Volkswagen vendeu ilegalmente carros que deviam ter sido destruídos

Julian Stratenschulte / EPA

A Volkswagen vendeu ilegalmente, nos Estados Unidos e na Europa, unidades pré-série que deveriam ter sido destruídas. O presidente Herbert Diess tinha conhecimento das vendas ilegais desde 2016 e nada fez.

A Volkswagen está ainda a tentar recuperar a confiança dos consumidores depois da polémica Dieselgate, pelo que qualquer escândalo pode abalar prejudicialmente o construtor alemão.

No entanto, é mesmo isso que está a acontecer, depois de duas publicações terem avançado que o fabricante de Wolfsburg começou a vender, em 2006, nos Estados Unidos e na Europa, automóveis que deveriam ter sido destruídos.

Segundo o Observador, estão em causa unidades pré-série que habitualmente vemos parcial ou totalmente camufladas e que não têm de corresponder à versão de produção. Estas viaturas são muitas vezes usadas para efetuar testes com o objetivo de testar os limites mecânicos e estruturais, pelo que quando chega aos concessionários, o carro refletirá esse trabalho de desenvolvimento do produto.

De acordo com o Der Spiegel, a marca assume que “despachou” 6.700 automóveis para os concessionários, mas a publicação fala em 17.000. O problema é que, como referiu um porta-voz da marca ao Handelsblatt, embora as viaturas em causa venham a ser chamadas para ir à oficina, há casos que poderão não se resolver com uma mera atualização de software.

Mas há ainda uma agravante: ao que parece, a Volkswagen não documentou o que teriam esses carros de “errado” ou de diferente, face às unidades de série, pelo que terá de haver novo programa de buyback.

Na verdade, vender unidades pré-série não é crime, mas deve-se obedecer aos trâmites definidos na lei. Neste caso, a Volkswagen estaria obrigada a informar as entidades reguladoras do setor e os concessionários sendo que estes, por sua vez, passariam a informação ao cliente. Mas nada disto foi feito.

A marca já veio a público pedir desculpa, lamentando “profundamente o engano”. No entanto, apesar disso, a Volkswagen corre o risco de as autoridades decidirem puni-la de novo e ter pela frente outra rodada de processos, movidos pelos concessionários ou clientes lesados.

Herbert Diess, responsável máximo da marca, teria conhecimento das vendas ilegais desde 2016, mas nada fez para corrigir esta situação anómala, adianta ainda o Der Spiegel.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Muito honestos estes alemães… com dinheiro publico/proteccionismo/lobys/financiamento a custo zero e com a maior burla de sempre, quase conseguiram ser o maior construtor mundial!…
    VW: Das Fraud

RESPONDER

Tribunal de Contas arrasa modelo de financiamento do Ensino Superior (e diz que Governo não cumpriu lei de bases)

No seguimento de uma auditoria ao método de financiamento do ensino superior, para o Tribunal de Contas (TdC), entre 2016 e 2018, o modelo de financiamento concretizado pelo governo não cumpriu o estipulado na Lei …

Cientistas encontram no Ébola um aliado inesperado contra os tumores cerebrais

Cientistas encontraram um gene do vírus do Ébola que mostrou ser útil no combate contra os glioblastomas, que são tumores cerebrais que reaparecem após serem eliminados. O gliobastoma é um tumor que cresce e espalha-se depressa …

Estivadores do Porto de Lisboa iniciam greve de três semanas

Os estivadores do Porto de Lisboa iniciam, esta quarta-feira, uma greve de três semanas em protesto contra os salários em atraso e incumprimento dos acordos celebrados por parte da Associação de Empresas de Trabalho Portuário …

Michael Vang. Passou despercebido por Portugal, mas carrega os sonhos de toda uma etnia

Michael Vang é dos pouquíssimos jogadores de origem Hmong a jogar futebol profissionalmente. Agora nos Estados Unidos, o jovem teve uma passagem apagada por Portugal. Os Hmong são um grupo étnico asiático originário das regiões montanhosas …

Há pessoas sem a parte olfativa do cérebro que conseguem cheirar (e cientistas não sabem porquê)

Cientistas encontraram casos em que as pessoas não tinham bulbo olfativo, a parte do cérebro responsável pelo olfato, mas mesmo assim conseguiam cheirar. Anosmia consiste na perda total ou parcial do olfato e esta é uma …

Cientistas detetam estranhos movimentos de gás na Via Láctea (em redor de algo "invisível")

Os astrónomos detetaram movimentos de nuvens de gás incomuns perto do centro da Via Láctea, que podem sugerir a presença de um desconhecido buraco negro de classe intermediária. Os investigadores que rastrearam os gases no centro …

Hackers podem facilmente piratear satélites (e transformá-los em armas)

Piratear satélites pode não ser assim tão complicado quanto pensamos. Os hackers podem simplesmente desligá-los ou até mesmo usá-los como armas. No mês passado, a SpaceX tornou-se a operadora da maior constelação de satélites ativos do …

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …

Revelados documentos que provam a investigação de OVNIs por parte do Pentágono

Documentos recentemente divulgados mostram que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) financiou estudos sobre Objetos Voadores Não Identificados (OVNI's), contradizendo declarações recentes do Pentágono. Em 2017, o New York Times revelou a existência de …