Vacinação de crianças regista quebra significativa por causa da pandemia

O número de vacinas administradas a crianças nos centros de saúde, na semana passada, caiu abruptamente devido à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a edição desta quinta-feira do Jornal de Notícias, o receio de muitos pais em levar bebés e crianças à rua, e em especial a unidades de saúde, terá contribuído para a quebra significativa registada na semana passada.  O número de vacinas administradas caiu de 74 mil para 48 mil – uma quebra média de 8.500 por dia.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) alertou, contudo, que a vacinação até aos 12 meses é prioritária, não devendo ser adiada. “A vacinação no primeiro ano de vida é essencial. Não queremos que, além da Covid-19, surjam surtos de sarampo, tosse convulsa ou meningites”, afirmou Teresa Fernandes, coordenadora do Programa Nacional de Vacinação (PNV), da DGS, ao diário.

Em relação aos números, a responsável referiu que as comparações devem ser feitas por períodos mais longos, nomeadamente semestres, e sublinhou que estas crianças vão ser reagendadas. A decisão de emitir um comunicado a alertar os progenitores surgiu “das muitas dúvidas de profissionais de saúde e de pais” sobre o tema.

Os grupos de risco, crianças vulneráveis a quem são recomendadas vacinas específicas, e as grávidas são outra preocupação, já que não devem deixar de tomar a vacina da tosse convulsa (o mais tardar até às 32 semanas de gestação).

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Archewell. Harry e Meghan registam a sua nova marca

O príncipe Harry e Meghan Markle registaram a sua nova marca, uma fundação sem fins lucrativos chamada Archewell. De acordo com o jornal britânico The Guardian, que cita registos datados de 3 de março, a marca …

Libertação de reclusos. Esquerda ao lado do Governo garante aprovação

PSD, CDS-PP, PAN e Iniciativa Liberal manifestaram reservas ao diploma que prevê a concessão de indultos e antecipação do fim das penas para reclusos que tenham cometido crimes pouco graves. A proposta do Governo que cria …

Galp anuncia cortes de 500 milhões de euros por ano devido à pandemia

A Galp Energia decidiu cortar mais de 500 milhões de euros por ano dos seus custos operacionais e investimentos para 2020 e 2021, visando fazer face ao impacto da pandemia de Covid-19 na procura de …

Bombeiros de Beja admitem recusar transportar suspeitos e doentes

As 15 corporações de bombeiros do distrito de Beja admitem recusar transportar utentes suspeitos e doentes com covid-19 por falta de condições e apoios. As 15 corporações de bombeiros do distrito de Beja referem que, "por …

Ministra sul-africana suspensa por violar medidas de contenção

A ministra das Comunicações sul-africana, Stella Ndabeni-Abrahams, foi suspensa depois de ter sido apanhada em flagrante desobediência numa fotografia publicada no Instagram, onde é vista a almoçar com outras cinco pessoas. O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, anunciou …

Suécia já tem acordo para impor medidas restritivas (mas ainda não está convencida)

A Suécia vai recuar na sua abordagem light à covid-19 e prepara-se para aplicar medidas restritivas. Os partidos já chegaram a acordo, mas o Governo não tem planos para usar já os novos poderes. Os partidos …

Bernie Sanders desiste da candidatura à Casa Branca

Bernie Sanders desistiu da corrida à nomeação para as eleições presidenciais de 2020 nos Estados Unidos, abrindo assim o caminho para que Joe Biden venha a competir com Donald Trump. Bernie Sanders desistiu da candidatura à …

Se o turismo contrair 25%, a economia portuguesa recua 2,9%

Em Portugal, o setor do turismo tem um peso de 11,3% no PIB. Com o setor fechado, o impacto no crescimento português será significativo. Uma redução de 25% na atividade turística, quer do turismo de visitantes …

Federação Portuguesa de Futebol dá por concluídos campeonatos não profissionais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) explica que não existem condições que permitam finalizar as provas não profissionais, pelo que as dá por concluídas, sem vencedores. Os campeonatos seniores não profissionais de futebol e futsal da …

"Seus burros." Nova Jérsia decidiu revelar os nomes de quem viola o recolher obrigatório

O estado norte-americano de Nova Jérsia está a revelar os nomes de quem viola o recolher obrigatório, uma decisão que partiu do ministro da Justiça estadual, Gurbir Grewal. De acordo com o Expresso, Gurbir Grewal, ministro …