​Cirurgias em atraso “não são falhanço deste Governo”

António Pedro Santos / Lusa

Para a ministra da Saúde, a culpa pelos atrasos nas cirurgias é do envelhecimento da população e da pressão da procura que provoca estes números.

Marta Temido rejeita falhanços do Governo no aumento do número de cirurgias em atraso. Confrontada com a manchete do jornal Público, que dava conta de uma duplicação das cirurgias em atraso, a ministra da Saúde não culpabiliza o Governo.

“Não é um falhanço deste Governo. Vale a pena dizer que este Governo tem garantido um mecanismo de vales cirúrgicos que os utentes, quando estão à espera para além dos tempos de resposta garantidos, podem ativar”, declarou Marta temido, esta quarta-feira em Lisboa, à margem da quarta cimeira Portugal-Moçambique.

“Não é um falhanço, é a consciência de que há um problema com o acesso a um serviço público, universal, geral, tendencialmente gratuito, como é o Serviço Nacional de Saúde, e que temos dificuldades, mas estamos a trabalhar para as ultrapassar“, continuou.

Para a governante, a culpa pelos atrasos nas cirurgias é da pressão da procura que provoca estes números, adianta a Renascença.

“Não acho que o esforço tenha falhado, o que acho que é temos de ter perceção de que as necessidades em saúde… o que verificamos quando olhamos para qualquer sistema de saúde, é que a pressão da procura de uma população demograficamente envelhecida não para de aumentar e isso é uma realidade. O que não significa que nós vivemos tranquilos com os números das listas de espera. Eu já disse que essa era a minha principal preocupação”, sublinhou Marta Temido.

Segundo dados oficiais do Ministério da Saúde, entre final de 2015 e final de 2018, foram feitas mais 589 mil consultas médicas nos centros de saúde, mais 184 mil consultas nos hospitais e um acréscimo mais ligeiro de cirurgias – mais cerca de 18 mil.

A redução dos tempos de espera na saúde é uma das reivindicações dos médicos, que iniciaram esta terça-feira dois dias de greve nacional.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. acho uma piada a estes politicos mais precisamente aos ministros
    ao fim de 4 anos sem fazerem nada, ainda culpam o governo anterior sobre as confusoes que têm havido (atrasos no cartao de cidadao, cirurgias, etc)
    se viram que nao estava bem, ja tiveram tempo de remendar mas nao continua tudo na mesma e depois vêm dizer que a culpa é o outro governo
    TENHAM VERGONHA

RESPONDER

Diamante de 183 quilates está à venda em leilão angolano

A Sodiam, empresa pública de comercialização de diamantes angolana, lançou na quarta-feira o segundo leilão para venda de diamantes brutos, que inclui uma pedra de 183 quilates, e no qual estão já registadas mais de …

Bruxelas aprova compra de Seguradoras Unidas e AdvanceCare pela Generali

A Comissão Europeia aprovou, esta quinta-feira, a compra das portuguesas Seguradoras Unidas e AdvanceCare ao grupo norte-americano Apollo pelo grupo italiano Generali, um negócio no valor estimado de 600 milhões de euros. O Executivo comunitário adiantou, …

"Rebeldes" que saíram do Partido Conservador concorrem como independentes ou pela oposição

Vários deputados dissidentes ou expulsos do Partido Conservador estão a candidatar-se como independentes ou por partidos da oposição nas legislativas de 12 de dezembro por se oporem ao Brexit negociado pelo primeiro-ministro. O antigo procurador-geral Dominic …

CGD já está a cobrar comissões nos depósitos de instituições financeiras

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) já começou a cobrar comissões nos depósitos das instituições financeiras, de modo a tentar contornar a política monetária do Banco central Europeu. A intenção de cobrar comissões nos depósitos de …

Câmara de Oliveira de Azeméis pagou contas de concelhia do PSD, acusa Ministério Público

O Ministério Público (MP) deduziu esta quarta-feira acusação contra 68 arguidos no âmbito da operação “Ajuste Secreto”. Entre os acusados está o antigo autarca da Câmara de Oliveira de Azeméis Hermínio Loureiro, que é a …

PAN defende atribuição de cartão de cidadão a sem-abrigo

A iniciativa recomenda ao executivo socialista, liderado por António Costa, que seja atribuído "um cartão de identificação a todos aqueles que não têm uma casa ou um teto". O PAN apresentou na Assembleia da República um …

Governo quer criar regras especiais para alunos do profissional acederem ao Ensino Superior

O Governo quer criar um modelo de acesso específico para alunos do ensino profissional que queiram prosseguir estudos superiores, uma proposta que chegou a estar desenhada na anterior legislatura, mas que ainda não avançou. Segundo noticiou …

Menos de metade dos médicos do SNS trabalha em regime de exclusividade

Menos de metade (42,9%) dos médicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) trabalha em regime de exclusividade, avança o Jornal de Notícias, citando números da Administração Central dos Serviços de Saúde.  Segundo dados apresentados esta quinta-feira …

Grávidas e crianças até aos 10 anos não devem comer peixe-espada e atum, recomenda Espanha

A Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutrição publicou novas recomendações no final de outubro para o consumo de determinados tipos de pescado, nomeadamente o atum e o peixe-espada, tubarão ou cação e Lúcio. Em causa …

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …