Vox volta a anexar Portugal ao mapa espanhol a propósito do Dia da Hispanidade

Javier Lizon / EPA

Esta é já uma atitude repetida, uma vez que o partido espanhol de extrema-direita já havia incluído Portugal no mapa de território espanhol.

O partido nacionalista espanhol VOX divulgou um cartaz alusivo ao Dia da Hispanidade, que hoje se comemora, em que o território português é parte de Espanha, tal como as ex-colónias portuguesas.

“A Espanha tem muito a comemorar e nada do que se arrepender. Num dia como hoje, há 529 anos, Colombo descobriu a América e começou a Hispanidade, a maior obra de geminação realizada por um povo na história universal“, afirma o partido em mensagem que acompanha a imagem divulgada nas redes sociais.



No centro da imagem está um mapa que assinala a vermelho antigas possessões da coroa espanhola em todo o mundo, incluindo Portugal, toda a América Latina, grande parte da América do Norte e as costas africanas do Atlântico e Índico, incluindo o que é hoje Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique, entre outros países.

No topo, uma bandeira com as armas portuguesas, ao lado do escudo real espanhol filipino, durante o período de 60 anos de anexação de Portugal por Espanha (1580-1640), em que as armas portuguesas faziam parte do brasão da coroa espanhola. Em diversos países sul-americanos, a data foi assinalada por marchas de povos indígenas, com os quais se solidarizaram diversos partidos políticos e alguns chefes de Estado.

O Dia da Hispanidade, feriado nacional no país-vizinho, marca a chegada, em 12 de outubro de 1492, de uma expedição liderada por Cristóvão Colombo à Ilha Guananí, no arquipélago das Bahamas, considerado o primeiro contacto entre a Europa e a América, poucos anos antes da chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil.

O feriado espanhol instituído pela lei 18/1987 simboliza, segundo o Diário Oficial do Estado, “o acontecimento histórico em que a Espanha, prestes a concluir um processo de construção do Estado com base na nossa pluralidade cultural e política, e integração dos Reinos de Espanha na mesma monarquia, inicia um período de projeção linguística e cultural para além dos limites europeus”.

  // Lusa

PARTILHAR

34 COMENTÁRIOS

  1. Estes espanholitos do vox estão a ficar com os copos sempre que aparecem. se pensam em anexar Portugal, no futuro, vão sonhando!!!! Portugal não vai ser Espanha!

    • Cada vez que sou obrigada a ouvir aquela língua tenho vontade de vomitar. Aqueles narizes que se ligam à testa sem curvatura, um Horror!

      Já a versão sul-americana é suportável. OS Ss e Cs, são de criaturas normais.

    • O velho medo Tuga de sermos anexados por Espanha! É claro que eles não pensam em anexar Portugal! Este é um mapa histórico, com a extensão máxima do império Espanhol NO PASSADO. Não é um mapa de um pretenso FUTURO.
      O nosso foco deve ser a devolução de Olivença, que essa sim foi anexada.

      • Pois é apenas um mapa histórico do tempo da União Dinástica, quando os dois Impérios peninsulares estiveram unidos sob a soberania dos monarcas espanhóis. O Vox mostra apenas ter uma nostalgia desses tempos. Apoio o tratamento da questão de Olivença, nem que seja através da criação de um estatuto especial para o território, sob a supervisão da ONU, aproveitando o atual Secretário-geral. O silêncio é que é insuportável.

  2. A imbecilidade do Vox não nos devia fazer esquecer que talvez fosse interessante olhar para a Península Ibérica numa óptica confederal, em que Portugal, Galiza, Andaluzia, Castela-Leão, País Basco (ou Navarra), Catalunha (incluindo Valência) fossem estados soberanos componentes. Resolveria os problemas da Catalunha, do País Basco e da Galiza e criaria uma entidade política diversa mas coerente, que poderia assumir um papel preponderante na construção da Europa. Nesta confederação cada estado optaria pelo sistema republicano ou monárquico, podendo a chefia de estado da Confederação ser entregue a Filipe de Borbón, mas sem poderes que não fossem de mera representação. Parece complicado? Talvez não seja assim tão complicado como alguns pensarão.

  3. De que estão os nossos representantes à espera para manifestar o total repúdio e esculhambar a malta do VOX? Estão demasiado ocupados a ver de que maneira o OE2022 melhor lhes enche os bolsos?

  4. Era espetacular! Uma península, um país. Nome: Ibéria. Capital: Lisboa. Língua oficial: portunhol, que tanta gente já fala. Sistema político: República Parlamentar. Bandeira: cruz com 5 quinas sobre esfera armilar a representar a supremacia da Ibéria sobre o mundo e com amarelo e vermelho…

  5. Pelo mapa parece que a Espanha também considera os Estados Unidos parte de seu território. Vai ser engraçado
    ver as tropas espanholas tentando invadir os States.

  6. Mais uma prova que o mundo está cada vez mais infestado de loucos, estes coitados já devem estar no ponto máximo, ora devolvam-nos lá Olivença, saiam da Catalunha, País Basco e Galiza e depois reduzam lá a vossa hispanidade aos limites que lhes pertence. No que nos toca, deve-lhes fazer grandes cócegas o que no passado conseguimos descobrir pelo mundo fora.

  7. Solicito ao ZAP a correção do texto, pois Portugal nunca esteve anexado a Espanha nem a nenhum outro país desde a data da sua fundação oficial em 1143, pelo que onde se lê «…60 anos de anexação de Portugal por Espanha (1580-1640), em que as armas portuguesas faziam parte do brasão da coroa espanhola.» devia ler-se:
    …60 anos em que o Reino de Portugal teve os mesmos soberanos que os restantes reinos de Espanha (1580-1640), em que as armas portuguesas faziam parte do brasão dos reis da dinastia Habsburgo, Filipe II, III e IV.
    Na verdade o Reino de Portugal sempre foi um reino independente e os referidos reis estrangeiros da dinastia Habsburgo, foram os legítimos soberanos de Portugal de 1580 até 1 de dezembro de 1640, quando se deu a restauração do trono de Portugal numa nova e legítima dinastia, aclamada em cortes e desta vez Portuguesa – a dinastia de Bragança.

    Portugal nunca perdeu a sua independência, nunca foi ocupado e sempre que foi invadido acabou por vencer o inimigo!
    O ilustre povo português sempre soube preservar a sua independência!
    Portugal foi o único reino ibérico que não foi subjugado pelos castelhanos e um dos poucos países que nem os franceses de Napoleão subjugaram!
    Decerto não será o VOX a fazê-lo, por mais que os castelhanos ainda almejem dominar a península!
    E é por ideias dessas que sempre fui contra a moda dos últimos anos, de haver “troca” de polícias na altura da Páscoa, aparecendo carros da “Guardia Civil” nalguns sítios em Lisboa (não sei se noutros locais também…).

    Viva Portugal!!!

    • Concordo em absoluto! Não se tratou de anexação mas de uma União Dinástica, ou, Monarquia Dualista. Um monarca ocupando dois tronos. Se tivesse sido anexação, o trono de Portugal teria sido extinto. A História de Portugal é muito mal conhecida pelos portugueses.
      Viva Portugal!!!

    • Sim, assim está mais correcto.
      Embora, devido à crise da sucessão, Portugal tenha perdido de facto a independência. Portugal continuava “independente” mas o rei de Portugal era o também o rei de Espanha – com tudo o que isso implicava.

    • Pensava também que a primeira ilha visitada por Colombo foi a hispanola onde hoje é a República Dominicana e Haiti e não as Bahamas .

  8. …anexar Portugal para quê? O graveto eles já levam, em electricidade, combustíveis, quase toda a comida rafeira e goluseimas duvidosas que se compra cá vem de lá, e para onde despejar a água de lavar o rabinho das centrais nucleares, para a terra deles? pois sim…
    Mas pior mesmo era manter o tuga, subsidio dependente, que quer emprego mas não trabalho, e isso quando não está em greve.
    Olhem para as prateleiras de supermercados e mercearias e percebem que já fomos invadidos faz imenso tempo.

    • Felizmente a maioria dos portugueses não são tugas como tu, não comem comida rafeira, não compram guloseimas duvidosas nem são subsídio-dependentes.
      A Espanha é o país da UE com mais desempregados e portanto, com mais subsídios de desemprego.
      E, fazem mais greves do que em Portugal.
      Portugal produz mais de 100% do combustível que consome e ainda exporta.
      Também produz a grande maioria da electricidade consumia.
      A maioria das centrais nucleares espanholas estão em rios que desaguam em Espanha e apenas duas (Almaraz a 100km e Trillo a 500km) desaguam para Portugal, no Tejo.

      • … só cá faltava o ofendido profissional.
        Aquilo que tu consomes, isso ninguém tem dúvidas.
        É à conta de ovelhas como tu (sem ofensa ao bicho) que acha que está tudo bem, que este país cada vez se afunda mais, continua a defender o status quo e pode ser que tenhas a sorte que mereces.

        • Eheheheee… nada como os enraivecidos do Facebook para, com a sua realidade alternativa, espalhar disparates e teorias e para alimentar os Chega’s, VOX’s, Bolsonaro’s, Trump’s, etc, etc…

          Tu estavas a falar por ti e eu nem me lembrei que a Espanha é um dos maiores exportadores de palha da Europa…

        • Realmente também não posso garantir que a refinaria de Sines produz actualmente tudo o combustível necessário para o mercado nacional…
          Se bem que, desde Outubro de 2020 que a refinaria de Matosinhos não produz combustíveis.
          De qualquer modo, a tendência é a diminuição do consumo de combustíveis fósseis.
          Bem pior é o caso dos lubrificantes, do alcatrão, etc que deixam de ser produzidos em Matosinhos para, provavelmente, serem importados…

    • O outros são casos diferentes e nem sequer são comparáveis.
      Olivença é o único território disputado oficialmente entre Portugal e Espanha.

  9. Portugal nunca foi anexado!!!
    Peço ao ZAP a correcção do texto do artigo, pois um jornalismo digno do nome não pode propagar mentiras!!!
    Não se tratou de anexação mas de União Dinástica – um mesmo monarca ocupando vários tronos: Nápoles, Castela, Leão, Aragão, Navarra, Sardenha, Sicília, Portugal e Algarves.
    Viva Portugal!!!

RESPONDER

Pedro Sánchez promete abolir a prostituição em Espanha, por considerar que esta "escraviza" as mulheres

Espanha é um dos países europeus com mais trabalhadoras na indústria do sexo, as quais são sobretudo originárias de países da Europa mais pobres, da América Latina e de África. O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anunciou …

"Um milagre". Dois jovens sobreviveram quase uma semana no deserto australiano

Dois jovens, de 14 e 21 anos, sobreviveram durante quase uma semana no deserto, sem água e sem comida, depois de se terem perdido no Território do Norte, na Austrália. A polícia fala num verdadeiro …

Carlos Moedas

Moedas vai "dar tudo como presidente" e exige que seja respeitada a legitimidade do seu mandato

Carlos Moedas tomou posse, esta segunda-feira, como novo presidente da Câmara de Lisboa, tendo falado dos objetivos para o próximo quadriénio e deixado um elogio ao seu antecessor e alguns avisos à esquerda. Depois dos cumprimentos …

Chanceler austríaco Sebastian Kurz

Sondagens falsas e notícias favoráveis. O lado negro de Sebastian Kurz foi desmascarado

Sebastian Kurz e pessoas que lhe são próximas foram acusados de tentar garantir a sua ascensão à liderança do partido e do país com a ajuda de sondagens manipuladas e notícias favoráveis na imprensa, financiadas …

Tem uma carreira de sonho na Nike, mas cometeu um homicídio há 65 anos

O presidente da Jordan Brand, Larry Miller, revelou que, há 56 anos, matou um adolescente nas ruas de Filadélfia, nos Estados Unidos. O presidente da Jordan Brand — marca do ex-jogador de basquetebol Michael Jordan — …

Rio diz que decisão sobre eventual recandidatura está "quase tomada"

O presidente do PSD afirmou, esta segunda-feira, que a decisão sobre a sua eventual recandidatura está "quase tomada" e será anunciada em breve. Em declarações aos jornalistas à chegada à tomada de posse do novo presidente …

Mihajlovic: "Vou tentar manter a calma, mas é difícil"

Treinador do Bolonha furioso com os cartões amarelos mostrados para "compensar" uma expulsão. Beto voltou a marcar. Udinese e Bolonha entraram em campo neste domingo como protagonistas de um dos jogos menos mediáticos da oitava jornada …

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo avisa que não pode haver "casos de mau uso e de fraude" com os fundos europeus

O Presidente da República avisou, esta segunda-feira, que a "última coisa" que pode acontecer com os fundos europeus são "casos de maus uso e de fraude", garantindo que os portugueses "não perdoariam" que isso acontecesse. Questionado …

O empresário John Textor

Nova direção do Benfica vai reunir-se com John Textor

O empresário John Textor, que celebrou um acordo com José António dos Santos para aquisição de 25% do capital social da SAD do Benfica, vai ser recebido pela nova direção do clube esta quinta-feira. "Após explícita …

Vítimas do ataque na Noruega foram mortas com facadas e não com arco e flecha

A polícia norueguesa esclareceu, esta segunda-feira, que as cinco vítimas mortais do ataque perpetrado na semana passada foram esfaqueadas, afastando assim a tese inicial que as mortes tinham sido provocadas por um arco e flechas. Segundo …