de dita “União Europeia” que de união não tem NADA.

  2. É verdade que muitos aproveitam desses subsidios de forma fraudulenta mas também o Governo Inglês ganha imenso com a mão de obra qualificada que não gastaram 1 cêntimo com a sua formação. É a outra face da moeda! Aguente Sr. Cameron!

  3. O país é deles e eles podem fazer o que quiserem. Aqui também deveriam extinguir o RSI. Principalmente aos ciganos e refugiados.

  4. Não vai haver problemas, o senhor Costa e a sua comitiva de esquerda apresentam-se em Londres e vão pôr o senhor Cameron em sentido e este vai baixar a bolinha, mas por outro lado estes 120 mil não vão ser suficientes para satisfazer os novos empregos que em breve por aqui vão estar à disposição como o prometido.

RESPONDER

As bactérias contradizem Darwin: a mais apta não sobrevive

Uma recente investigação levada a cabo pela Universidade de Copenhaga, na Dinamarca, revela que, no que diz respeito às bactérias, a "sobrevivência das mais cooperativas" excede a "sobrevivência das mais fortes". As bactérias são capazes de …

A Via Láctea roubou minúsculas galáxias à sua vizinha

Utilizando dados obtidos pelo Telescópio Gaia, os cientistas chegaram à conclusão que a Via Láctea "sequestrou" galáxias da Grande Nuvem de Magalhães, uma outra galáxia que a orbita. No nosso Universo, a regra é orbitar: a …

Pode ter sido encontrada (e ignorada) vida em Marte em 1976, defende antigo cientista da NASA

O antigo cientista da agência espacial norte-americana Gilbert V. Levin afirma que foram encontradas evidências de vida em Marte na década de 70. No entender do especialista, deviam ter sido levado a cabo mais investigações …

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …

Associação de Armas americana editou artigos da Wikipédia para desacreditar o Holocausto

A National Rifle Association (Associação Nacional de Armas) dos Estados Unidos tem estado a editar artigos da Wikipédia de forma a desacreditar o Holocausto. Um trabalho de investigação da Splinter identificou pelo menos 150 edições em …

Bebé recém-nascida encontrada enterrada viva numa sepultura na Índia

Uma bebé recém-nascida enterrada viva foi encontrada na Índia por um pai que estava a enterrar a filha, que morreu após o parto, revelou o chefe da polícia local, Abhinandan Singh. A menina foi encontrada dentro …