A “zona morta” do Golfo do México continua a crescer (e vai atingir um tamanho recorde este verão)

Os cientistas preveem que, este verão, a zona morta do Golfo do México será maior que o tamanho médio registado nos últimos 5 anos.

A previsão recorde para 2019 é de 7.829 milhas quadradas (mais de 20.000 quilómetros quadrados), de acordo com a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos EUA.

A zona morta ou zona hipóxica é repetida todos os anos e é causada principalmente pela contaminação excessiva por atividades humanas que se origina na bacia do rio Mississippi. Um dos fatores que mais contribuíram este ano é a alta quantidade de chuvas registada na primavera, arrastando uma quantidade maior de nutrientes para o mar.

Ao atingir o Golfo, substâncias como nitrogénio e fósforo estimulam o crescimento excessivo de algas que acabam por morrer, afundando e decompondo-se no fundo do mar. Isso resulta numa diminuição nos níveis de oxigénio na água, o que acaba por criar condições sob as quais é impossível que a maioria da vida marinha sobreviva. Outro efeito é a redução da capacidade de reprodução e a diminuição do tamanho médio das espécies.

Essas condições de baixo oxigénio começaram a ocorrer há meio século com a intensificação das práticas agrícolas na região. Além das consequências ambientais, o crescimento da zona morta tem impactos económicos que afetam a população que vive na região – como a diminuição do tamanho e da quantidade de camarão, cuja pesca é uma das principais atividades na área.

Um estudo encomendado pelo NOAA à Universidade de Duke, nos EUA, mostra que a expansão da zona morta provocou o aumento do preço do camarão devido à sua escassez, afetando não só a economia local, mas o mercado de peixe e frutos do mar.

Existe um plano de ação nacional nos EUA para reduzir o tamanho da zona morta para 5.000 quilómetros quadrados antes de 2035. Para atingir esse objetivo, a quantidade de nitrogénio que flui para o rio Mississippi deve ser reduzida em 59%.

A zona morta do Golfo do México é considerada a maior do mundo, mas não é a única. Há também uma na baía de Chesapeake, no leste americano, outro no mar Báltico e cerca de 500 áreas costeiras têm essas zonas hipóxicas em determinadas alturas do ano, segundo disse a ecologista marinha Nancy Rabalais à CNN.

Atualmente, estas zonas mortas já representam cerca de 7% dos oceanos. A maior das zonas mortas conhecidas, que está devorar o Golfo de Omã, tem 165 mil quilómetros quadrados – quase duas vezes maior do que Portugal.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Brigadas dos lares arrancam com menos profissionais do que o previsto

As Brigadas de intervenção Rápida para os lares atingidos por surtos de covid-19 arrancam esta quinta-feira - mas há menos enfermeiros e cuidadores do que o previsto. Em declarações à Renascença, o presidente do Instituto da …

PS segue PSD e propõe voto antecipado para eleitores em confinamento

O Partido Socialista (PS) decidiu juntar-se ao Partido Social Democrata (PSD) na ideia de alargar o direito de voto antecipado aos eleitores que estejam em confinamento à data das próximas eleições presidenciais. De acordo com o …

Santos Silva assume "contactos" para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há "contactos" com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento …

3.800 euros por mês. Genebra aprova o primeiro salário mínimo (e é o mais alto do mundo)

Os habitantes de Genebra, na Suíça, aprovaram, este domingo, a proposta de um salário mínimo de 23 francos suíços por hora (equivalente a cerca de 21,30 euros) para todos os que trabalham na cidade. De acordo …

No day after do debate caótico, Biden pede regras rígidas e Trump queixa-se do moderador

O debate caótico entre Donald Trump e Joe Biden motivou críticas generalizadas que suscitam dúvidas sobre se será de manter os outros dois debates ou se, mantendo-os, será necessário alterar as regras. Um dia após a …

OE2021. Pontas soltas, alguns avanços e uma certeza: se houver entendimento, há acordo por escrito

Se houver entendimento em algumas matérias com o Bloco de Esquerda e o PCP, haverá um "compromisso escrito", adiantou Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares. Em entrevista ao podcast Política com Palavra, do PS, …

Covid-19. Hospitais da região de Lisboa pedem camas uns aos outros

Os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo continuam a bater à porta uns dos outros a pedir camas para internar doentes com covid-19. Segundo a edição desta quinta-feira do jornal Público, os …

Vinícius perto do Tottenham de Mourinho

O avançado brasileiro deverá ser confirmado como reforço do Tottenham ainda esta quinta-feira, saindo do Benfica por empréstimo e com opção de compra que ronda os 40 milhões de euros. De acordo com o jornal Record, …

Navalny acusa Putin de estar por trás do seu envenenamento

O líder da oposição russa, que já deixou o hospital alemão onde estava a ser tratado, acusou o Presidente do país de ser a pessoa responsável pelo seu envenenamento. "Afirmo que Vladimir Putin está por trás …

Vírus está fora de controlo no Reino Unido, admitem peritos britânicos

Os especialistas britânicos de saúde pública admitem que o país está a ir na direção errada, à medida que o número de internamentos escala. Esta quarta-feira, os especialistas de saúde pública do Reino Unido admitiram que …