Zara acusada de promover anorexia por causa de campanha publicitária

Muireann O'Connell / Twitter

Expositor da Zara com a campanha "Love your curves".

Expositor da Zara com a campanha “Love your curves”.

A marca de roupa Zara está envolvida em polémica por causa de uma campanha de publicidade que faz a apologia das mulheres com curvas. O problema é que as duas modelos que a ilustram são magras e muito pouco curvilíneas.

“Love your curves” – que pode significar “Ama as tuas curvas” ou “Amo as tuas curvas” em português – é o lema desta campanha da Zara que surge em painéis publicitários, a par de duas modelos tão elegantes que há quem as compare a mulheres anorécticas.

A apresentadora de rádio irlandesa Muireann O’Connell foi uma das primeiras pessoas a insurgir-se contra a campanha, através de um desabafo no Twitter em que acusa a marca de estar “a brincar” com as pessoas.

A Zara já veio explicar que “não é uma campanha protagonizada por mulheres ‘com curvas’, mas que faz referência a um tipo de calças que potenciam a figura feminina“, conforme cita o jornal espanhol El Mundo.

Mas essa explicação não acalma os utilizadores das redes sociais e há quem acuse a marca de estar a promover a anorexia.

“As vossas clientes reais não se parecem nada com as vossas modelos”, alega uma utilizadora do Twitter.

Por outro lado, há quem aborde o tema com bom humor, notando que “curvas” só se forem as das “sobrancelhas” das modelos.

E há ainda mulheres que estão a oferecer as suas curvas para o anúncio, como é o caso da repórter holandesa Kita van Slooten.

SV, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Prendas aos deputados acima de 150 euros serão divulgadas na Internet

PS, PSD e Bloco aprovaram, esta terça-feira, em votação final na Comissão Parlamentar de Transparência, o conjunto de critérios orientadores em matéria de ofertas e hospitalidade de deputados, diploma que teve a oposição do PAN. Estes …

Metro do Porto compra 18 novos veículos e assegura mais 60 mil lugares por dia

A Metro do Porto assinou esta terça-feira o contrato para a aquisição, por 49,6 milhões de euros, de 18 composições à empresa chinesa CRC Tangsthan que permitirão disponibilizar mais 60 mil lugares diários, estima a …

Catarina Martins diz que Carlos Costa "não tem condições" para ser governador

Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, disparou contra aqueles que considera serem "cúmplices" do "assalto ao povo angolano". Tanto a Justiça como o Governo português têm de agir, considera o Bloco de Esquerda, na sequência …

Pedro Sánchez vai reunir-se com líder do governo regional catalão

O primeiro-ministro espanhol e líder do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), Pedro Sánchez, anunciou na segunda-feira que se reunirá com o líder do governo regional da Catalunha, Quim Torra, no início de fevereiro. Em entrevista à televisão …

Governo confirma que nunca avaliou impacto dos vistos gold. Só 5% foram recusados

O Ministério da Administração Interna (MAI) confirmou que não foram realizadas avaliações ao impacto dos vistos gold e que não cabe ao Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) controlar as origens do capital investido em …

Conselho de Finanças Públicas alerta para "risco de desvio significativo" no ritmo de ajustamento estrutural

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) alerta para um "risco de desvio significativo" do ritmo de ajustamento estrutural da economia portuguesa em 2020, avisando que a evolução programada da despesa no OE2020 "não cumpre o …

Carolina Salgado condenada a pena de quatro meses de prisão, substituída por multa de 600 euros

Carolina Salgado não cumpriu sentença do processo de difamação a Pinto da Costa. Além das 300 horas de trabalho comunitário devia ter publicado o texto da sentença no jornal e não o fez. Carolina Salgado foi …

Taiwan deteta primeiro paciente com pneumonia originária da China

A Agência Central de Notícias de Taiwan disse que uma mulher, que esteve recentemente na cidade chinesa de Wuhan, está a ser tratada e foi colocada sob quarentena, depois de se ter dirigido voluntariamente aos …

PSP investiga alegada agressão de um agente a uma mulher na Amadora

A Polícia de Segurança Pública (PSP) abriu um processo de averiguações sobre a atuação policial contra uma mulher que foi detida, no domingo, na Amadora, ocorrência que envolveu "agressões" e que resultou numa denúncia contra …

Ex-presidente da Interpol condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno

O ex-presidente da Interpol Meng Hongwei foi condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno, segundo uma declaração de um tribunal chinês divulgada esta terça-feira. Além da pena de prisão, foi multado em …