Polícia investiga “violação em grupo” entre crianças de 4 anos num infantário

Uma menina de 4 anos terá sido violada por três colegas da mesma idade no recreio do Jardim de Infância de Paris que todos frequentam. O caso está a abalar a comunidade local, até porque não é o primeiro que ocorre naquela escola.

Esta alegada “violação em grupo” ocorreu no passado dia 18 de Setembro, num Jardim de Infância do 13.º Arrondissement (ou freguesia) de Paris.

Durante a hora do recreio, a menina de 4 anos terá sido isolada por três colegas rapazes da mesma idade, “sob uma estrutura de jogo”, onde lhe terão tirado a roupa e praticado uma “penetração manual”, relata o jornal Le Parisien.

A publicação destaca os factos “graves” e “perturbadores”, frisando que não foi a primeira vez que um caso semelhante aconteceu naquela escola. A menina já teria sido alvo de um tipo de abuso semelhante durante o ano lectivo passado, perpetrado por outros dois colegas.

As quatro crianças implicadas no caso continuam a frequentar a mesma escola, segundo o jornal L´Express, depois de a directora do estabelecimento ter aconselhado os pais da vítima a não apresentarem queixa.

Todavia, o caso foi denunciado na esquadra do 13.º Arrodissement no passado dia 9 de Outubro, como constata o L´Express, frisando que foi aberto um inquérito na Brigada de Protecção de Menores da Polícia de Paris.

O caso está a deixar toda a comunidade preocupada e o presidente da Junta de Freguesia visada, Jérôme Coumet, já anunciou uma reunião na escola para breve, com a presença de um pedo-psiquiatra.

“Este tipo de actos não são frequentes, mas também não são excepcionais“, sustenta, por seu turno, a vice-presidente do Conselho Nacional de Protecção da Criança (CNPE na sigla original em Francês), Michèle Créoff, em declarações ao Le Parisien.

“Estamos na idade dos primeiros amores”, nota Michèle Créoff, realçando que as crianças estão “num estado de desenvolvimento onde a curiosidade emerge, nomeadamente ao nível sensorial e sexual”.

Contudo, o caso não pode ser encarado com leviandade, embora haja muitas dúvidas quanto ao modo de actuar. “Não se trata de uma história de toque de pipis entre duas crianças”, frisa ao Le Parisien um polícia que está envolvido no inquérito. “Há várias crianças implicadas e uma violência exercida contra esta pequena vítima”, alerta este agente.

Michèle Créoff reforça que “é preciso compreender como é que um grupo de crianças tão jovens, pode abusar de uma outra sem que haja consciência do ambiente educacional ou parental”.

O inquérito policial deverá, agora, avaliar o entorno social das crianças envolvidas, ouvindo pais e educadores, bem como outros intervenientes nas suas vidas. A investigação passa, nomeadamente, por procurar perceber se as crianças estarão a reproduzir gestos que algum adulto lhes tenha feito, ou a repetir algo a que tenham inadvertidamente assistido.

SV, ZAP //

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

    • Dada o historial da igreja católica e dos abusos cometidos por padres, é muito provável que sejam católicos, se bem que, com 4 anos…

      • Como sempre a dizer asneiras. A diferença entre a religiao católica e islamica, a pedofilia nao é aceite pela católica, já na islamica tentam seguir os passos de Mohammed que entre outras coisas casou com uma miuda de 9 anos de nome Aysha.
        Por lá é tudo aceitável, e a imprensa nao divulga por aliança com a esquerda

          • Sim sim. Não deu qualquer resposta à questao que puz. Porque é que nao se sabe nada sobre o que acontece nas mesquitas? O facto de haverem abusos por padres nao significa que o Vaticano aprove, coisa diferente da outra religião de que ninguém fala do que lá se passa n lhes vá acontecer o mesmo que ao Charlie

            • O Vaticano, oficialmente, não aprova mas, na prática, ajuda a esconder, portanto, o resultado final não é muito diferente!!
              Os sucessivos escandalos são a prova disso mesmo!…
              De qualquer modo, não sei qual a religião dos pais (porque crianças de 4 anos, certamente que não tem religião!), mas sendo religião católica a dominante na Europa (e ainda para mais com os escandalos que se lhes vão conhecendo), diria que a probabilidade de serem católicos é bastante alta!
              Além do mais, não me lembro de ouvir falar em abusos de crianças no Islão – mas do modo que eles são, também não me admirava nada!..
              Mas, como a história e a realidade vem comprovando, as religiões são todas uma me@da!!

      • Voce nunca ouviu falar de abusos de crianças no Islão. Ahahahah. Sabia que no Islão fazer sexo com miudos até aos 14 anos é considerado perfeitamente aceitável? Apesar de serem contra gays depois aceitam que fazer sexo com miudos nao tem problema nenhum. É claro que nao é abuso se a sociedade deles aceita.
        Os principios judaico-cristaos deram-nos a civilização ocidental, a 1ª a acabar com a escravatura, a promover uma sociedade estável o suficiente que deu em progressão tecnológica, a outra deu em promoção da guerra.
        Você não conhece nada do que se passa, e vem para cá mandar bitaites

        • Não, nunca ouvi!!
          Nem me preocupo muito com o que se passa no meio deles, primeiro porque estão a milhares de kms de Portugal e depois, mesmo na França, nem 10% da população representam, e muito menos serão os que aceitam essas praticas!…
          Das várias vezes em que estive na França, nunca ouvi falar disso, portanto essas situações devem ser irrelevantes…
          É, eu não conheço nada, mas tu é que viste logo com a treta da religião (mesmo sem qualquer fundamento) e, eu quase que oposto que os pais dessas crianças, a serem religiosos, mais depressa são católicos!…

          • Eu sei que sao islamicos porque quando sao islamicos não aparece qq religião no artigo, quando são católicos aparece a dizer que eram católicos.
            Vá a França e converta-se ao islamismo e logo lhe contam os segredos da religião que na verdade nao sao segredos nenhuns

  1. Por detrás de tudo isto não poderá deixar de ser que não haja mão adulta! Má educação de casa com exemplos já vistos ou ainda os miseráveis canais de televisão que hoje em nome da liberdade transmitem tudo o que lhes vem à cabeça para atraírem clientela e a qualquer hora, temos ainda a falta de acompanhamento na escola e as irresponsabilidades dos (des)governos, o ser humano está-se a desumanizar e a ficar pior que um animal selvagem.

RESPONDER

Asia Bibi quer obter asilo político em França

A cristã paquistanesa Asia Bibi, condenada à morte por blasfémia em 2010 e absolvida oito anos depois, antes de se refugiar no Canadá, referiu esta segunda-feira pretender obter asilo político em França. Asia Bibi disse à …

Covid-19. Itália com 50 novos casos e Portugal com novo suspeito

Em Portugal, a DGS confirmou um novo caso suspeito de infeção. Por sua vez, as autoridades italianas anunciaram a existência de 50 novos casos de infetados com Covid-19. A Direção-Geral de Saúde confirmou, esta terça-feira, …

Benfica também está interessado em Rúben Amorim

O Benfica junta-se ao Sporting na corrida pela contratação do treinador do Sporting de Braga, Rúben Amorim. O jovem técnico tem impressionado ao serviço dos bracarenses. Depois de se falar do interesse do Sporting CP em …

15 anos após gravação sem autorização, Estado condenado a indemnizar Sá Fernandes

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 3 mil euros ao advogado Ricardo Sá Fernandes. Em causa está um acórdão assinado pelo juiz Rui Rangel em …

Contribuintes têm até esta terça-feira para validar faturas (e podem valer até 2.500 euros no IRS)

Os contribuintes que, no ano passado, colocaram o seu NIF em faturas devem verificar se todas estão corretamente associadas à tipologia de despesas a que correspondem para efeitos de IRS, terminando esta terça-feira o prazo …

Plácido Domingo diz "assumir toda a responsabilidade dos seus erros"

O tenor também desistiu de se apresentar na Ópera Metropolitana de Nova Iorque, enquanto outras óperas americanas cancelaram as suas atuações, que no entanto continuam na Europa. O tenor espanhol Plácido Domingo, acusado nos Estados Unidos …

Até as "couves ficam pretas". Aterro em Valongo que recebe lixo do estrangeiro gera indignação

Os moradores de Sobrado, em Valongo, realizaram mais um protesto contra o aterro local que recebe lixo de todo o país e de países estrangeiros também. Queixam-se do cheiro nauseabundo, das pragas de mosquitos e …

Evolução "muito positiva". Atribuição de pensões de velhice está a demorar 134 dias

Em média, a Segurança Social está a demorar 134 dias (cerca de quatro meses e 15 dias) a atribuir pensões de velhice, avança o jornal Eco. Em entrevista ao diário de economia, o secretário de …

Ninguém quer ser professor? Mestrados em Ensino sem candidatos

Os mestrados em Ensino, que preparam futuros docentes para o terceiro ciclo e Ensino Secundário, têm cada vez menos inscritos e alguns até já fecharam por falta de candidatos, revela uma reportagem da Rádio Renascença. …

Após apoiar Trump em 2016, Clint Eastwood "troca-o" por Bloomberg

O ator e realizador Clint Eastwood, que em 2016 apoiou Donald Trump na corrida à Casa Branca, declarou agora o seu apoio ao democrata Michael Bloomberg para as eleições presidenciais norte-americanas de 2020. Em entrevista …