Vai poder levantar dinheiro no Multibanco sem cartão a partir de 2017

Os cartões multibanco podem ter os dias contados, já que a partir do primeiro trimestre de 2017 será possível levantar dinheiro nas caixas automáticas sem cartão, uma “revolução” para ir ao encontro da “nova geração da economia digital”.

Em declarações à agência Lusa, a diretora de marca da SIBS, Maria Antónia Saldanha, explicou que para usufruir desta funcionalidade será necessário descarregar a aplicação MB WAY, associar um cartão multibanco, selecionar a tecla de levantamento e colocar o pin de segurança. É depois gerado um código de 12 dígitos que será utilizado para o levantamento de dinheiro numa das 12.500 caixas multibanco existentes no país.

“A partir do primeiro trimestre de 2017 vamos ter o serviço disponível em qualquer multibanco”, disse a responsável da entidade que gere a rede multibanco, considerando a nova funcionalidade “muito simples”.

A ideia dos levantamentos sem cartão já estava pensada há muito tempo na SIBS, mas acabou por ser implementada primeiro na Polónia, em 2015, porque o mercado ditava essa necessidade.

“Em Portugal ainda não se tinha sentido uma real necessidade do serviço porque os portugueses estão acostumados a ter um multibanco em cada esquina e andam sempre com o cartão. Agora que os portugueses puseram multibanco no telemóvel é óbvio que querem continuar a fazer levantamentos, mas já sem cartão“, explicou.

Depois do MB Net, que permite fazer compras online, a SIBS considera que esta é “mais uma revolução” que vai ao encontro daquilo que é “a nova geração da economia digital”, até porque os portugueses “adoram e adotam muito rapidamente” as novas tecnologias.

“Como estamos continuamente a introduzir novos serviços no multibanco, os portugueses já estão acostumados a fazer coisas que não fazem em mais lado nenhum do mundo, como por exemplo tirar licenças de caça ou de pesca no multibanco”, exemplificou.

Durante a Web Summit, a decorrer em Lisboa até quinta-feira, a SIBS lançou a rede ATM Express, o “irmão” do multibanco, de cor laranja e destinado aos cidadãos estrangeiros.

“Um estrangeiro que se dirija a um multibanco tem uma série de operações que não precisa. Simplificámos o serviço que ele quer mais, que é levantar dinheiro. Nem lhe pergunto se quer fazer um levantamento. Só lhe pergunto quanto quer levantar”, explicou, estimando que até ao final do ano sejam instaladas 25 destas máquinas.

A Web Summit é uma conferência global de tecnologia, inovação e empreendedorismo que decorrerá até quinta-feira, onde são aguardados mais de 50 mil participantes, de mais de 165 países, incluindo mais de 20 mil empresas, sete mil presidentes executivos e 700 investidores.

Entre os oradores estarão os fundadores e presidentes executivos das maiores empresas de tecnologia, bem como importantes personalidades das áreas de desporto, moda e música.

/Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Não me parece ser grande revolução, bem pelo contrário:

    – Se só funciona se for associado a um cartão multibanco então continuarei a precisar de um cartão multibanco… Ora bolas!

    – Continuar a precisar de um cartão multibanco significa que também ainda não é desta que me livro de pagar a respectiva anuidadezinha ao banco… Já era tempo!

    – Será preciso também instalar uma aplicação o que supõe a necessidade de um espertofone… Será este aparelho mais esperto do que eu?!

    – Lá será o velhinho e fiel burrofone atirado para os fundos duma gaveta e relegado ao esquecimento. Cruel destino, velho amigo!

    – E, que nem a cereja no topo do bolo, ainda terei de decorar um código de 12 dígitos… DOZE DÍGITOS, minha nossa!

    – Que farei eu se já nem números de telefone (com 9 dígitos) decoro?

    – Lá terei de escrever o dito código num papelzinho e colocá-lo na carteira…

    – Tantos carteiristas que há por aí sempre tão atentos ao conteúdo das carteiras! E se me a roubam?

    – Hmmm…

    Diz-me o bom senso que, antes que num passe de dedos aqui o Simplório fique sem carteira, sem código e sem o rico dinheirinho no banco, o melhor mesmo é largar o espertofone, resgatar o velhinho e fiel burrofone da sombria gaveta e continuar a introduzir o cartãozinho na ranhurazinha para logo de seguida martelar nas teclas o respectivo códigozinho de 4 dígitos que este ainda é fácil de decorar! E se o carteirista entrar em acção o prejuízo sempre é menor já que leva o cartão mas não o códigozinho.

    • Fica em falta referir a dúbia segurança dos sistemas pois quem garante a segurança do mesmo.
      Se um pirata informático aceder ao smartphone como se garante que esta informação não pode ser copiada, replicada e usada até esgotar o magro saldo da conta ou atingir o limite diário. E depois em caso de roubo de informação como salvaguardamos ou seguramos os bens roubados ???
      Vale a pena pensar nisto…

  2. Antes de lançar este tipo de métodos deveriam analisar à população e situações caricatas que podem acontecer. 1- uma população cada vez mais envelhecida com dificuldade em usar um smarphone.
    2- Pessoas que não querem estar dependentes todo o dia do telemóvel
    3- O telemóvel pode ficar sem bateria (Ora bolas!), cair ao chão e lá tenho que ir a correr a comprar um outro com….? Desculpe, não tenho dinheiro pois estou sem telemóvel.
    Concordando com outros comentários: Piratearia, memorizar 12 dígitos!,…
    Muita tecnologia mas as pessoas é que contam. Que maravilha ser atendido por alguém! Estou farta de ter que fazer todo: meu trabalho, encher o depósito de combustível, passar a compra pela máquina e meter na saca, rever as faturas no Ecoselá, andar todo o dia com os fios nas costas, para o computador, para o telemóvel, para ….

  3. Lá vamos nós,(tal como rebanho de ovelhas amestradas,”cantando e rindo” no caminho de transformação para autómatos pensantes-?-)

RESPONDER

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de beberem desinfetante para as mãos

Quatro pessoas morreram nos Estados Unidos depois de ingerirem desinfetante para as mãos à base de álcool, revelou um relatório do Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) do país esta quarta-feira publicado. De …

Jim Hackett deixa a Ford após três anos de liderança

Ao fim de três anos como CEO da Ford, Jim Hackett será substituído por Jim Farley. Um mandato que fica marcado por problemas financeiros, de produção e pela morte dos três volumes e utilitários. O mandato …

Covid-19: Portugal tem mais 186 casos e quatro pessoas morreram desde sexta-feira

Portugal regista hoje mais quatro mortos e 186 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sexta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o relatório da DGS sobre a situação …

Versão americana da Eurovisão chega em 2021

O Festival Eurovisão da Canção — o maior espetáculo de entretenimento televisivo do mundo — vai chegar aos Estados Unidos no final do próximo ano. A novidade foi divulgada, esta sexta-feira (7), em comunicado oficial. A …

Contratações na TVI após apoios financeiros "suscitam preocupação"

O professor universitário e ex-ministro Miguel Poiares Maduro manifestou "preocupação" relativamente às contratações na TVI, da Media Capital, grupo que beneficia do apoio do Estado, através da compra antecipada de publicidade institucional. Em entrevista à Lusa, …

Invocando Sá Carneiro, Miguel Albuquerque também defende diálogo entre PSD e Chega

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, defendeu que o PSD deve dialogar com vários partidos, incluindo o Chega de André Ventura. Depois de Rui Rio admitir em entrevista à RTP que poderá vir …

Sobe para 18 o número de mortos no acidente de avião na Índia

As autoridades indianas atualizara para 18 o número de mortes no acidente com o avião da Air India Express, que voava do Dubai para Kozhikode, no sul da Índia, e que se partiu em dois …

Luz verde para reabertura de centros de dia. DGS sugere dois metros de distância entre idosos

Os centros de dia vão poder reabrir a partir de 15 de agosto, mas de forma faseada e condicionados a uma avaliação prévia da Segurança Social e entidade de saúde local sempre que funcionem juntamente …

Vacina russa para a covid-19 preocupa cientistas. País pode estar a saltar etapas

Países de todo o mundo continuam na corrida por uma vacina contra a covid-19. A Rússia diz estar prestes a anunciar a vacina, deixando preocupada a comunidade científica, ao passo que Itália avança para os …

Bastonário dos Médicos sugere uso obrigatório de máscara na rua (e em todo o país)

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, sugere que o Governo pondere decretar o uso obrigatório de máscara no espaços exteriores de todo o país, à semelhança do que fez a Região Autónoma da …