Depois de enfrentar urso e cobra, jovem sobrevive a ataque de tubarão

Dylan McWilliams / Instagram

Depois de enfrentar urso e cobra, homem sobrevive a ataque de tubarão

Um provérbio em inglês diz que a “má sorte sempre vem três vezes” e foi exatamente o que aconteceu com Dylan McWilliams, um jovem de 20 anos do Colorado, EUA.

O desportista sobreviveu na semana passada ao terceiro ataque violento de animais – de um tubarão, quando fazia bodyboard na costa do Havai. “Isso é muito assustador”, disse Dylan McWilliams à BBC na ilha havaiana de Kauai. “Acho que não tenho muita sorte, mas sim sorte em situações de azar.”

McWilliams estava a aproveitar as ondas do Pacífico na manhã de quinta-feira quando sentiu algo bater na sua perna. “Olhei e vi o tubarão debaixo de mim. Comecei a pontapeá-lo – sei que o acertei pelo menos uma vez – e nadei até à praia o mais rápido que pude”, explicou.

Preocupado com o rasto de sangue que estava a deixar, o desportista disse aos meios de comunicação local após o ataque: “Eu não sabia se tinha perdido metade da perna ou se era só um arranhão”.

O tubarão, que se acredita ser da espécie tubarão-tigre e que tinha aproximadamente 2 metros de comprimento, deixou marcas de dentes distintas na sua perna, que precisou de sete pontos.

Entusiasta da vida ao ar livre, McWilliams estava a fazer uma viagem de mochila às costas pelos EUA e pelo Canadá nos últimos anos, e financiava as suas viagens trabalhando aqui e ali.

O seu avô foi a primeira pessoa a ensinar-lhe técnicas de sobrevivência, aos três ou quatro anos de idade, e daí nasceu o seu amor pela vida ao ar livre. Dylan aproveitava essas aprendizagens para ganhar algum dinheiro, ensinando técnicas de sobrevivência por onde passava.

“Tenho ensinado crianças e outras pessoas a sobreviver no deserto e viver da terra como os exploradores faziam”, disse McWilliams, que é fã da série Crocodile Hunter.

Em julho passado, numa viagem de campismo pelas florestas do Colorado, o desportista dormia ao ar livre quando, às 4 da manhã, foi acordado com a cabeça presa nas mandíbulas de um urso.

“O animal agarrou-me pela parte de trás da cabeça, e eu estava a reagir, e tentar acertar-lhe no olho olho até ele me soltar”, descreve. Os seus amigos acordaram com a confusão e conseguiram enxotar o urso, de 136 kg.

As autoridades do parque capturaram-no na manhã seguinte, e depois de testes confirmarem que o sangue do rapaz estava nas suas garras, o animal foi abatido.

McWilliams ficou com uma cicatriz depois de levar nove pontos na parte de trás da cabeça, que provocam dor quando tocados, mas a experiência não foi suficiente para desencorajar o seu amor pelo ar livre. “Sempre amei animais e passei o maior tempo que pude com eles”, disse o mochileiro.

Dylan atribui esses incidentes perigosos ao facto de estar no lugar errado à hora errada. “Eu não culpo o tubarão, não culpo o urso, nem a cascavel”, diz fazendo referência a um ataque de cascavel que sofreu há menos de três anos, durante uma trilha em Utah, nos Estados Unidos.

McWilliams conta que, na ocasião, estava a descer um terreno quando pensou ter calcado um caco. “Mas não o conseguia ver, e deparei-me com uma cascavel toda enrolada“.

Então com 17 anos, McWilliams pediu para não ser levado para o hospital porque achava ter sofrido uma mordida não venenosa. “Mas havia um pouco de veneno, e fiquei doente por alguns dias”, disse. “Temos que respeitar os limites dos animais, mas não acho que eu esteja a invadir o seu espaço ou a provocar os ataques – simplesmente aconteceram”.

O rapaz está agora ansioso para que as suas feridas cicatrizem e possa voltar às ondas.

McWilliams “espera não ter” outro encontro do mesmo tipo, mas reconhece que riscos sempre existirão. “Eu passo a maior parte do tempo fora com animais, por isso acho que tudo pode acontecer.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Já sabemos o que a vida na Terra respirava antes de haver oxigénio

Há milhares de milhões de anos, muito antes de existir oxigénio em quantidades abundantes na Terra, um dos mais famosos venenos existentes - o arsénico - poderá ter sido o composto que fez a vida …

Autoridades procuram migrantes ilegais que fugiram de quartel em Tavira

As autoridades algarvias estão à procura de um grupo de migrantes ilegais marroquinos que fugiu de um quartel de Tavira, no Algarve, durante a madrugada. De acordo com a RTP, fugiram 17 migrantes ilegais, oriundos de …

EUA oferecem recompensa de 4,7 milhões por ex-ministros venezuelanos

Os Estados Unidos anunciaram esta quarta-feira que oferecem uma recompensa de cinco milhões de dólares (4,7 milhões de euros) pelo ex-ministro da eletricidade venezuelano, Luis Alfredo Motta Domínguez, e pelo ex-ministro das Finanças, Eustiquio José …

PAN não terá candidato próprio nas presidenciais (e deverá apoiar Ana Gomes)

O Partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) não vai ter candidato próprio às eleições presidenciais de 2021 e vai anunciar esta quinta-feira o candidato que irá apoiar. O semanário Expresso avança que, até agora, a única certeza é que …

Cientistas mostram que os corvos são capazes de pensar de forma consciente

Um novo estudo descobriu que os corvos não são só inteligentes, como mostram também ter uma forma de consciência, sendo capazes de estar conscientes do mundo à sua volta no presente. De acordo com o site …

"Alto risco". África do Sul proíbe entrada de turistas de Portugal

Os turistas oriundos de Portugal não vão ser autorizados a entrar na África do Sul, quando o país africano reabrir as fronteiras internacionais na quinta-feira, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior sul-africano. Portugal consta de …

Descoberta rara. Encontrado vapor de água salgada em torno de duas estrelas bebé gigantes

Uma equipa de investigadores descobriu um par de estrelas bebé massivas rodeadas por vapor de água e sal de cozinha, de acordo com um novo estudo. As duas estrelas bebé têm uma massa combinada 25 vezes …

Sonda da NASA deteta nanojatos na coroa solar (e desmistifica a sua extrema temperatura)

Uma equipa de cientistas, liderada pelas Universidades de Northumbria e St. Andrews, em cooperação com a NASA, descobriu um novo tipo de atividade dentro da atmosfera do Sol que poderia explicar como é que a …

Barry Jenkins vai realizar sequela de "O Rei Leão"

O realizador e argumentista de Moonlight foi escolhido pela Walt Disney Studios para realizar a sequência do blockbuster de 2019, O Rei Leão. Ainda não há uma data de lançamento prevista para o segundo filme, mas …

"Não me sinto seguro sem uma". Venda de armas aumentou drasticamente nos EUA

Os EUA continuam a ser um dos países onde os cidadãos comuns têm mais facilidade em comprar armas de fogo. Esta é uma prática recorrente, e mais de um terço das famílias norte-americanas têm uma …