Surto de covid-19 em Vila Flor. Festa de aniversário de autarca gera polémica

7

Husond / Wikimedia

Vila Flor, no distrito de Bragança

A festa organizada por funcionários da Câmara de Vila Flor, no distrito de Bragança, para celebrar o aniversário do seu presidente, está a dar que falar. O município já conta com cerca de 70 infetados.

De acordo com o Diário de Notícias, o primeiro caso de covid-19 em Vila Flor, no distrito de Bragança, foi detetado no dia 11. Agora, o município já regista cerca de 70 infetados, detetados sobretudo entre os serviços da Câmara Municipal, do agrupamento escolar, da Unidade de Cuidados Continuados e dos bombeiros.

“Está tudo identificado e controlado. Estamos já numa fase de recuperação. No caso da Câmara Municipal, os nossos colaboradores estão todos recuperados e em condições de regressar ao trabalho”, declarou ao jornal o vice-presidente Abílio Evaristo.

Mas, segundo o DN, é uma festa organizada por alguns elementos da autarquia, para celebrar o aniversário do presidente da Câmara, Fernando Barros, no dia 8, que está a dar que falar. Tanto que os próprios funcionários publicaram um comunicado, esta quarta-feira, a isentar o autarca de quaisquer responsabilidades e a garantir que esse encontro não provocou nenhum infetado.

Na nota, os trabalhadores recordam que a festa aconteceu numa altura em que Vila Flor ainda não registava qualquer caso e não vigorava o atual estado de calamidade.

“O presidente nesse dia nem esteve no município e quando chegou é que teve essa surpresa. Foi um grupo de funcionários, onde eu também estava, que comprou um bolo e que no fim do dia, num espaço com todas as condições e com toda a gente de máscara, fez essa homenagem. Não durou mais de 15/20 minutos e todos respeitaram as distâncias”, disse Abílio Evaristo sobre o sucedido.

“Foi tudo legal, normal. Arrisco mesmo a dizer que não surgiu dali nenhum contágio. Tudo o resto que possam dizer é politiquice baixa. Não tem nada a ver”, atirou ainda o vice.

Confrontada pelo diário sobre a possibilidade de o surto no município ter tido origem nesta festa, a Autoridade Regional de Saúde do Norte disse que ainda não conseguiu confirmar a sua origem, mas que, tal como qualquer outro, “causa preocupação junto das autoridades competentes e imenso trabalho, quer no acompanhamento dos casos então identificados, quer no trabalho epidemiológico de tentativa de identificação de eventuais cadeias de transmissão”.

  ZAP //

7 Comments

  1. Palavras para quê? – É um “artista” português que segue a prática nacional de que CÁ, OS EXEMPLOS NÃO VÊM DE CIMA.

  2. Os autarcas… os autarcas… essa espécie de artistas locais, caciques em bom rigor, que confundem o deles com o nosso. Os autarcas…E depois ainda querem regionalizar.

  3. E anda tanta gente preocupada com a regionalização!! Só se for para entregarem o povo a gente irresponsável como esta. A educação já está, erradamente, muito dependente deste tipo de poder que, infelizmente, facilmente se liga a corrupção, caciquismo, conluio e muito mais, salvo raras excepções. Temos um ex- presidente da câmara a ser processado por corrupção mas que faltou ao julgamento apresentando um atestado a provar que sofre de Alzheimer! É a regionalização no seu melhor!

  4. Até comeram o bolo com a máscara?! Podiam dizer qual é a marca de máscara que proporciona tais capacidades? Isto é que é corporativismo! O sr. Presidente pode estar tranquilo que o seu pessoal não o deixará cair nunca!!

  5. disse Abílio Evaristo sobre o sucedido.

    “Foi tudo legal, normal. Arrisco mesmo a dizer que não surgiu dali nenhum contágio. Tudo o resto que possam dizer é politiquice baixa. Não tem nada a ver”, atirou ainda o vice.

    Baixa politiquice foi o que ele praticou ao permitir e fazer parte do convívio para homenagear o big boss. Este senhor é de uma irresponsabilidade de todo o tamanho, quem o diz sou que não tenho simpatia por partido nenhum e tão pouco por políticos de meia tijela que são do “olha para o que digo e não olhes para o que digo e faço”
    Perante a situação nacional / mundial que se vive, que moral tem este senhor para dizer o que quer que seja??

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.