Comissária europeia diz que variante Delta “diminui” proteção da vacina

Rungroj Yongrit / EPA

A comissária europeia para a Saúde disse esta terça-feira que estão a surgir provas que demonstram que a variante Delta do coronavírus SARS-CoV-2 “diminui a força do escudo protetor” criado pelas vacinas, instando à aceleração da vacinação completa da população.

“Têm surgido provas de que as variantes – nomeadamente a variante Delta – diminuem a força do escudo protetor fornecido pelas vacinas, especialmente quando a vacinação ainda não é completa. É, portanto, crucial que o maior número possível de cidadãos seja vacinado contra a covid-19, e que seja totalmente vacinado o mais rapidamente possível”, disse Stella Kyriakides.

A comissária com a pasta da Saúde falava em conferência de imprensa após o Conselho de Emprego, Política Social, Saúde e Consumidores (EPSCO), que se reuniu esta terça-feira no Luxemburgo e que foi presidido pela ministra da Saúde portuguesa, Marta Temido.

Avançando que, até ao momento, mais de 55% dos adultos europeus já receberam a primeira dose de vacina e que mais de 32% foram totalmente vacinados, Kyriakides indicou que a “vacinação está em constante aumento” na União Europeia, com 25 milhões de doses da vacina a serem administradas semanalmente.

“Agora, podemos ver claramente os efeitos desta campanha de vacinação maciça: o número de casos de covid-19 tem estado constantemente a diminuir nas últimas nove semanas. As vacinas funcionam, as vacinas protegem, as vacinas empurram o número de infecções para baixo”, afirmou a comissária.

Considerando que a vacinação é a “arma mais importante contra a covid-19 nas diferentes formas e feitios que está a tomar”, Stella Kyriakides destacou que há “variantes mais contagiosas que estão a espalhar-se”.

É uma ameaça que estamos a levar a sério: é particularmente perigosa para os cidadãos que ainda não foram vacinados, mas também para aqueles que ainda não estão completamente vacinados”, sublinhou.

Reiterando assim uma mensagem que já tinha comunicado aos ministros durante o Conselho desta terça-feira, Kyriakides referiu que o actual ritmo de vacinação é uma “grande conquista” e permite estar “mais optimista sobre o futuro”, mas alertou para a “complacência”. “Vacinem, vacinem, vacinem: esta é a minha mensagem esta terça-feira”, instou Kyriakides.

Na que foi a última reunião dos ministros da Saúde da UE durante a presidência portuguesa do Conselho da UE, Stella Kyriakides aproveitou ainda para agradecer a Marta Temido pelo “trabalho muito importante” desenvolvido por Portugal durante o seu semestre europeu.

“Quero agradecer a toda a equipa portuguesa pelo seu trabalho impressionante, pela sua cooperação muito frutífera durante a resposta à pandemia”, frisou a comissária.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A primeira banda de rock de Gaza quer dar voz à dor causada pela guerra

A primeira banda de rock formada em Gaza, na Palestina, quer dar voz à dor causada pelo conflito com Israel. Um contabilista, dois advogados, um agrónomo e um funcionário humanitário suíço. Segundo a agência Reuters, são …

"Fiquei infetado mas não preciso da vacina": atleta olímpico explica a sua postura

Bryson DeChambeau iria participar nos Jogos Olímpicos mas um teste positivo à covid-19 afastou-o de Tóquio. Mesmo assim, recusa tomar a vacina e explica porquê. Bryson DeChambeau iria representar os EUA nos Jogos Olímpicos de Tóquio, …

Hologramas "teleportam" competição olímpica de badminton

Uma empresa japonesa recorreu a tecnologia holográfica para transmitir os jogos de badminton disputados nos Jogos Olímpicos. As partidas foram "teleportadas" para um espaço a 35 quilómetros de onde estavam a decorrer, em tempo real. "Esta …

Aumentam os rumores sobre o estado de saúde de Kim Jong-un

Os rumores sobre o estado de saúde de Kim Jong-un estão de volta, depois de o líder norte-coreano ter aparecido em público com uma mancha escura na parte de trás da cabeça e, posteriormente, com …

Alemão de 84 anos multado por possuir arsenal de armas da Segunda Guerra Mundial

Na terça-feira, um tribunal alemão condenou um homem de 84 anos por porte ilegal de armas. O idoso possuía um arsenal pessoal que incluía um tanque, um canhão antiaéreo e vários outros itens de equipamento …

Nicarágua. Ex-rainha de beleza detida (e libertada) após candidatar-se às eleições

As autoridades de Nicarágua detiveram na quarta-feira, libertando de seguida, a ex-rainha de beleza Berenice Quezada, dois dias após esta se ter registado como candidata nas eleições de 7 de novembro. Segundo a coligação Citizens for …

DGS autoriza competições da FPF com 33% de público

Os jogos das competições organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) podem ter uma ocupação de 33% dos recintos desportivos, segundo um parecer técnico da Direção-Geral da Saúde (DGS) a que a agência Lusa teve …

Novas "caixas" transformam eletricidade e areia em painéis solares

A Terrabox é uma espécie "fábrica de células solares" que só necessita de areia e eletricidade. Se for um sucesso, a tecnologia vai à Lua e a Marte. A Maana Electric, uma empresa sediada no Luxemburgo, …

Tribunal europeu autoriza hospital britânico a retirar o suporte de vida a bebé. Pais recusam

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos rejeitou um recurso da família de Alta Fixsler, uma bebé de dois anos, que não come ou respira sozinha, autorizando o Manchester University NHS Foundation Trust a retirar-lhe o …

Equipa com astrónomos portugueses descobre planetas que podem ter água

Uma equipa internacional de astrónomos, incluindo portugueses, descobriu um sistema de planetas fora do Sistema Solar que podem ter água à superfície, no interior ou na atmosfera, divulgou esta quinta-feira o Observatório Europeu do Sul …