Depois de enfrentar urso e cobra, jovem sobrevive a ataque de tubarão

Dylan McWilliams / Instagram

Depois de enfrentar urso e cobra, homem sobrevive a ataque de tubarão

Um provérbio em inglês diz que a “má sorte sempre vem três vezes” e foi exatamente o que aconteceu com Dylan McWilliams, um jovem de 20 anos do Colorado, EUA.

O desportista sobreviveu na semana passada ao terceiro ataque violento de animais – de um tubarão, quando fazia bodyboard na costa do Havai. “Isso é muito assustador”, disse Dylan McWilliams à BBC na ilha havaiana de Kauai. “Acho que não tenho muita sorte, mas sim sorte em situações de azar.”

McWilliams estava a aproveitar as ondas do Pacífico na manhã de quinta-feira quando sentiu algo bater na sua perna. “Olhei e vi o tubarão debaixo de mim. Comecei a pontapeá-lo – sei que o acertei pelo menos uma vez – e nadei até à praia o mais rápido que pude”, explicou.

Preocupado com o rasto de sangue que estava a deixar, o desportista disse aos meios de comunicação local após o ataque: “Eu não sabia se tinha perdido metade da perna ou se era só um arranhão”.

O tubarão, que se acredita ser da espécie tubarão-tigre e que tinha aproximadamente 2 metros de comprimento, deixou marcas de dentes distintas na sua perna, que precisou de sete pontos.

Entusiasta da vida ao ar livre, McWilliams estava a fazer uma viagem de mochila às costas pelos EUA e pelo Canadá nos últimos anos, e financiava as suas viagens trabalhando aqui e ali.

O seu avô foi a primeira pessoa a ensinar-lhe técnicas de sobrevivência, aos três ou quatro anos de idade, e daí nasceu o seu amor pela vida ao ar livre. Dylan aproveitava essas aprendizagens para ganhar algum dinheiro, ensinando técnicas de sobrevivência por onde passava.

“Tenho ensinado crianças e outras pessoas a sobreviver no deserto e viver da terra como os exploradores faziam”, disse McWilliams, que é fã da série Crocodile Hunter.

Em julho passado, numa viagem de campismo pelas florestas do Colorado, o desportista dormia ao ar livre quando, às 4 da manhã, foi acordado com a cabeça presa nas mandíbulas de um urso.

“O animal agarrou-me pela parte de trás da cabeça, e eu estava a reagir, e tentar acertar-lhe no olho olho até ele me soltar”, descreve. Os seus amigos acordaram com a confusão e conseguiram enxotar o urso, de 136 kg.

As autoridades do parque capturaram-no na manhã seguinte, e depois de testes confirmarem que o sangue do rapaz estava nas suas garras, o animal foi abatido.

McWilliams ficou com uma cicatriz depois de levar nove pontos na parte de trás da cabeça, que provocam dor quando tocados, mas a experiência não foi suficiente para desencorajar o seu amor pelo ar livre. “Sempre amei animais e passei o maior tempo que pude com eles”, disse o mochileiro.

Dylan atribui esses incidentes perigosos ao facto de estar no lugar errado à hora errada. “Eu não culpo o tubarão, não culpo o urso, nem a cascavel”, diz fazendo referência a um ataque de cascavel que sofreu há menos de três anos, durante uma trilha em Utah, nos Estados Unidos.

McWilliams conta que, na ocasião, estava a descer um terreno quando pensou ter calcado um caco. “Mas não o conseguia ver, e deparei-me com uma cascavel toda enrolada“.

Então com 17 anos, McWilliams pediu para não ser levado para o hospital porque achava ter sofrido uma mordida não venenosa. “Mas havia um pouco de veneno, e fiquei doente por alguns dias”, disse. “Temos que respeitar os limites dos animais, mas não acho que eu esteja a invadir o seu espaço ou a provocar os ataques – simplesmente aconteceram”.

O rapaz está agora ansioso para que as suas feridas cicatrizem e possa voltar às ondas.

McWilliams “espera não ter” outro encontro do mesmo tipo, mas reconhece que riscos sempre existirão. “Eu passo a maior parte do tempo fora com animais, por isso acho que tudo pode acontecer.”

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

EUA autorizam vacina da Pfizer entre 12 e 15 anos. Imunização pode arrancar esta quinta-feira

A Food and Drug Administration (FDA) autorizou a administração da vacina contra a covid-19 da Pfizer a crianças de 12 a 15 anos. A imunização de jovens pode arrancar já esta quinta-feira. Agora que a Food …

Rio critica estratégia de “ostracizar” extrema-direita (e prefere traçar “linhas vermelhas”)

O presidente do PSD, Rui Rio, criticou nesta segunda-feira a estratégia que considera estar a ser seguida na Europa de “ostracizar” a extrema-direita, admitindo ser preferível aceitar o apoio desses partidos, mas sem “nunca permitir …

Afinal, os números imaginários são reais (pelo menos uma parte)

Um novo estudo da Universidade de Varsóvia e da Universidade de Ciência e Tecnologia da China revela que números imaginários comportam informações reais sobre estados quânticos. Números imaginários, que podem ser combinados com números reais para …

Misteriosa supernova sem hidrogénio revela a "agonia" das mortes estelares (e desafia a Astrofísica)

Uma curiosa estrela pré-supernova amarela está a fazer com que os astrofísicos reavaliem o que se sabe sobre a morte das estrelas mais massivas do Universo. No final das suas vidas, estrelas frias e amarelas estão …

Zidane, em momentos nunca vistos: "A justificação do árbitro não chega"

Uma jogada que envolveu Militão transformou o jogo entre Real Madrid e Sevilha - e pode ter transformado o desfecho do campeonato. Zidane estava claramente incomodado depois do encontro. Foi uma jornada "louca" em Espanha: Barcelona …

Pandora troca diamantes das minas por pedras criadas em laboratório

Alexander Lacik, CEO da Pandora, justificou esta mudança como parte de uma iniciativa mais ampla de sustentabilidade da empresa. O lançamento dos diamantes adquiridos de forma sustentável "marca um novo marco para a Pandora, uma vez …

FC Porto 5-1 Farense | “Dracarys” portista sobre algarvios

Esta segunda-feira, o FC Porto goleou o Farense por 5-1, na 32.ª jornada da Liga. Os dragões têm agora 74 pontos e estão a cinco do Sporting. Goleada das antigas no Dragão. O FC Porto incendiou …

Nova técnica permite observar o cérebro a mover-se (em tempo real e em 3D)

Uma equipa de cientistas da Nova Zelândia está a desenvolver uma nova técnica de imagem que ajudará a detetar distúrbios cerebrais e aneurismas antes que se tornem fatais. As imagens de ressonâncias magnéticas são estáticas. Recentemente, …

Aviso ao finalista da Liga Europa: "Se tiver de expulsar todos, expulso"

Real Madrid e Sevilha centraram as atenções, no que diz respeito à arbitragem, mas o ambiente tenso chegou igualmente ao Villarreal-Celta. O Celta de Vigo foi ao terreno do Villarreal vencer por 4-2, neste domingo, num …

Serviços Secretos ucranianos apreendem remessa de bebida alcoólica de Chernobyl

Os Serviços Secretos ucranianos apreenderam 1.500 garrafas de uma bebida alcoólica produzida com maçãs colhidas perto da central nuclear de Chernobyl. ATOMIK Chernobyl Spirits é uma bebida espirituosa feita com ingredientes de dentro da zona de …