Vestido de casamento da princesa Diana é exibido ao público pela primeira vez

Se fosse viva, a princesa Diana estaria prestes a completar 60 anos. Para celebrar a data, o seu vestido de noiva está a ser exibido no Palácio de Kensington pela primeira vez em décadas.

O famoso vestido de marfim foi usado pela princesa no dia do seu casamento com o herdeiro do trono, o príncipe Charles, em julho de 1981, durante uma cerimónia na Catedral de São Paulo. O evento foi observado por cerca de 750 milhões de pessoas em todo o mundo.

Com a permissão dos seus dois filhos, o príncipe William e Harry, o vestido pode ser visto de perto pelos visitantes como parte de uma exposição temporária intitulada “Estilo real em construção”. A exposição será exibida até o início do próximo ano e pretende destacar alguns dos designs de moda mais memoráveis ​​da história real britânica.

A pedido da princesa, o vestido foi desenhado por David e Elizabeth Emanuel, e nele foram incorporados laços, rendas, um corpete justo e quadrados de renda antiga que outrora pertenceram à Rainha Maria.

Em declarações ao programa de televisão “Good Morning Britain” na quinta-feira, Elizabeth Emanuel descreveu o design como “muito anos 80”, admitindo que o processo de fazer “o vestido definitivo da princesa” foi “stressante”.

Enquanto alguns consideram o vestido requintado, outros acham difícil esquecer o quão “amarrotado” a criação parecia quando a princesa saiu da carruagem que a transportou até à Catedral de São Paulo.

O momento, recorda o The Washington Post, surpreendeu muitos telespectadores que assistiam ao casamento em direto – incluindo os designers que desde então têm dito à imprensa britânica que ficaram “horrorizados” quando viram como o vestido tinha se tornado enrugado durante o percurso até à catedral.

“Na verdade, me senti tonto”, lembrou Emanuel, acrescentando que um ensaio geral havia ocorrido antes do grande dia, mas que um material diferente e menos delicado havia sido usado.

Para além da exibição do vestido, os 60 anos da “princesa do povo” vão ainda ser assinalados com uma estátua encomendada pelos seus filhos que será inaugurada no Palácio de Kensington a 1 de julho.

A imprensa internacional indica que nesta altura os príncipes deverão reunir-se para recordar a mãe, apesar de o último ano ter atribulado as relações entre os dois irmãos.

De recordar que durante uma entrevista de duas horas com Oprah Winfrey, Harry e Meghan Markle surpreenderam os espectadores com inúmeras alegações sobre as suas vidas como membros da realeza, o que acabou por criar uma barreira entre os duques de Sussex e a restante família.

Os príncipes não são vistos juntos em público desde o funeral, em abril, do seu avô, o príncipe Filipe, marido da rainha Elizabeth II.

Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunal europeu condena Portugal a indemnizar recluso por falta de internamento psiquiátrico

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 14 mil euros a um recluso por ter cumprido pena de prisão sem internamento psiquiátrico a que tinha sido condenado. A …

França acaba com máscara no exterior (e Espanha vai pelo mesmo caminho)

Em França, o uso de máscara na rua deixa de ser obrigatório a partir de quinta-feira. Espanha deverá seguir o mesmo caminho "em breve". O uso de máscara no exterior deixa de ser obrigatório em França …

Swissport em Lisboa para tentar comprar a Groundforce

O acionista maioritário da Groundforce, que está a tentar vender a sua participação na empresa de handling, encontra-se agora a negociar com os suíços da Swissport. Depois de o fundo espanhol Atitlan se ter afastado e …

BdP prevê taxa de desemprego de 7,2% e crescimento económico de 4,8%

O Banco de Portugal (BdP) prevê que a taxa de desemprego atinja 7,2% em 2021, recuando para 7,1% em 2022 e 6,8% em 2023, e que o emprego cresça 1,3% este ano. No Boletim Económico de …

Finlândia 0-1 Rússia | Miranchuk recoloca russos na corrida

A anfitriã Rússia conseguiu hoje uma determinante vitória na luta pelo apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater a Finlândia por 1-0, em São Petersburgo. No primeiro jogo da segunda jornada …

Nove militares da GNR acusados de tortura

O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR dos crimes de tortura e outros tratamentos cruéis, degradantes ou desumanos e sequestro agravado. O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR, …

Costa garante que Lisboa terá o mesmo tratamento que os outros concelhos

Esta quarta-feira, num dia em que Portugal registou 1.350 novos casos ( 928 dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo), o primeiro-ministro afirmou que a capital terá o mesmo tratamento que os …

Salgado disposto a pagar à massa falida do GES para ficar isento de cumprir pena

Ricardo Salgado está disposto a pagar à massa falida do GES para ser dispensado de cumprir pena no processo que o irá julgar por três crimes de abuso de confiança, segundo a contestação da defesa …

PJ detém 12 pessoas por suspeitas de corrupção na Câmara de Loures

Entre os detidos pela Polícia Judiciária (PJ) estão dois empreiteiros, um arquiteto, um empresário ligado a uma obra particular e oito fiscais. Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de inquérito dirigido …

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …