Vice-presidente afegão sobrevive à segunda tentativa de assassinato em menos de um ano

Jalil Rezayee / EPA

General Dostum, senhor da guerra no Afeganistão (ao fundo)

O vice-presidente afegão, Abdul Rashid Dostum, não sofreu ferimentos durante as emboscadas organizadas por membros do movimento fundamentalista Talibã no fim de semana, informaram as autoridades afegãs no domingo. Esta foi a segunda tentativa de assassinato ao general em menos de um ano.

De acordo com a NPR, pelo menos um dos seus guarda-costas morreu durante dois ataques ao comboio onde se encontrava o general Abdul Rashid Dostum na tarde de sábado, enquanto o comboio viajava da província de Balkh, no norte, para a vizinha província de Zawzjan.

Munir Ahmad Farhad, porta-voz do governador de Balkh, disse à Associated Press que dois outros guardas ficaram feridos. Zabihullah Mujahid, um porta-voz do movimento fundamentalista islâmico Talibã reivindicou a responsabilidade pelo ataque, no Twitter.

Num comunicado, também divulgado pela Associated Press, o exército do Afeganistão revelou que quatro talibãs foram mortos e outros sete feridos.

À Reuters, um porta-voz do partido de Abdul Rashid Dostum disse que o mesmo estava ciente do ataque planeado. Junbish, ou o Movimento Islâmico Nacional do Afeganistão, é um partido político no Afeganistão composto principalmente de uzbeques, o grupo étnico minoritário ao qual pertence o vice-presidente.

Conhecido como um ex-senhor da guerra, Abdul Rashid Dostum é uma figura controversa, devido a acusações de violação e de tortura a um rival político. Tem desempenhado um papel fundamental no Afeganistão desde o início dos anos 90 e, a partir de 2014, como vice do presidente Ashraf Ghani.

O vice-presidente, que fugiu para a Turquia em 2017, já havia sobrevivido a uma anterior tentativa de assassinato quando retornou ao país, em julho de 2018. O seu exílio deveu-se às investigações sobre a alegada violação de uma anciã do norte da sua província natal e à pressão dos apoiantes ocidentais do governo de Ashraf Ghani, incluindo os Estados Unidos.

Sete dos seus guarda-costas foram condenados, à revelia, por agressão sexual e prisão ilegal do político rival, segundo a Human Rights Watch.

Pouco depois da sua chegada ao Afeganistão, um suicida detonou explosivos à saída do aeroporto internacional de Cabul, originando a morte de 20 pessoas, incluindo nove membros da segurança do vice-presidente. O Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade por esse ataque, avançou na altura SITE Intel Group.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Quartel da Graça vai ser um hotel de luxo

A concessão do Quartel da Graça, em Lisboa, vai ser entregue ao grupo Sana, no âmbito do programa Revive, estando previsto um investimento de 30 milhões de euros, para a instalação de um hotel, foi …

Infarmed retira do mercado protetor solar infantil

O Infarmed disse esta sexta-feira que está acompanhar as precauções da agência espanhola do medicamento em relação aos produtos de proteção solar ISDIN, indicando que em novos testes detetou variabilidade e inconsistência no fator de …

Com 13 anos, herdeira da Coroa de Espanha discursa pela primeira vez

O rei Filipe VI transmitiu esta sexta-feira à princesa Leonor o compromisso "pessoal e institucional" que possui como herdeira da Coroa na entrega dos Prémios Princesa de Astúrias 2019, cerimónia acompanhada no exterior por uma …

"El Mencho" quer ser o próximo "El Chapo" (e está a matar polícias para o conseguir)

"El Mencho", líder de um dos cartéis mais influentes do México, foi responsável pelo massacre de 14 polícias. O barão da droga quer ser o próximo "El Chapo". No México, Nemesio Oseguera Cervantes, conhecido como "El …

Marcelo promulga regime de acolhimento residencial para crianças e jovens em perigo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou esta sexta-feira o diploma governamental que estabelece o regime de execução do acolhimento residencial, medida de promoção dos direitos e de proteção das crianças e jovens …

Lenny Kravitz regressa a Lisboa para um concerto em 2020

Lenny Kravitz regressa a Portugal em 2020. O músico irá atuar na Altice Arena, em Lisboa, no dia 25 de julho do próximo ano. Este concerto faz parte da digressão "Here to Love", de apoio ao …

Conspirador condenado a pagar 450.000 dólares por negar massacre de Sandy Hook

Um tribunal de Wisconsin, nos Estados Unidos, condenou um conspirador a indemnizar o pai de uma das crianças que morreu no tiroteio de Sandy Hook, em 2012, com 450.000 dólares depois de este afirmar que …

Adepto do Nápoles acusado da morte de apoiante do Inter

  O adepto do Nápoles tem antecedentes criminais e, segundo a investigação, poderá estar ligado à camorra, uma organização criminosa italiana. Um adepto radical do Nápoles foi esta sexta-feira detido sob a acusação de homicídio de um …

As temperaturas no Qatar estão tão altas que já há ar condicionado nas ruas

As temperaturas no Qatar, um dos lugares mais quentes do planeta, aumentaram tanto que as autoridades estão a instalar equipamentos de ar condicionado no exterior dos edifícios, nas ruas e nos mercados. O país, onde as …

Quadro de Nicolas de Staël vendido em Paris por valor recorde de 20 milhões de euros

Um quadro do pintor francês, de origem russa, Nicolas de Staël, foi vendido por 20 milhões de euros, um recorde para o artista, num leilão que decorreu em Paris e que foi organizado pela casa …