Vídeo perturbador mostra caçadores furtivos a matar mãe urso e os seus filhotes em hibernação

Um vídeo divulgado por organização de defesa animal norte-americana mostra “um incidente profundamente perturbador”, em que pai e filho atiram e matam ilegalmente uma mãe urso e os seus filhotes, que estavam em hibernação numa ilha do Alasca (Estados Unidos), comemorando o feito de seguida.

No início deste ano, Andrew Renner, residente em Wasilla (Alasca), foi condenado a três meses de prisão e impedido de caçar por uma década, depois de se declarar culpado por caça ilegal. O seu filho, Owen Renner, de 18 anos, recebeu uma pena suspensa de 30 dias e foi obrigado a prestar serviço comunitário, informou o Independent esta sexta-feira.

Esta semana, a organização Humane Society of the United States divulgou um vídeo, gravado sem o conhecimento dos dois homens, onde se pode ver o crime. As câmaras tinham sido instaladas naquele local como parte de um estudo do Departamento de Pesca e Jogo do Alasca e do Serviço Florestal dos Estados Unidos (EUA).

Foi uma dessas câmaras que capturou os dois homens a matar a mãe urso e os seus filhotes. O vídeo começa com pai e filho “em esquis, a avistar uma mãe urso a hibernar numa árvore oca na Ilha Esther, em Prince William Sound”, escreveu a organização.

“Através do áudio é evidente que a mãe urso está ciente do perigo e faz sons que indicam o seu medo. Os dois homens retiram as suas armas e disparam vários tiros na cavidade da árvore, matando a mãe urso, enquanto os gritos dos seus filhotes enchiam o ar”, referiu.

A gravação capturou também os homens a retornar ao local, vários dias depois, para esconder as provas, colocando os corpos dos filhotes numa sacola, descartando um colar de rastreamento colocado na mãe urso e recuperando os invólucros das balas utilizadas.

O vídeo mostra ainda o homem mais jovem – que posa para uma fotografia com a carcaça do animal – a congratular-se pelo crime.

Segundo a organização, embora legal nalgumas áreas do Alasca, a matança de ursos e dos seus filhotes é ilegal no local onde o pai e o filho realizaram o crime. As imagens divulgadas são a prova do que poderia acontecer se entrassem em vigor novas regras que permitissem “métodos cruéis” de caçar ursos negros e outros animais, frisou a mesma.

Quando os dois homens foram condenados, no início deste ano, o procurador-geral adjunto responsável, Aaron Peterson, disse em tribunal que este era o caso de caça furtiva de filhotes de urso mais escandaloso que já havia visto. “Vimos dois filhotes de urso completamente indefesos, baleados à queima-roupa”, afirmou.

TP, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Malditos. Chorei vendo esse vídeo. Os sons dos ursos urrando de dor é horrível. Os dois deveriam ser presos e não apenas um. Os dois participaram deste ato tenebroso.
    Colocar só câmeras não adianta. É importante colocar também alarmes e altos falantes e vigias 24h monitorando as câmeras. Pq agora o mal já está feito e as vidas desses ursos estão perdidas pra sempre.

  2. Entristece-me saber que foi a minha espécie que efectuou este crime tão bárbaro.
    Como podemos atingir um nível assim tão baixo.
    Por mim, estes dois seriam condenados a prisão perpétua, e assim mostraríamos ao mundo que os animais merecem tanto ou mais respeito que a nossa espécie.
    Sinto uma enorme tristeza hoje pois acho que nunca teremos salvação!

RESPONDER

Afinal, os deuses da Antiguidade eram às cores (e já as podemos ver)

https://vimeo.com/379277357 Nos nossos livros da escola e em museus de todo o mundo, as obras de arte da antiga Grécia e Roma não têm cores: são simples, puro e branco mármore. Mas será este apenas um mito? …

A sede do petróleo está a levar os povos indígenas do Equador à extinção

Os povos indígenas do Equador estão sob ameaça dos interesses do território em que habitam. Quase metade das reservas equatorianas de petróleo estão debaixo do Parque Nacional Yasuní. Os interesses dos políticos e dos grandes magnatas …

"Lesmas-leopardo" acasalam da forma mais espantosamente bizarra (e ninguém sabe porquê)

As "lesmas-leopardo" têm talvez o acasalamento mais intrigante e espantoso de todo o reino animal. Os biólogos ainda não conseguiram decifrar porque razão estes moluscos acasalam desta forma. Na escuridão da noite, duas grandes "lesmas-leopardo" começam …

Naufrágio romano com 2.000 anos encontrado na Grécia. É um dos maiores do Mar Mediterrâneo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Patras, na Grécia, descobriu os vestígios de um navio romano que naufragou há cerca de 2.000 anos perto da ilha grega de Kefalonia, avança o Greek City Times.  …

Qual é o verdadeiro significado da vida? Um novo estudo pode ajudar com a resposta

Um novo estudo aponta que encontrar significado na nossa vida é algo positivo para a nossa saúde e bem-estar mental, mas o processo de procura tem o efeito contrário. Encontrar significado na nossa vida é uma …

A crise climática vista do Espaço. Vídeo da NASA revela degelo dos glaciares no Alasca

https://vimeo.com/379314673 Um vídeo publicado recentemente pela NASA mostra o derretimento dos glaciares do Alasca visto do Espaço. Algumas imagens revelam mudanças de quase 50 anos. O nosso planeta está a caminhar a passos largos para uma situação …

Ciência explica porque é que alguns cheiros desencadeiam memórias fortes

O cheirinho de pão acabado de sair do forno pode, por exemplo, funcionar como um portal do tempo, levando-nos de volta àquele pequeno café em Paris que visitámos há alguns anos. Os cheiros têm a capacidade …

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …