Venezuelanos acordam com menos zeros nas suas contas e o país paralisado

Os venezuelanos acordaram hoje com menos zeros nas suas contas bancárias devido à reconversão monetária que se iniciou esta segunda-feira por ordem do Governo, que também decretou o dia como não laboral, razão pela qual as ruas e avenidas estão desoladas e a maioria das lojas fechadas.

A simplificação financeira, que tirou cinco zeros ao bolívar, é uma das medidas do Governo de Nicolás Maduro emoldurada num plano de “recuperação e expansão económica” com o qual o Executivo procura sair da crise.

Junto a isso, hoje começa a circular uma nova família de bilhetes sob o nome de bolívar soberano e com denominações mais ajustadas à inflação nacional que, segundo estimativas do Fundo Monetário Internacional, irá fechar o ano em 1.000.000%.

No entanto, os balcões das entidades financeiras não trabalham esta segunda-feira, o que  dificulta o início da circulação desta nova variação da moeda.

Os bancos privados e públicos reiniciaram os seus sistemas na noite de domingo, quando começou um ‘blackout’ financeiro, e foram reativando as suas plataformas esta manhã, alguns com mais rapidez e solvência que outros.

Embora Maduro tenha apelado a que não subam os preços, estes começaram a disparar desde sexta-feira, quando decretou que o salário mínimo vai multiplicar-se por 35 a partir de 1 de setembro.

Produtos como a gasolina, cujo preço é tão baixo que encher um tanque médio é 700 vezes mais barato que na vizinha Colômbia, experimentaram um aumento esta segunda-feira, pois as notas usadas para pagar estes combustíveis são de circulação ilegal a partir de hoje.

A Efe conseguiu constatar que duas bombas de gasolina do centro de Caracas cobram até 10 vezes mais que na sexta-feira por encher os depósitos de carros e motos, um preço que continua a ser quase de graça devido ao subsídio estatal a estes produtos, algo que o Governo também planeia limitar em setembro.

Espera-se que o Banco Central (BCV) e os ministros económicos ofereçam informação ao longo do dia, quando entrarão em vigor outras decisões como o uso do petro, a criptomoeda governamental, como unidade da estatal petrolífera PDVSA.

Além disso, o chefe de Estado prometeu unificar o mercado de câmbio, que é controlado pelo Estado, onde se estima que o preço do dólar poderá aumentar esta semana em 2.311%, o que significaria uma desvalorização de 95,8%.

EFE // EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Portugal tem uma natalidade negativa e precisa de imigração para equilibrar o nível populacional.
    Aqui está uma oportunidade. Portugal deveria incentivar estes venezuelanos com ligações familiares a portugueses, a virem para Portugal.
    O governo deveria dar-lhes as mesmas oportunidades de integração que tem vindo a dar aos problemáticos islâmicos, com a vantagem de uma mais fácil integração de pessoas habituadas a trabalhar e a não dependerem tanto da segurança social.
    Não deveriam também ser esquecidos os 2 milhões de portugueses a viver abaixo do nível de pobreza !
    Numa palavra e como alguém gosta de dizer : PORTUGAL PRIMEIRO !!

RESPONDER

Aposta no Parlamento. 10% dos deputados são candidatos às autárquicas

De acordo com as contas do semanário Expresso, 23 deputados da Assembleia da República, ou seja, 10% dos 230 que compõem o hemiciclo, são candidatos às eleições autárquicas do outono. Na quinta-feira, foi aprovado na generalidade …

Relógio japonês parado pelo terramoto de 2011 volta a funcionar novamente (graças a outro sismo)

Um relógio japonês com 100 anos de idade que deixou de funcionar depois do devastador terramoto de 2011 voltou a trabalhar após um novo sismo este ano. De acordo com o jornal Maunichi Shumbun, o relógio, …

Ventura tem "receio" que partido seja ilegalizado

Este domingo, o Chega vai organizar uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura admitiu ter um "receio muito significativo". O Observador avança que a manifestação tem início no Príncipe Real, passa pelo Tribunal Constitucional …

Três mortos e 441 novos casos em Portugal

Este domingo, Portugal regista mais três mortes e 441 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Autoridades brasileiras ilibam João Loureiro

João Loureiro já não é suspeito no processo que envolve a apreensão de um avião com 500 quilos de cocaína, segundo as autoridades brasileiras. As autoridades brasileiras descartaram, este sábado, qualquer ligação do advogado português João …

No Canadá, há dois rios que se encontram (mas não se misturam)

Em Nunavut, no Canadá, há dois rios que se encontram, mas não perdem a sua aparência individual enquanto se movem sinuosamente pela tundra. O Back River flui para o norte em direção ao Oceano Ártico. Ao …

Russos acusados de explosão na República Checa são suspeitos de envenenar Skripal

Os dois suspeitos russos, envolvidos na explosão que matou duas pessoas em 2014 na República Checa, têm os mesmos passaportes que os dois homens acusados de envenenar, com o agente nervoso novichok, o espião Sergei …

Numa cidade na Nova Zelândia, a Páscoa resume-se a exterminar coelhos

Em Alexandra, na região de Otago, os coelhos são considerados pragas, uma espécie que ameaça a biodiversidade do país e a agricultura. Elle Hunt, correspondente do The Guardian em Auckland, na Nova Zelândia, escreveu um artigo …

Reavaliação de barragens da EDP ficou por fazer, depois de Governo ter recuado na decisão

No início do ano passado, o ministério do Ambiente considerou ser necessário reavaliar as barragens da EDP, mas a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Parpública disseram não ter competências para fazer a avaliação …