Uma vacina que precisamos para ajudar a controlar a pandemia já existe

A vacina contra a gripe pode desempenhar um papel fundamental no controlo da pandemia de covid-19. Os ventiladores usados nos pacientes de covid-19 são também usados nos casos mais graves de gripe.

O mundo vai-se digladiando para encontrar uma vacina contra a covid-19, com várias equipas de cientistas de todo o mundo a tentarem encontrar uma solução em tempo recorde. Esta semana, a Rússia anunciou que já produziu o primeiro lote de vacinas contra o novo coronavírus, anunciadas por Vladimir Putin, mas olhadas com ceticismo pelo resto do mundo.

Enquanto se tenta perceber a veracidade ou viabilidade desta inovação, há uma vacina que já existe e que pode ter um papel fundamental no controlo da pandemia.

A vacina contra a gripe pode ajudar a reduzir os custos da atual pandemia de covid-19, explica Libby Richards, professora da Escola de Enfermagem da Universidade de Purdue, nos Estados Unidos.

“Infelizmente, a covid-19 ainda estará a circular durante a temporada da gripe, o que torna a vacinação contra a gripe mais importante do que nunca – especialmente porque as escolas e a nossa economia continuam a reabrir”, disse Richards à Inverse.

Face às complicações causadas pela pandemia, regista-se uma “diminuição do uso de serviços preventivos de saúde, incluindo vacinas”.

Se a vacina da gripe tem uma eficácia de cerca de 60%, precisaríamos de ter cerca de 83% da população vacinada para atingir a imunidade de grupo.

“O nosso serviço de saúde já está sobrecarregado; eu acho que se ele ficar muito mais estreito, poderemos estar num ponto de rutura”, avisou Richards.

Na temporada da gripe de 2019/20, calcula-se que tenha havido entre 18 e 26 milhões de visitas médicas, entre 410 mil e 740 mil hospitalizações e entre 24 mil e 62 mil mortes.

Tomar a vacina contra a gripe pode reduzir o número de casos graves de gripe que acontecem este ano e que exigem o mesmo equipamento que é usado para combater a forma mais grave de covid-19.

“Todos nós já ouvimos as histórias da covid-19 de unidades de cuidados intensivos lotadas e de escassez de equipamentos como ventiladores. Se adicionarmos uma temporada de gripe forte, não seremos capazes de lidar com isso”, alerta a especialista.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. O pior parece estar ainda para vir, basta olharmos para os anos anteriores com os hospitais superlotados até aos corredores com pessoas engripadas e sem capacidade de resposta.

  2. Outono e Inverno vai ser uma incognita, ninguem pode prever a amplitude da gravidade. Deveria o governo, as familias e as instituicoes reunirem se frequentemete para chegarem a um amplo acordo e com muitas solucoes e deixarem se de teorias e ideias porque pessoas sao seres humanos e precisai de solucoes, respostas para proceguirem as suas vidas.

RESPONDER

Finalizada vacina da Moderna para combater variante sul-africana da covid-19

A vacina da Moderna, alterada para combater também a variante sul-africana da covid-19, está pronta e foi enviada, na quarta-feira, a vários institutos de saúde norte-americanos para o início dos testes clínicos. Como lembrou a TSF, …

Ex-agente sírio condenado na Alemanha por cumplicidade em crimes contra a Humanidade

A justiça alemã condenou, esta quarta-feira, um ex-membro dos serviços secretos sírios a quatro anos e meio de prisão por "cumplicidade em crimes contra a Humanidade" no primeiro julgamento no mundo ligado aos abusos atribuídos …

França pondera passaporte de vacinação e códigos QR para regresso à "normalidade"

O governo do Presidente francês Emmanuel Macron está a estudar formas de recuperar alguma normalidade, admitindo a implementação de passaporte de vacinação e soluções com código QR para cruzar fronteiras e ter acesso a restaurantes, …

Na Suíça, os jovens vão poder voltar a cantar. Nos EUA, teme-se o impacto da variante britânica

A Suíça vai avançar com a primeira fase de um plano de desconfinamento cauteloso. Nos Estados Unidos, a variante britânica preocupa. Depois de a Suíça ter proibido o canto em dezembro do ano passado, os jovens …

China e Singapura realizam exercícios navais conjuntos

As Marinhas de Guerra da China e Singapura informaram na quarta-feira que estão a realizar exercícios navais conjuntos, iniciativa que a diplomacia chinesa espera que contribua para uma aproximação do aliado asiático norte-americano às suas …

Austrália aprova lei e é o primeiro país a obrigar Facebook e Google a pagar conteúdos jornalísticos

O Parlamento da Austrália aprovou a lei que impõe à Google e ao Facebook o pagamento aos órgãos de comunicação australianos pela publicação dos seus conteúdos jornalísticos, a primeira legislação do mundo deste género. A lei …

Situação clínica de Alfredo Quintana é "muito grave"

Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol, de 32 anos, sofreu uma paragem cardíaca num treino, na segunda-feira. Encontra-se internado no Hospital de São João, no Porto, e a situação clínica é "muito grave". A situação clínica …

Documentos mostram que assassinos de Khashoggi usaram aviões de empresa controlada pelo príncipe herdeiro

Documentos judiciais revelam que os dois jatos particulares usados ​​pelos supostos assassinos do jornalista Jamal Khashoggi pertenciam a uma empresa que, menos de um ano antes, tinha sido apreendida pelo príncipe herdeiro da Arábia Saudita. Os …

António Guterres agradece confiança do Governo português

O secretário-geral da ONU expressou, esta quarta-feira, agradecimento e humildade por receber o apoio oficial do Governo português para um segundo mandato e prometeu fazer de tudo para continuar a ser digno da renomeação. "O secretário-geral …

Israel identifica cidadãos que não foram vacinados. Na Galiza, quem recusar vacina arrisca multa

O Parlamento israelita autorizou esta quarta-feira o Ministério da Saúde a comunicar às entidades públicas do país as identidades de pessoas não vacinadas contra a covid-19, levantando preocupações sobre a privacidade dos cidadãos que recusam …