Gigantesca “zona morta” surge perto da costa norte-americana

Cientistas da Universidade do Louisiana descobriram uma enorme “mancha morta” no Oceano Atlântico, perto da costa sudeste dos EUA, com uma área de cerca de 20 mil km2.

Uma equipa de cientistas da Universidade do Louisiana descobriu uma enorme “mancha morta” no Golfo do México, perto da costa sudeste dos EUA, com cerca de 20 mil km2 – o equivalente à área de um país como Israel ou do País de Gales.

Estas “zonas mortas” no oceano são zonas marítimas com baixo teor de oxigénio, que se formam devido à contaminação da água por fertilizantes e detritos diversos.

Os nitratos e outros produtos químicos que chegam aos rios e acabam por desaguar nos mares resultam numa reprodução rápida de algas unicelulares, que, quando começam a decompor-se, provocam uma queda acentuada do nível de oxigénio presente na água. A maioria dos animais não consegue sobreviver nessas condições.

Nos últimos anos, os oceanólogos encontram cada vez mais evidências de que o aquecimento global acelera o surgimento destas “zonas mortas”, especialmente nas proximidades da linha do Equador.

Actualmente, estas zonas mortas já representam cerca de 7% dos oceanos. A maior das zonas mortas conhecidas, que está devorar o Golfo de Omã, tem 165 mil km2 – quase duas vezes maior do que Portugal.

De acordo com um artigo publicado por Nancy Rabalais, investigadora da Universidade da Louisiana, uma outra zona morta gigantesca encontra-se ao norte do golfo do México, perto da costa do Texas e do Louisiana.

Mais preocupante ainda é que Nancy Rabalais e colegas descobriram que o tamanho desta enorme “mancha morta” triplicou nos últimos anos e cobre agora uma área semelhante a um pequeno país – quase do tamanho do Alentejo. É a segunda maior zona morta do mundo, a seguir à do Golfo de Omã.

Mas ao contrário de outras zonas semelhantes, que são causadas pelo aquecimento global, esta zona morta, diz a investigadora, é directamente causada pela acção humana.

Segundo alertam cientistas, o rápido crescimento desta “mancha” prova que as pessoas usam cada vez mais fertilizantes e produtos químicos. Se a tendência continuar no futuro, as fronteiras desta “zona da morte” vão crescer ainda mais.

ZAP // Sputnik News / LSU

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …