/

“Assunto encerrado”. Vencedor da Eurovisão testou negativo para uso de drogas

1

Robin Van Lonkhuijsen / EPA

Grande final da Eurovisão 2021

A União Europeia de Radiodifusão (EBU) anunciou, esta segunda-feira, que o vocalista da banda italiana Måneskin testou negativo para o uso de drogas.

“Na sequência de alegações sobre o uso de drogas na Green Room da final do Festival Eurovisão da Canção, no sábado, a EBU, a pedido da delegação italiana, levou a cabo uma revisão completa dos factos, incluindo o visionamento de todas as imagens disponíveis”, refere a União Europeia de Radiodifusão, num comunicado divulgado no site oficial do concurso.

“O vocalista da banda Måneskin realizou, voluntariamente, hoje de manhã, um teste de despistagem de drogas, cujo resultado foi negativo”, refere ainda a EBU na mesma nota, reafirmando: “Não houve uso de drogas na Green Room e consideramos o assunto encerrado”.

“Preocupa-nos que especulações incorretas, que levaram a notícias falsas, tenham ofuscado o espírito e o resultado do concurso e tenham ainda injustamente afetado a banda”, diz ainda a organização do festival.

“Queremos congratular mais uma vez os Måneskin e desejar-lhes muito sucesso. Estamos ansiosos por trabalhar com o nosso membro Rai na produção de um espetacular Festival Eurovisão da Canção em Itália no próximo ano”, conclui o comunicado.

No sábado à noite, após a final do 65.º Festival Eurovisão da Canção, no qual Itália se sagrou vencedora, começou a circular na Internet um vídeo no qual se vê o vocalista Damiano David a inclinar-se sobre o tampo de uma mesa, na qual parece tocar com o nariz, num movimento que parecia de consumo de drogas.

O comportamento do músico foi assinalado como suspeito e levou a EBU a emitir um comunicado no domingo, no qual dava conta que a banda tinha rejeitado “veementemente as alegações de uso de drogas” e que Damiano David seria submetido a testes quando regressasse a Roma.

No sábado, questionado sobre o incidente numa conferência de imprensa depois da vitória, o músico italiano explicou que se inclinou sobre a mesa porque o guitarrista da banda, Rhomas Raggi, tinha acabado de partir um copo de vidro.

Não uso drogas, por favor. Não digam isso, a sério. Nada de cocaína. Por favor, não digam isso”, afirmou o músico.

  ZAP // Lusa

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.