Vacina russa chama-se “Sputnik V” e foi já pedida por 20 países

Yuri Kochetkov / EPA

A vacina russa contra a covid-19, cujo registo foi esta terça-feira anunciado pelo Presidente, Vladimir Putin, chama-se “Sputnik V”, vai começar a ser fabricada em setembro e já foi encomendada por 20 países.

De acordo com fontes oficiais russas, “20 países já pré-encomendaram um milhão de doses da vacina russa”. A produção industrial vai começar em setembro e, segundo o Kremlin, passa a estar disponível em janeiro de 2021.

“Mais de um milhão de doses” já foram pré-encomendadas por “20 países estrangeiros” disse Kirill Dmitriev, presidente do conselho de administração do Russian Direct Investment, o fundo soberano russo envolvido na investigação científica e no financiamento das pesquisas.

A vacina contra o SARS CoV-2 desenvolvida pelos cientistas russos chama-se “Sputnik V” (o “V” significa “vacina”) em referência ao satélite soviético, o primeiro aparelho espacial a ser lançado para a órbita do planeta Terra, disse hoje Vladimir Putin.

O Presidente russo, Vladimir Putin, anunciou esta terça-feira que a Rússia se tornou o primeiro país do mundo a registar uma vacina contra o novo coronavírus. “Esta manhã foi registada, pela primeira vez no mundo, uma vacina contra o novo coronavírus”, disse Putin durante uma reunião com membros do governo russo.

De acordo com o chefe de Estado, a vacina russa é “eficaz” e superou todas as provas necessárias assim como permite uma “imunidade estável” face ao covid-19.

Putin acrescentou que uma das suas duas filhas já recebeu uma dose da vacina e está a sentir-se bem. “Ela participou na experiência”, disse Putin, afirmando que a filha teve um pouco de febre “e foi tudo”. O Ministério da Saúde russo afirmou que uma dupla inoculação “permite uma imunidade longa”, que poderá durar “dois anos”.

Cientistas questionam processo

No entanto, muitos cientistas no país e no estrangeiro questionaram a decisão de registar a vacina antes de os cientistas completarem a chamada Fase 3 do estudo. Essa fase por norma demora vários meses e envolve milhares de pessoas e é a única forma de se provar que a vacina experimental é segura e funciona.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recebeu com cautela a notícia de que a Rússia registou a primeira vacina do mundo contra a covid-19, sublinhando que deverá seguir os trâmites de pré-qualificação e revisão definidos.

“Acelerar o progresso não deve significar comprometer a segurança”, disse o porta-voz da OMS, Tarik Jasarevic, numa conferência de imprensa, acrescentando que a organização está em contacto com as autoridades russas e de outros países para analisar o progresso das diferentes investigações em curso relativamente de vacinas.

Dmitriev condenou os “ataques mediáticos coordenados” contra a vacina russa, que disse visarem “desacreditar e dissimular a justeza da abordagem russa”. “A segurança e a saúde das pessoas comuns” foram “tomadas como reféns por divergências políticas”, disse.

A pandemia de SARS CoV-2 já provocou mais de 733 mil mortos e infetou mais de 20 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrado o primeiro planeta que sobreviveu à morte da sua estrela

Uma equipa internacional de astrónomos relatou o que pode ser o primeiro planeta intacto encontrado a orbitar uma anã branca, as densas sobras de uma estrela semelhante ao Sol, apenas 40% maior do que Terra. O …

Os sinais de vida em Marte podem ter sido "apagados" por ácidos

Fluidos ácidos podem ter destruído há muito as evidências de vida biológica passada dentro da argila marciana - possivelmente explicando, assim, por que é tão difícil encontrar evidências de vida antiga no Planeta Vermelho. Em pouco …

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …