Vereadores do PSD acusam presidente da Câmara de Leiria de utilizar dinheiros públicos para “ato de eleitoralismo”

Os vereadores do PSD acusaram esta terça-feira o presidente da Câmara de Leiria de utilizar “dinheiros públicos” para um “ato de eleitoralismo”, numa referência crítica à Abertura do Novo Ano Municipal.

Os vereadores Ana Silveira, Álvaro Madureira e Fernando Costa, numa nota de imprensa, adiantam que, “a propósito da Abertura do Novo Ano Municipal”, que decorreu na sexta-feira, no Teatro Miguel Franco, assistiu-se “a um verdadeiro ato de eleitoralismo e a uma afronta ao que é ético na política”. “O que assistimos foi a um comício partidário do PS promovido pela Câmara Municipal de Leiria à custa de dinheiros públicos“, salientam os responsáveis.

Para os sociais-democratas, “a constituição de um grupo de trabalho para o desenvolvimento estratégico do concelho a médio e longo prazo, cujo líder se desconhece, é da competência da Assembleia Municipal e com o envolvimento de todos os partidos políticos que nela têm assento. Não é para o boy partidário”, acrescentam.

O PSD constatou ainda que na “gaveta” está a execução de obras como a “reabilitação da Heróis de Angola (anunciadas desde 2009, já lá vai 11 anos), construção de parques de estacionamento, a despoluição do Rio Lis ou o polémico Pavilhão Multiusos”.

Este adiamento irá, muito provavelmente, custar muito ao Município, uma vez que a reabilitação da Av. Heróis de Angola é uma obra orçada em cerca de oito milhões de euros, financiada a 85% por fundos comunitários pelo PEDU [Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano] e está em risco de perder o financiamento comunitário”, refere ainda a nota.

Os vereadores consideram também um “flop” a introdução de veículos elétricos nos transportes públicos, “uma vez que em dezembro a Câmara adjudicou à Rodoviária Tejo a prestação do serviço Mobilis”.

“Medidas avulsas, como corredores bus e aumento de ciclovias, revelam o desnorte do que é necessário para uma verdadeira reestruturação da política de Mobilidade que Leiria merece (não nos podemos esquecer que a aprovação do Plano de Mobilidade não está no horizonte)”.

Considerando que existe um “divórcio do que estava no programa eleitoral do anterior presidente Raul Castro”, os autarcas reconhecem, contudo, que as prioridades apresentadas em matéria de saúde, reabilitação urbana e educação “são pertinentes, já que são dos pontos mais graves do concelho, por inércia da Câmara, e que há muito o PSD tem vindo a reclamar a atenção do município para estas matérias”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Diz o roto ao nu porque não te vestes tu, o PPD a acusar os outros de utilizarem dinheiro da Câmara para a campanha eleitoral, como se todos os partidos nas Câmaras não fizessem o mesmo até usam as viaturas das Câmaras para as campanhas colocam placares do partido a tapar o símbolo da Câmara e isto não se passa só nas campanhas Autárquicas passa-se em todas as campanhas, porque é que estes pulhiticos antes de falarem não olham ao que vai nas suas casas? Não convém pensam que os cidadãos andamos todos a dormir, só é estranho só agora falarem nisso porque não falaram antes? Sabiam que depois lhes iam descobrir os podres iguais aos que eles acusam. N.T até lhes podia dar nomes de Câmaras que o fizeram até esta última campanha eleitoral.

RESPONDER

Propinas serão ajustadas se as instituições não garantirem ensino à distância

O pagamento de propinas no ensino superior será ajustado caso as instituições não consigam garantir o ensino à distância durante o período de contenção de covid-19, segundo um projeto-lei do PAN aprovado no Parlamento. “O valor …

Operação "Páscoa em Casa" já arrancou. Até segunda-feira, não pode sair do seu concelho de residência

Circulação proibida fora do concelho de residência e aeroportos encerrados. Arrancou à meia-noite desta quinta-feira a aplicação das medidas decretadas pelo Governo para o período pascal - 9 a 13 de abril -, visando reduzir …

Encontrado no fundo do mar um organismo "sobrenatural" tão grande como um prédio de 11 andares

Uma equipa de investigadores capturaram imagens de um organismo "sobrenatural" nas águas da costa da Austrália Ocidental. Uma equipa a bordo de RV Falkor, o navio de investigação principal do Schmidt Ocean Institute, localizou o organismo, …

Há 1.400 anos, uma estranha luz vermelha apareceu no Japão (e já sabemos o que era)

O registo mais antigo de um fenómeno astronómico observado no Japão deixou uma marca importante na história japonesa e na literatura clássica. O fenómeno data de 30 de dezembro de 620 e há séculos que …

Cientistas convertem água em combustível solar

Uma equipa de investigadores britânicos usou uma metodologia única que permite transformar água em combustível solar, que pode ser uma solução para energia renovável. Esta metodologia única utilizada por uma equipa de cientistas da Universidade de …

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …