Vídeo perturbador mostra caçadores furtivos a matar mãe urso e os seus filhotes em hibernação

Um vídeo divulgado por organização de defesa animal norte-americana mostra “um incidente profundamente perturbador”, em que pai e filho atiram e matam ilegalmente uma mãe urso e os seus filhotes, que estavam em hibernação numa ilha do Alasca (Estados Unidos), comemorando o feito de seguida.

No início deste ano, Andrew Renner, residente em Wasilla (Alasca), foi condenado a três meses de prisão e impedido de caçar por uma década, depois de se declarar culpado por caça ilegal. O seu filho, Owen Renner, de 18 anos, recebeu uma pena suspensa de 30 dias e foi obrigado a prestar serviço comunitário, informou o Independent esta sexta-feira.

Esta semana, a organização Humane Society of the United States divulgou um vídeo, gravado sem o conhecimento dos dois homens, onde se pode ver o crime. As câmaras tinham sido instaladas naquele local como parte de um estudo do Departamento de Pesca e Jogo do Alasca e do Serviço Florestal dos Estados Unidos (EUA).

Foi uma dessas câmaras que capturou os dois homens a matar a mãe urso e os seus filhotes. O vídeo começa com pai e filho “em esquis, a avistar uma mãe urso a hibernar numa árvore oca na Ilha Esther, em Prince William Sound”, escreveu a organização.

“Através do áudio é evidente que a mãe urso está ciente do perigo e faz sons que indicam o seu medo. Os dois homens retiram as suas armas e disparam vários tiros na cavidade da árvore, matando a mãe urso, enquanto os gritos dos seus filhotes enchiam o ar”, referiu.

A gravação capturou também os homens a retornar ao local, vários dias depois, para esconder as provas, colocando os corpos dos filhotes numa sacola, descartando um colar de rastreamento colocado na mãe urso e recuperando os invólucros das balas utilizadas.

O vídeo mostra ainda o homem mais jovem – que posa para uma fotografia com a carcaça do animal – a congratular-se pelo crime.

Segundo a organização, embora legal nalgumas áreas do Alasca, a matança de ursos e dos seus filhotes é ilegal no local onde o pai e o filho realizaram o crime. As imagens divulgadas são a prova do que poderia acontecer se entrassem em vigor novas regras que permitissem “métodos cruéis” de caçar ursos negros e outros animais, frisou a mesma.

Quando os dois homens foram condenados, no início deste ano, o procurador-geral adjunto responsável, Aaron Peterson, disse em tribunal que este era o caso de caça furtiva de filhotes de urso mais escandaloso que já havia visto. “Vimos dois filhotes de urso completamente indefesos, baleados à queima-roupa”, afirmou.

Taísa Pagno TP, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Malditos. Chorei vendo esse vídeo. Os sons dos ursos urrando de dor é horrível. Os dois deveriam ser presos e não apenas um. Os dois participaram deste ato tenebroso.
    Colocar só câmeras não adianta. É importante colocar também alarmes e altos falantes e vigias 24h monitorando as câmeras. Pq agora o mal já está feito e as vidas desses ursos estão perdidas pra sempre.

  2. Entristece-me saber que foi a minha espécie que efectuou este crime tão bárbaro.
    Como podemos atingir um nível assim tão baixo.
    Por mim, estes dois seriam condenados a prisão perpétua, e assim mostraríamos ao mundo que os animais merecem tanto ou mais respeito que a nossa espécie.
    Sinto uma enorme tristeza hoje pois acho que nunca teremos salvação!

RESPONDER

Polícia sueca investiga ataque à faca e aponta para "motivações terroristas"

A polícia sueca fez buscas no apartamento do homem que esfaqueou sete pessoas no país, na quarta-feira, informando que há pormenores na investigação que apontam para motivações terroristas. Segundo avançou esta quinta-feira o Público, a polícia …

Advogados apontam falhas à investigação da morte de Giovani Rodrigues

Alguns advogados de defesa dos acusados do homicídio de Giovani Rodrigues apontaram, esta quarta-feira, falhas à investigação, desde o apuramento dos factos à condição clínica, com a revelação de que o jovem foi também vítima …

Dia com menos mortes desde 28 de outubro. Mais 830 novos casos

Há mais 830 casos de covid-19 em Portugal. A Direção-Geral da Saúde indica que há agora 1708 doentes com covid-19 internados, menos 119 do que na quarta-feira. O número de doentes nos cuidados intensivos está …

Concelhia do PSD/Sintra tenta contornar Santana (e já aprovou um nome)

Enquanto a direção nacional do PSD tenta convencer Pedro Santana Lopes, a estrutura do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto Pereira como candidato. Esta quarta-feira, a concelhia do PSD/Sintra aprovou o nome de António Pinto …

TAP com novo voo do Brasil para Portugal a 11 de março

A Embaixada de Portugal em Brasília anunciou, esta quarta-feira, que se irá realizar, a 11 de março, um novo voo entre São Paulo e Lisboa, em "condições inteiramente idênticas" às da viagem de repatriamento ocorrida …

Campos de reeducação servem para reduzir o número de uigures, diz estudo chinês

Um relatório chinês confirma que os campos de reeducação para onde o Governo envia os uigures da província de Xinjiang têm como objetivo diminuir a população uigur. O documento foi publicado acidentalmente online Depois de uma …

Merkel cede e aceita levantamento progressivo das medidas. França estima que situação melhore em abril

A chanceler alemã, Angela Merkel, aceitou na quarta-feira um levantamento progressivo das restrições contra a pandemia na Alemanha, cedendo a um descontentamento crescente na opinião e no próprio governo a sete meses das eleições legislativas. Ao …

Não tem de "haver culpados" no incêndio que matou cães em Santo Tirso, diz Governo

A secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, defendeu ontem que “não tem de haver culpados” no incêndio de julho de 2020 que vitimou mais de 70 animais em dois abrigos ilegais em Santo …

Diagnóstico de grupo de peritos confirma cenário negro na Saúde Pública

A Comissão para a Elaboração da Proposta de Reforma da Saúde Pública e Sua Implementação pinta um retrato negro do estado da Saúde Pública em Portugal. Em fevereiro do ano passado, a ministra Marta Temido nomeou …

"Raciocínio Neandertal". Biden critica fim das máscaras obrigatórias no Texas

O Presidente norte-americano criticou, esta quarta-feira, a decisão do governador do Texas de acabar com a obrigatoriedade de utilização de máscara, classificando-a de "raciocínio Neanderthal". "Estamos à beira de ser capazes de mudar fundamentalmente a natureza …