Volante avisa o condutor quando está na hora de descansar

fb/100porcentocool

Uma equipa de investigadores da Universidade de Aveiro desenvolveu uma capa para o volante do carro que usa pequenos sensores para monitorizar os sinais vitais do condutor e avisá-lo quando é altura de parar e descansar.

Ao mesmo tempo, permite criar uma espécie de impressão digital- a partir do batimento cardíaco do condutor -, que regista quem tinha as mãos ao volante e qual era o estado emocional da pessoa em qualquer ponto da viagem.

A pele tem condutividade elétrica. E, de certa forma, as nossas mãos funcionam como dois elétrodos de onde podemos extrair informação. Por exemplo, o batimento cardíaco”, explica ao Público a investigadora Helena Alves, da Universidade de Aveiro, que coordena a equipa no Instituto de Materiais de Aveiro (CICECO) responsável pela criação do volante.

“O nosso volante permite medir se o condutor está nervoso, ou fatigado, e alertar para elevados níveis de ansiedade que podem dificultar a condução”, resume Alves.

Os sinais captados pelos sensores são analisados em tempo real por um algoritmo desenvolvido no Instituto Superior Técnico e no Instituto de Telecomunicações, no pólo de Lisboa, pela equipa da investigadora Ana Fred.

Em 2017, esta equipa patenteou um método para reconhecimento biométrico contínuo baseado em sinais gráficos de eletrocardiogramas. Baseia-se na identificação de padrões a partir de extensas bases de dados. Além de ver a tecnologia em volantes de carros, a equipa de Fred espera que seja incorporada em bancos de carros e guiadores de motas.

O volante desenvolvido em Aveiro não se limita a avaliar o cansaço do condutor. “Conhecer o batimento cardíaco também pode servir para identificar o condutor. Isto é útil, por exemplo, para empresas de camionagem que querem garantir a identidade dos condutores”, avança Helena Alves.

“Neste caso, a informação sobre o estado emocional do condutor pode ser utilizada para seguradoras avaliarem a responsabilidade em casos de acidente”, explica a investigadora.

O protótipo criado por Helena Alves envia a informação recolhida, via bluetooth, para aparelhos eletrónicos, como um computador, telemóvel ou relógio inteligente. No futuro, a investigadora quer que a informação recolhida pelo volante seja associada a sistemas de alerta no próprio carro como um sinal sonoro.

Este tipo de tecnologia deve-se tornar mais comum em veículos nos próximos anos. A partir de maio de 2022, todos os automóveis novos vendidos na União Europeia terão de vir equipados com tecnologias de segurança deste tipo que, que incluem sistemas para avisar os condutores em caso de distração e de sonolência. De acordo com a Comissão Europeia, entre 10 a 20% dos grandes acidentes de automóvel são causados pela fadiga.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Coreia do Sul organizou um espetáculo de luzes para agradecer e incentivar o uso de máscara

A Coreia do Sul tem sido dos países com maior sucesso no combate à pandemia de covid-19. Com receio de uma segunda vaga, o Governo organizou uma forma incomum de agradecer aos profissionais de saúde …

Desgostos e namoriscos com humanos. Aquário de Quioto expõe complexas relações dos pinguins num fluxograma

O Aquário de Quioto, antiga capital do Japão, tem um fluxograma onde expõe as relações dos seus pinguins. Entre diferenças de idade, desgostos de amor e até namoriscos com humanos, as relações entre estes animais …

O sangue azul do caranguejo-ferradura é fundamental para a vacina da covid-19. Mas há um problema

O sangue azul do caranguejo-ferradura pode ser um elemento muito importante para encontrar a vacina para a covid-19, mas há um grande senão. O sangue azul do caranguejo-ferradura (Limulus Polyphemus) é a única fonte natural conhecida …

Jovem guarda-redes russo atingido por raio durante um treino

Ivan Zakborovsky, um jovem guarda-redes russo, está em coma induzido. O clube já revelou que o atleta não corre perigo. Ivan Zakborovsky, um guarda-redes de apenas 16 anos do Znamaya Truda, da Rússia, foi atingido por …

Elegante, leve e com fibra de carbono. O Tyr quer ser diferente de todos os outros caiaques

Embora os caiaques com assento se tenham tornado muito populares entre os pescadores, a maioria dos barcos é bastante tubular, pesada e de plástico. O Tyr da Apex Watercraft é diferente por ser elegante, leve …

2029 Majestic, a mota elétrica futurista com um design centenário

A 2029 Majestic é inspirada no modelo original de 1929, mas tem um motor elétrico e peças impressas em 3D. É o casamento ideal entre tecnologia e a tradição. Em 1929, Georges Roy criou a Majestic, …

Fernando Alonso regressa à Fórmula 1 com a Renault

O piloto espanhol Fernando Alonso vai regressar à Fórmula 1 depois de ter abandonado a modalidade em 2018. Assina agora um contrato de dois anos com mais um de opção. A escuderia Renault anunciou esta quarta-feira …

China reitera que não participará no diálogo EUA/Rússia para reduzir arsenal atómico

A China reiterou, esta quarta-feira, que não entrará nas negociações entre os Estados Unidos e a Rússia para um novo acordo que limite a quantidade de armas nucleares, e acusou Washington de “constituir uma ameaça”. Pequim …

Traumas na infância e um pai "sociopata". As revelações do livro da sobrinha de Trump

O livro de memórias de Mary Trump, sobrinha do Presidente norte-americano Donald Trump, já chegou às mãos de vários jornalistas nos Estados Unidos. A data de publicação está marcada para dia 14 de julho. No livro, …

Rússia detém antigo jornalista por acusações de traição

O ex-jornalista Ivan Safronov, assessor do diretor da agência espacial russa Roscosmos, foi detido esta terça-feira e acusado de traição. Esta terça-feira, as autoridades russas prenderam um antigo jornalista que trabalhava agora como assessor do chefe …