Volante avisa o condutor quando está na hora de descansar

fb/100porcentocool

Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro desenvolveu uma capa para o volante do carro que usa pequenos sensores para monitorizar os sinais vitais do condutor e avisá-lo quando é altura de parar e descansar.

Ao mesmo tempo, permite criar uma espécie de impressão digital- a partir do batimento cardíaco do condutor -, que regista quem tinha as mãos ao volante e qual era o estado emocional da pessoa em qualquer ponto da viagem.

A pele tem condutividade elétrica. E, de certa forma, as nossas mãos funcionam como dois elétrodos de onde podemos extrair informação. Por exemplo, o batimento cardíaco”, explica ao Público a investigadora Helena Alves, da Universidade de Aveiro, que coordena a equipa no Instituto de Materiais de Aveiro (CICECO) responsável pela criação do volante.

“O nosso volante permite medir se o condutor está nervoso, ou fatigado, e alertar para elevados níveis de ansiedade que podem dificultar a condução”, resume Alves.

Os sinais captados pelos sensores são analisados em tempo real por um algoritmo desenvolvido no Instituto Superior Técnico e no Instituto de Telecomunicações, no pólo de Lisboa, pela equipa da investigadora Ana Fred.

Em 2017, esta equipa patenteou um método para reconhecimento biométrico contínuo baseado em sinais gráficos de eletrocardiogramas. Baseia-se na identificação de padrões a partir de extensas bases de dados. Além de ver a tecnologia em volantes de carros, a equipa de Fred espera que seja incorporada em bancos de carros e guiadores de motas.

O volante desenvolvido em Aveiro não se limita a avaliar o cansaço do condutor. “Conhecer o batimento cardíaco também pode servir para identificar o condutor. Isto é útil, por exemplo, para empresas de camionagem que querem garantir a identidade dos condutores”, avança Helena Alves.

“Neste caso, a informação sobre o estado emocional do condutor pode ser utilizada para seguradoras avaliarem a responsabilidade em casos de acidente”, explica a investigadora.

O protótipo criado por Helena Alves envia a informação recolhida, via bluetooth, para aparelhos eletrónicos, como um computador, telemóvel ou relógio inteligente. No futuro, a investigadora quer que a informação recolhida pelo volante seja associada a sistemas de alerta no próprio carro como um sinal sonoro.

Este tipo de tecnologia deve-se tornar mais comum em veículos nos próximos anos. A partir de maio de 2022, todos os automóveis novos vendidos na União Europeia terão de vir equipados com tecnologias de segurança deste tipo que, que incluem sistemas para avisar os condutores em caso de distração e de sonolência. De acordo com a Comissão Europeia, entre 10 a 20% dos grandes acidentes de automóvel são causados pela fadiga.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …

"É contra a vontade de Deus". Família que se recusou a pagar impostos é condenada na Austrália

Uma família cristã australiana recusou-se a pagar impostos, alegando que é "contra a vontade de Deus". Em tribunal, o juiz obrigou a pagar 1,3 milhões de euros. Em 2017, na Tasmânia, uma família cristã não pagou …

David guardou uma pedra durante anos pensando que era ouro. Afinal, era bem mais raro que isso

Em 2015, David Hole estava a explorar Maryborough Regional Park, perto de Melbourne, na Austrália. Com um detetor de metais, descobriu algo fora do comum: uma rocha avermelhada muito pesada que repousava em argila amarela. Maryborough …

Quadro roubado por soldado nazi é devolvido a museu de Florença

O quadro de natureza-morta tinha sido roubado do museu por um soldado nazi como um presente para a sua esposa. Agora, o quadro foi devolvido ao museu pelos alemães. Um soldado nazi em retirada de Itália …

Um segundo. Foi o tempo que a Inteligência Artificial precisou para resolver um cubo mágico

Investigadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, desenvolveram o DeepCubeA, um algoritmo capaz de resolver o desafio do Cubo de Rubik em pouco mais do que um segundo.  De acordo com a equipa de investigadores …