Volta a Portugal terá quarentena e testes antes da prova. Viana do Castelo interdita passagem do evento

As equipas participantes na Volta a Portugal em bicicleta vão ser submetidas a testes à covid-19 antes de uma quarentena/concentração e a 24 horas do inicio da prova, anunciou este domingo a Federação Portuguesa da Ciclismo (FPC).

“A distância das etapas e o número máximo de participantes sofrerão cortes face aos limites máximos regulamentares” e “todas as equipas deverão ter um médico, responsável pela aplicação das normas sanitárias no seio da equipa e pela ligação ao médico coordenador do evento”, refere a federação.

A Volta, prevista para ir para a estrada entre 29 de julho e 9 de agosto, terá um médico-coordenador, responsável por zelar pelo cumprimento do plano sanitário para o evento, que, em articulação com os demais agentes, pugnará pelo cumprimento das medidas de saúde aprovadas pela Direção Geral da Saúde (DGS).

“Serão instalados em todas as partidas e chegadas das etapas postos de avaliação médico-sanitária, de forma a promover a verificação do estado de saúde dos ciclistas em questão de sinais/sintomas associados à vovid-19”, refere a federação.

Esta medida, ainda de acordo com o comunicado, visa “prevenir transmissão e conter casos suspeitos”.

Impedir o ajuntamento de populares é outra das preocupações da federação, que irá criar “mecanismos de limitação de acesso do público às áreas de partida e chegada das etapas”.

“Os pontos de interesse durante as etapas (metas intermédias) serão colocados em locais de menor concentração populacional, contribuindo para diminuir os ajuntamentos”, refere a federação.

Nas partidas e chegadas existirão duas áreas de acesso restrito a pessoas credenciadas, contribuindo para a formação de bolhas sanitárias.

“À Zona 0 apenas poderão aceder corredores, um número de limitado de elementos de staff técnico das equipas, forças de segurança, jornalistas e elementos com funções indispensáveis à realização do evento”, adianta organismo.

Já o acesso à Zona 1 “está limitado a pessoas credenciadas como patrocinadores, convidados, comunicação social e logística”.

“Separa-se, assim, os elementos ligados à parte desportiva/competitiva dos demais credenciados. Nas Zonas 0 e 1 será obrigatório o uso de máscara de proteção certificada”, acrescenta a federação.

As equipas estrangeiras presentes, além da exigência anterior, terão de comprovar a realização de testes à covid-19 a todos os elementos (ciclistas e staff) com resultado negativo no máximo até 5 dias antes de entrarem em Portugal.

A organização será responsável pela distribuição das equipas pelas unidades hoteleiras, limitando o seu número na mesma unidade de alojamento e criando corredores de circulação que permitam afastar os seus membros dos restantes hóspedes.

A FPC considera que estão reunidas “todas as medidas que fazem da Volta a Portugal um evento seguro” e recorda que a Direção-Geral da Saúde reconheceu a qualidade do plano de contingência apresentada para a realização do evento.

Viana do Castelo interdita passagem da Volta a Portugal

A Câmara Municipal de Viana do Castelo decidiu este domingo interditar a passagem da Volta a Portugal em bicicleta por considerar que “não pode dar sinais contraditórios” à sociedade, “face ao desconhecimento da evolução” da pandemia da covid-19.

“Neste tempo de incerteza e de imprevisibilidade face ao desconhecimento da evolução da covid-19 e de uma eventual segunda vaga, o município de Viana do Castelo num sentido de prudência, responsabilidade e respeito pela vida não vai permitir a realização da Volta A Portugal em Viana do Castelo no início de agosto”, refere a autarquia em comunicado enviado às redações.

Este domingo, a Câmara da capital do Alto Minho explicou que “o município tem procurado cumprir escrupulosamente as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da DGS, bem como as decisões do governo de Portugal”, mas que “não pode dar sinais contraditórios à nossa sociedade”.

“Acima de tudo temos de proteger e aliviar a pressão, com prevenção do Serviço Nacional de Saúde que tem estado sobre um elevado stress nestes últimos meses”, destaca a nota.

Viana do Castelo é local habitual de passagem da Volta a Portugal em bicicleta e para a edição deste ano estava prevista uma chegada ao município.

O município, presidido pelo socialista José Maria Costa, salienta ter sido “com muita dor que teve de restringir a participação dos vianenses em muitas atividades, devoções e manifestações culturais e religiosas com profundo sentido comunitário e de identidade”, apontando como exemplo a peregrinação quase centenária a Santa Luzia e a Romaria da Senhora d’Agonia.

“Somos todos convocados, federações desportivas, administração central e local, a ter responsabilidade coletiva e a reduzir riscos desnecessários na prevenção da doença Covid-19 e da sua propagação. Para a Câmara Municipal de Viana do Castelo a saúde dos vianenses estará sempre em primeiro lugar e o respeito pela vida é um valor supremo que para a autarquia tem de estar acima do tudo”, sublinhou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …