113 ou 2900 mortos no Vulcão de Fogo? Grupo de resgate contraria autoridades

(dr) Guatevisión

Erupção do Vulcão de Fogo deixou meia Guatemala em cinzas

Um grupo de voluntários que resgata vítimas da erupção do vulcão do Fogo, na Guatemala, afirma que há pelo menos 2.900 mortos, um número muito acima dos 113 admitidos oficialmente pelas autoridades.

O grupo, denominado Antigua ao Resgate, cita relatos de sobreviventes e familiares das vítimas de San Miguel los Lotes, uma das localidades destruídas, para dizer que ali se situavam 360 casas e em cada uma delas viviam entre dez e 14 pessoas, contando com crianças que não foram registadas.

A voluntária Sofia Letona estima que cerca de 470 crianças estão entre os mortos.

Afirmam que as autoridades não permitem que cheguem ao local máquinas para levantar toneladas de cinzas e areia que soterraram as casas, que os voluntários abordam com pás e peneiras, conseguindo recuperar corpos de vítimas que depois não entram na contagem do número de mortos.

O porta-voz da agência guatemalteca para os desastres naturais, David De León, afirmou que a instituição respeita qualquer opinião, mas considerou que é preciso avaliar as fontes que serviram aos voluntários para fazerem os seus cálculos. Convidou-os a juntarem-se à agência para compararem as informações de que dispõem.

Oficialmente, há 332 pessoas desaparecidas – número revisto hoje em alta pelas autoridades – desde a erupção vulcânica de 3 de junho, que afetou mais de 1,7 milhões de pessoas, entre mortos, feridos e deslocados.

Um primeiro balanço da Proteção Civil um dia após a erupção do Vulcão Fogo apontava pelo menos 25 mortos e 20 feridos. Nos dias seguintes, o número de mortos aumentou subindo para 113. A erupção sentida em junho foi a mais forte dos últimos anos e provocou espessas colunas de cinzas.

O vulcão, de 3.763 metros de altura, situa-se nas regiões de Escuintla, Chimaltenango e Sacatepéquez, a 50 quilómetros a oeste da capital de Guatemala, zonas que são, por isso, as mais afetadas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Colaborador de Macron investigado por agredir manifestante

A justiça francesa anunciou a abertura de uma investigação preliminar após a transmissão de imagens de um colaborador do Presidente Emmanuel Macron a agredir um manifestante no 1º de maio. A investigação também tem como alvo …

Mbappé vai doar todo o dinheiro que ganhou no Mundial

O jogador francês Kylian Mbappé prometeu oferecer os ganhos financeiros obtidos no Mundial 2018. E vai mesmo cumprir com a sua promessa. Kylian Mbappé prometeu e vai cumprir. O jogador da seleção francesa vai oferecer a totalidade …

MP abre inquérito sobre alegadas irregularidades na reconstrução de casas de Pedrógão

O Ministério Público abriu um inquérito para investigar alegadas irregularidades na reconstrução de casas afetadas pelos incêndios de Pedrógão Grande, em junho de 2017, disse à agência Lusa fonte da Procuradoria-Geral da República (PGR). "Confirma-se a …

Bruxelas quer passageiros portugueses a pagar taxa aeroportuária em Lisboa

A Comissão Europeia considera que ao cobrar esta taxa apenas a não residentes, Portugal está a discriminar em função da nacionalidade. A Comissão Europeia enviou, esta sexta-feira, um parecer fundamentando a Portugal reclamando que a taxa …

Justiça espanhola recusa extradição de Puigdemont apenas por peculato

O Tribunal Supremo espanhol decidiu cancelar o mandado europeu de detenção do ex-presidente do Governo catalão, recusando-se a julgar o independentista em fuga apenas pelo alegado delito de peculato e não pelo de rebelião. O juiz …

Militante envolvido na falsificação de fichas do PS nomeado para administrador de saúde

Um dos novos administradores que o Governo nomeou para o Centro de Medicina de Reabilitação da Região Centro, António João Paredes, é um militante que esteve envolvido no processo de fichas falsas do PS de …

Francisco J. Marques constituído arguido no caso dos e-mails

Francisco J. Marques foi interrogado pela PJ a em março deste ano, na qualidade de arguido, no âmbito do chamado caso dos e-mails, relacionado com a divulgação, no Porto Canal, de correio eletrónico do Benfica. O …

Facebook vai banir notícias falsas e violência (mas não a negação do Holocausto)

O Facebook vai remover informações falsas publicadas na rede social que possam contribuir para atos de violência iminente, anunciou a empresa, que já testou a medida no Sri Lanka, recentemente abalado pelos conflitos inter-religiosos. “Estamos a …

João Benedito formaliza candidatura à presidência do Sporting

O antigo guarda-redes e ex-capitão da equipa de futsal do Sporting apresentou, esta quinta-feira, a sua candidatura às eleições do Sporting. João Benedito, o mais recente candidato à presidência do Sporting, apareceu juntamente com a sua …

China lança centro de investigação para clonar primatas

A China lançou um centro de investigação para clonar primatas, na cidade de Xangai, que permitirá avançar no diagnóstico e tratamento de doenças celebrais, informou esta quinta-feira a imprensa local. O centro, que faz parte de …