Vai poder levantar dinheiro no Multibanco sem cartão a partir de 2017

Os cartões multibanco podem ter os dias contados, já que a partir do primeiro trimestre de 2017 será possível levantar dinheiro nas caixas automáticas sem cartão, uma “revolução” para ir ao encontro da “nova geração da economia digital”.

Em declarações à agência Lusa, a diretora de marca da SIBS, Maria Antónia Saldanha, explicou que para usufruir desta funcionalidade será necessário descarregar a aplicação MB WAY, associar um cartão multibanco, selecionar a tecla de levantamento e colocar o pin de segurança. É depois gerado um código de 12 dígitos que será utilizado para o levantamento de dinheiro numa das 12.500 caixas multibanco existentes no país.

“A partir do primeiro trimestre de 2017 vamos ter o serviço disponível em qualquer multibanco”, disse a responsável da entidade que gere a rede multibanco, considerando a nova funcionalidade “muito simples”.

A ideia dos levantamentos sem cartão já estava pensada há muito tempo na SIBS, mas acabou por ser implementada primeiro na Polónia, em 2015, porque o mercado ditava essa necessidade.

“Em Portugal ainda não se tinha sentido uma real necessidade do serviço porque os portugueses estão acostumados a ter um multibanco em cada esquina e andam sempre com o cartão. Agora que os portugueses puseram multibanco no telemóvel é óbvio que querem continuar a fazer levantamentos, mas já sem cartão“, explicou.

Depois do MB Net, que permite fazer compras online, a SIBS considera que esta é “mais uma revolução” que vai ao encontro daquilo que é “a nova geração da economia digital”, até porque os portugueses “adoram e adotam muito rapidamente” as novas tecnologias.

“Como estamos continuamente a introduzir novos serviços no multibanco, os portugueses já estão acostumados a fazer coisas que não fazem em mais lado nenhum do mundo, como por exemplo tirar licenças de caça ou de pesca no multibanco”, exemplificou.

Durante a Web Summit, a decorrer em Lisboa até quinta-feira, a SIBS lançou a rede ATM Express, o “irmão” do multibanco, de cor laranja e destinado aos cidadãos estrangeiros.

“Um estrangeiro que se dirija a um multibanco tem uma série de operações que não precisa. Simplificámos o serviço que ele quer mais, que é levantar dinheiro. Nem lhe pergunto se quer fazer um levantamento. Só lhe pergunto quanto quer levantar”, explicou, estimando que até ao final do ano sejam instaladas 25 destas máquinas.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia, inovação e empreendedorismo que decorrerá até quinta-feira, onde são aguardados mais de 50 mil participantes, de mais de 165 países, incluindo mais de 20 mil empresas, sete mil presidentes executivos e 700 investidores.

Entre os oradores estarão os fundadores e presidentes executivos das maiores empresas de tecnologia, bem como importantes personalidades das áreas de desporto, moda e música.

/Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Não me parece ser grande revolução, bem pelo contrário:

    – Se só funciona se for associado a um cartão multibanco então continuarei a precisar de um cartão multibanco… Ora bolas!

    – Continuar a precisar de um cartão multibanco significa que também ainda não é desta que me livro de pagar a respectiva anuidadezinha ao banco… Já era tempo!

    – Será preciso também instalar uma aplicação o que supõe a necessidade de um espertofone… Será este aparelho mais esperto do que eu?!

    – Lá será o velhinho e fiel burrofone atirado para os fundos duma gaveta e relegado ao esquecimento. Cruel destino, velho amigo!

    – E, que nem a cereja no topo do bolo, ainda terei de decorar um código de 12 dígitos… DOZE DÍGITOS, minha nossa!

    – Que farei eu se já nem números de telefone (com 9 dígitos) decoro?

    – Lá terei de escrever o dito código num papelzinho e colocá-lo na carteira…

    – Tantos carteiristas que há por aí sempre tão atentos ao conteúdo das carteiras! E se me a roubam?

    – Hmmm…

    Diz-me o bom senso que, antes que num passe de dedos aqui o Simplório fique sem carteira, sem código e sem o rico dinheirinho no banco, o melhor mesmo é largar o espertofone, resgatar o velhinho e fiel burrofone da sombria gaveta e continuar a introduzir o cartãozinho na ranhurazinha para logo de seguida martelar nas teclas o respectivo códigozinho de 4 dígitos que este ainda é fácil de decorar! E se o carteirista entrar em acção o prejuízo sempre é menor já que leva o cartão mas não o códigozinho.

    • Fica em falta referir a dúbia segurança dos sistemas pois quem garante a segurança do mesmo.
      Se um pirata informático aceder ao smartphone como se garante que esta informação não pode ser copiada, replicada e usada até esgotar o magro saldo da conta ou atingir o limite diário. E depois em caso de roubo de informação como salvaguardamos ou seguramos os bens roubados ???
      Vale a pena pensar nisto…

  2. Antes de lançar este tipo de métodos deveriam analisar à população e situações caricatas que podem acontecer. 1- uma população cada vez mais envelhecida com dificuldade em usar um smarphone.
    2- Pessoas que não querem estar dependentes todo o dia do telemóvel
    3- O telemóvel pode ficar sem bateria (Ora bolas!), cair ao chão e lá tenho que ir a correr a comprar um outro com….? Desculpe, não tenho dinheiro pois estou sem telemóvel.
    Concordando com outros comentários: Piratearia, memorizar 12 dígitos!,…
    Muita tecnologia mas as pessoas é que contam. Que maravilha ser atendido por alguém! Estou farta de ter que fazer todo: meu trabalho, encher o depósito de combustível, passar a compra pela máquina e meter na saca, rever as faturas no Ecoselá, andar todo o dia com os fios nas costas, para o computador, para o telemóvel, para ….

  3. Lá vamos nós,(tal como rebanho de ovelhas amestradas,”cantando e rindo” no caminho de transformação para autómatos pensantes-?-)

RESPONDER

Juventude Popular suspende congresso do próximo fim de semana

O XXIV Congresso da Juventude Popular, agendado para sábado e domingo, em Braga, foi suspenso e será reagendado 15 dias depois do levantamento do estado de emergência, decidiram esta terça-feira os órgãos da estrutura que …

Novo líder do Aliança reúne-se com Rui Rio (com autárquicas em cima da mesa)

Paulo Bento, recém-eleito presidente do Aliança, e Rui Rio, líder do PSD, vão encontrar-se esta quarta-feira. Em cima da mesa vão estar as eleições autárquicas do próximo ano. De acordo com o Público, o encontro destina-se …

Mais de 60% dos portugueses deixaram de ir a restaurantes. Só 33% considera que o Estado prioriza a saúde

A nível nacional, 63% dos portugueses que continuaram a ir a espaços de restauração indicaram o convívio familiar com principal motivo da deslocação. A nível dos cuidados de saúde apenas 33% dos portugueses consideram que …

Santa Casa contratou Paulo Pedroso como consultor por 3700 euros

O ex-ministro socialista Paulo Pedroso, actual director da campanha presidencial de Ana Gomes, foi contratado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) em Setembro passado, com um ordenado de 3700 euros e efeitos retroactivos …

Covid-19. Médicos devem dar prioridade a quem pode recuperar vida normal e não à idade

Os doentes que podem recuperar para uma vida normal devem ter prioridade face aos que têm baixa probabilidade de recuperação e a idade não pode por si só ser critério, recomenda um parecer do Colégio …

"Há doentes a ficar para trás". Ex-ministro da Saúde diz que mortes por falta de cuidados são inaceitáveis

O ex-ministro da Saúde Adalberto Campos Fernandes afirmou esta terça-feira que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) está a ser exposto a um teste de stresse devido à pandemia e que não é aceitável que …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar a médica que divulgou receita para enganar testes à covid-19

Depois de médica divulgar receita para os possíveis infetados testarem negativo à covid-19, a Ordem dos Médicos abriu o terceiro processo contra membros do movimento que contesta o uso de máscaras - os "Médicos pela …

Aprovado alargamento das taxas agravadas do IMI e IMT para empresas em offshores

As empresas localizadas em offshore que criem um veículo para deter imóveis em Portugal vão passar a estar sujeitas a taxas agravadas de IMI e de IMT, segundo uma proposta aprovada pelo Parlamento nesta terça-feira. A …

Processo de contratação pública "é um terror" que "torna um inferno" o trabalho do Estado

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, afirmou esta terça-feira que "o processo de contratação pública é um terror" que "torna num inferno" o trabalho do Estado e das empresas que fazem investimento público. "O processo …

"Não fui eu que o fiz". Nélio Lucas não se lembra de detalhes dos negócios com o FC Porto

O ex-presidente da Doyen, Nélio Lucas, disse esta terça-feira em tribunal, no âmbito do julgamento do caso Football Leaks, que não se recorda das circunstâncias e detalhes dos empréstimos que o fundo fez à SAD …