Maduro nega crise migratória e diz que os venezuelanos emigram com algibeiras cheias

Hugoshi / wikimedia

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, insistiu esta quinta-feira que o seu Governo está a ser alvo de uma campanha internacional enganadora que tem como propósito justificar uma intervenção militar e política do seu país.

De acordo com Nicolás Maduro, há venezuelanos que se deixam seduzir por essa campanha e abandonam o país devido à crise económica, mas que emigram com as algibeiras “cheias de dólares”.

“Alguns regressaram da escravidão [estrangeiro]. A grande maioria dos que regressaram foram enganados, eu diria, 100%, com pacotes falsos”, disse.

Nicolás Maduro falava durante o encerramento do III Congresso do Partido Socialista Unido da Venezuela – PSUV, o partido do Governo -, que teve lugar na Praça Bicentenário do palácio presidencial de Miraflores, em Caracas.

“Uma característica da emigração venezuelana é que sai do país com a algibeira cheia de dólares. O mínimo que levam são cinco mil dólares, isso é dinheirinho. Vendem uma moto, vendem um carro e alguns até venderam o apartamento”, sustentou.

Segundo Nicolás Maduro, há uma “estúpida campanha” contra o seu país, nas redes sociais, que procura “impor uma crise humanitária de migração”, para justificar uma intervenção contra a Venezuela, pela via militar e política”.

O primeiro mandatário da Venezuela diz que, por detrás dessa campanha, está o Governo da vizinha Colômbia e acusou a oligarquia colombiana de “pretender explorar a comunidade internacional, pedindo milhares de milhões de dólares, roubá-los com a desculpa da migração venezuelana”.

Nicolás Maduro anunciou que o ministro venezuelano de Comunicação e Informação, Jorge Rodríguez, dirigirá uma comissão que acudirá a instâncias internacionais para exigir uma indemnização à Colômbia pelos mais de cinco milhões de colombianos que se encontram na Venezuela, usufruindo de vários benefícios sociais.

Nicolás Maduro disse ainda que a 1 de outubro iniciará uma nova etapa da cripto moeda venezuelana Petro, que permitirá elevá-la a “uma potência a nível mundial” e que permitirá à população adquirir planos de poupança naquela moeda virtual.

“A Venezuela tem demonstrado ter tido sucesso no social, com a criação das missões sociais (programas governamentais de apoio à população carenciada). Somos campeões mundiais em política nacional e internacional, e agora faz-nos falta conquistar o campeonato mundial do equilibro económico”, disse.

De acordo com a ONU, pelo menos 2,3 milhões de venezuelanos estão radicados no estrangeiro, incluindo 1,6 milhões que emigraram desde 2015, devido ao agravamento da escassez de alimentos, medicamentos e aos altos preços dos produtos na Venezuela, tendo em conta os baixos salários.

Países como o Brasil, a Colômbia, o Chile, o Panamá, a Argentina e o Equador são os principais destinos dos venezuelanos que emigraram para países da América do Sul.

Nicolás Maduro continua a rejeitar a existência de um êxodo causado pela crise no país, afirmando tratar-se de “uma campanha mundial para justificar uma política de intervenção”.

Por tudo isto, o Presidente da Venezuela ordenou a criação de uma ponte aérea para trazer os cidadãos que pretendam regressar a casa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Ahahahaaaa!…
    Este louco fez-me lembrar o ministro do Saddam que dizia que as tropas americanas nunca chegariam à capital do Iraque, quando eles já lá estavam!!
    Este Maduro (podre!!) está mesmo maluco de todo!…
    Engraçado que ele fala em dólares, quando a moeda oficial é o bolivar (claro que para ele e para os seus, a moeda “oficial” é o dólar – daí a confusão)!

  2. Incrível como um louco desta natureza consegue estar à frente de um país! Há de facto vários ditadores de esquerda e direita que à base da força se vão mantendo, mas este a levar o país dia após dia à miséria e o povo a morrer de fome, nem ele reconhece o mal que está a fazer nem o povo se consegue revoltar de maneira a limpá-lo de vez.

RESPONDER

"Os números falam por si". Fauci critica reação dos Estados Unidos à pandemia e politização das máscaras

O principal epidemiologista norte-americano, Anthony Fauci, criticou a política errática do Governo do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em relação à covid-19, e lamentou o escasso uso de máscaras devido a motivações políticas. Durante uma …

Turistas podem circular entre concelhos apesar das restrições

Apenas os turistas estão autorizados a circular entre concelhos, apesar das restrições que vigoram entre 30 de outubro e 3 de novembro, indicou a AHRESP, citando um esclarecimento do Executivo. Segundo o esclarecimento enviado pelo gabinete …

É preciso esforço grande agora para salvar o Natal, alerta Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse esta quarta-feira ser necessário “um esforço muito grande” para travar a propagação do coronavírus ” para salvar o Natal” das famílias dos cerca de 5 milhões …

"É uma treta". Ronaldo publica (e depois apaga) crítica a teste à covid-19

O futebolista Cristiano Ronaldo, capitão da seleção portuguesa, modificou a publicação efetuada esta quinta-feira no Instagram, tendo retirado a frase “PCR é uma treta”, em referência ao teste de despiste à presença do novo coronavírus. Um …

PSD confiante em geringonça, mas Ventura lembra que não tem "duas caras". Carlos César quer PS no poder

Com a solução governativa dos Açores em aberto, André Ventura já disse que está fora de questão integrar uma geringonça com "partidos do sistema", mas admite viabilizar um Governo do PSD na região com algumas …

Lage rasga elogios a João Félix. "Vai ser uma das referências do futebol europeu e mundial"

O antigo técnico do Benfica Bruno Lage teceu rasgados elogios ao internacional português João Félix, que esta terça-feira somou dois golos e fez uma boa exibição no jogo do Atlético de Madrid frente ao RB …

"Sentimo-nos em Itália". Médicos do Tâmega e Sousa contradizem hospital e reiteram situação de rutura

Médicos do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa (CHTS) ouvidos pelo semanário Expresso reiteram que os hospitais que integram o centro, o de Penafiel e o de Amarante, se encontram perto da rutura, contradizendo a …

Vieira reeleito em votação histórica para o sexto (e último) mandato

O presidente do Benfica esta quarta-feira eleito para um sexto mandato, manifestou "orgulho" por vencer o ato eleitoral mais concorrido da história do clube e apelou a que os benfiquistas "respeitem os resultados" do escrutínio. "Vencer …

Bélgica anuncia confinamento parcial. Ministro visita hospital e mostra-se "chocado" com o que viu

O chefe do governo federal na Bélgica anunciou ontem novas medidas de confinamento que entraram em vigor à meia-noite em todo o território. Em causa está uma crescente preocupação com o aumento de infetados que, …

O caso mais antigo de osteopetrose foi descoberto no esqueleto de um homem da Idade do Ferro

Uma equipa de cientistas alemães descobriu o caso mais antigo conhecido de osteopetrose, ou doença dos "ossos da pedra", nos restos mortais de um homem de 20 anos da Idade do Ferro. A osteopetrose é uma …