Utentes com apneia do sono foram incluídos nas prioridades da vacina por engano

Rungroj Yongrit / EPA

Os utentes com apneia do sono foram erradamente incluídos nos grupos prioritários para vacinação contra a covid-19 em vários pontos do país. Quando o erro foi percebido, já havia pessoas vacinadas.

De acordo com o jornal digital Observador, que avança a notícia esta sexta-feira, a apneia do sono não está incluída na lista de prioridades da vacina, mas vários utentes que sofrem da doença foram erradamente incluídos na lista de prioritários, juntamente com doentes que sofrem de doença respiratória crónica e que precisam de suporte ventilatório ou oxigenoterapia de longa duração.

O plano de vacinação falava em “doença respiratória crónica sob suporte ventilatório” e houve médicos a considerar que apneia do sono estava incluída.

O erro foi detetado ainda em fevereiro, mas, nessa altura, já tinham sido vacinadas algumas pessoas e outras tinham já sido chamadas para receber a vacina.

As autoridades de saúde emitiram uma circular, explicando a exclusão desta doença dos grupos prioritários.

Em declarações ao Observador, Rui Nogueira, médico de Medicina Geral e Familiar, explicou que, dos 1.550 doentes que lhe estão atribuídos, 136 foram selecionadas na primeira fase de vacinação e desses, 59 foram chamados porque sofrem de apneia do sono.

Os restantes 77 pertencem aos grupos definidos inicialmente: mais de 50 anos e doenças associadas, como insuficiência renal, doença pulmonar obstrutiva crónica, insuficiência cardíaca, doença coronária ou doença respiratória crónica sob suporte de ventilador ou de oxigénio.

“Quando vieram esclarecer este aspeto, eu diria que já era tarde, porque alguns dos doentes já estavam listados e já tinham sido vacinados”, disse Rui Nogueira.

Tendo em conta que o plano de vacinação, divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) no ano passado, refere apenas que estão incluídos utentes com doenças respiratórias crónicas sob suporte ventilatório, alguns médicos podem ter pensado: “O que é a apneia? Não é uma doença respiratória crónicas sob suporte ventilatória?”.

“Não deviam ter publicitado a lista sem ser aferida, uma coisa é incluir quem não estava, outra mais difícil é tirar. A inclusão dos doentes é fácil, a retirada é que não. As pessoas não percebem. O pecado original é terem divulgado as listas sem os médicos [as verem]”, disse o médico.

A equipa de coordena o plano de vacinação, por sua vez, não assume qualquer erro e admite apenas que tenham sido vacinadas pessoas com apneia do sono por também sofrerem de “alguma das doenças priorizadas para a Fase 1”. A task force liderada pelo vice-almirante Henrique Gouveia e Melo diz que só por isso “é provável que também já tenham sido vacinadas pessoas com Apneia do Sono”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Principais indicadores da crise climática estão a atingir "ponto de inflexão", revela estudo

Um novo estudo sobre os sinais vitais do planeta revelou que muitos dos principais indicadores da crise climática estão a piorar e a aproximar-se ou ultrapassar os pontos de inflexão, à medida que as temperaturas …

Biden acusa a Rússia de tentar intervir nas eleições de 2022 para o Congresso

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, acusou na terça-feira o seu homólogo russo, Vladimir Putin, de tentar interferir nas eleições para o Congresso de 2022, espalhando "desinformação". "Veja o que a Rússia já está …

Polícias rejeitam proposta do MAI para o subsídio de risco e prometem novos protestos

Os sindicatos da PSP e as associações socioprofissionais da GNR rejeitaram, esta quarta-feira, a proposta apresentada pelo Governo para o subsídio de risco e prometem novos protestos até que seja atribuído "um valor justo". "Saímos completamente …

Desta vez, van Vleuten ganhou mesmo (aos 38 anos)

Ficou para trás o episódio caricato do último domingo. Annemiek van Vleuten é a nova campeã olímpica de ciclismo, contrarrelógio. Annemiek van Vleuten iria ficar ligada a um dos momentos mais insólitos, ou mesmo o mais …

Bruxelas assegura aquisição de medicamento para tratamento precoce da covid-19

A Comissão Europeia anunciou, esta quarta-feira, um contrato de aquisição conjunta com a farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK) para a compra do sotrovimab, um medicamento destinado ao tratamento precoce da covid-19, cuja utilização está a ser analisada …

Vacinados escapam às restrições da "lista âmbar" britânica

Pessoas vacinadas contra a covid-19 que viagem a partir dos Estados Unidos (EUA) ou da União Europeia (UE) podem evitar a quarentena caso venham de um país da "lista âmbar" britânica, onde está Portugal. Segundo o …

Equador retira nacionalidade ao fundador da Wikileaks, Julian Assange

O governo equatoriano revogou a decisão de 2018 devido a incongruências burocráticas. O advogado de Assange já disse que vai recorrer e que a decisão foi tomada sem o fundador da Wikileaks ser ouvido. O Equador …

Os primeiros resultados dos Censos: Portugal perdeu população pela primeira vez desde 1970

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou, esta quarta-feira, os primeiros resultados dos Censos 2021, cujas respostas por via digital ultrapassaram os 99%. Portugal tem hoje 10.347.892 residentes, menos 214.286 do que em 2011, segundos os …

Portugueses esperam quase até aos 40 para comprar casa

Um barómetro que avalia a preferência dos consumidores na hora de comprar um imóvel indica que a maioria dos portugueses só liquida o crédito à habitação após a reforma. O indicador destaca ainda que os portugueses …

Moedas fecha lista para a Câmara de Lisboa

O candidato à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, já fechou a equipa que o vai acompanhar nas próximas autárquicas. O anúncio de que a lista de Carlos Moedas para a Câmara de Lisboa está fechada será …