Urban reabre ilegalmente com festa privada e administrador é detido

António Pedro Santos / Lusa

A PSP teve informação, durante a noite de segunda-feira, de que estaria a decorrer uma festa privada no espaço e deslocou-se à discoteca. Um dos administradores foi detido.

A PSP deteve na segunda-feira um dos administradores da discoteca Urban Beach por desobediência, depois de o espaço noturno lisboeta ter reaberto para realizar uma festa privada, disse hoje à Lusa fonte daquela força de segurança.

A mesma fonte adiantou que o administrador foi detido por ter desobedecido ao despacho do Ministério da Administração Interna que tinha ordenado o encerramento do espaço durante seis meses.

O encerramento aconteceu após um episódio de agressões cujo vídeo foi tornado público no dia 2 de novembro e também a existência de 38 queixas apresentadas à PSP desde o início do ano, por alegadas práticas violentas ou atos de natureza discriminatória ou racista”.

A PSP deslocou-se ao Urban Beach, pelas 23:00 de segunda-feira, na altura em que decorria uma festa privada, tendo encerrado novamente o local e detido um administrador.

A 2 de novembro foi divulgado um vídeo no qual é possível ver seguranças da discoteca a agredir violentamente um homem que aparentemente estava indefeso e não demonstrava qualquer resistência.

Donos da discoteca Urban Beach negam detenção de administrador e reabertura ilegal

O Grupo K, proprietário da discoteca Urban Beach, recusou que qualquer dos seus administradores tenha sido detido por violação da ordem de encerramento do espaço, negando ainda qualquer reabertura do Urban Beach.

“As notícias divulgadas por suposta fonte da PSP carecem de qualquer sentido, sendo certo que a discoteca Urban Beach ainda não abriu as suas portas, encontrando-se na fase final do processo de fiscalizações e vistorias por parte das entidades competentes e necessárias à sua reabertura”, afirma o Grupo K em comunicado hoje divulgado pela sua assessoria.

Segundo o comunicado, na segunda-feira, decorreu um evento privado em alguns espaços do grupo empresarial, “nomeadamente o Kais Restaurant, o Skones Club e a Adega do Kais”, que por não terem capacidade para acolher o elevado número de convidados obrigaram a deslocar um grupo de pessoas para o Papagayo Restaurant, no espaço da Urban Beach, “onde lhes foi apenas servido o jantar sem transação comercial” e onde permaneceram, no máximo, 90 minutos.

“Quando a PSP se deslocou ao local, já a refeição tinha terminado e as pessoas estavam a regressar ao Kais Restaurant. Foi nesse momento que a PSP interpelou um administrador do Grupo K, que se prontificou de imediato a deslocar-se à esquadra para prestar todos os esclarecimentos necessários”, explica o comunicado.

A nota conclui referindo que a reabertura da discoteca Urban Beach se encontra “em fase de planeamento, não estando previsto que o mesmo ocorra numa segunda-feira ou com um evento privado”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

SEF instaurou inspeção interna à morte de ucraniano, mas não detetou suspeitas de crime

Esta quarta-feira, o ministro da Administração Interna prestou esclarecimentos sobre a morte de um cidadão ucraniano à guarda do SEF, no aeroporto de Lisboa, na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias. Eduardo Cabrita considerou …

Colocações no ensino superior adiadas para o final de setembro

Na sequência do adiamento nos calendários dos exames nacionais do ensino secundário, o acesso às licenciaturas é também atrasado. O calendário de acesso ao ensino superior vai ser atrasado em cerca de três semanas. Os resultados …

Rangel e outros 13 eurodeputados do PPE pedem expulsão de partido húngaro

O eurodeputado do PSD Paulo Rangel e outros 13 chefes de delegação do Partido Popular Europeu (PPE) pediram na terça-feira a expulsão do partido húngaro Fidesz, exigindo ao líder parlamentar daquela família política, Manfred Weber, …

Milhares pediram o cancelamento do TV Fest. Festival foi suspenso

O Ministério da Cultura criou um festival televisivo exclusivamente dedicado à música portuguesa em parceria com a RTP, mas o formato e os critérios estão a causar forte polémica no meio. Uma petição pública online …

Comércio internacional pode cair para níveis da Grande Depressão

A Organização Mundial do Comércio referiu na quarta-feira que o arrefecimento do comércio internacional provocado pela Covid-19 pode chegar aos níveis registados nos anos 30 devido à Grande Depressão. Segundo noticiou o Observador, na melhor das …

Loja de telemóveis apanhada a vender álcool gel com lucro até 400%

Os inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) encontraram, em Lisboa, uma loja de reparação e venda de acessórios para telemóveis a vender frascos de gel desinfetante de 500 ml a 24,95 euros …

Em Portimão, uma sirene toca quando alguém sai de casa sem justificação

A sirene do quartel dos Bombeiros de Portimão vai passar a tocar sempre que alguém sair de casa e andar na rua sem justificação. O anúncio foi feito pela Câmara Municipal de Portimão em comunicado. De …

Short Selling - ou como vender ações emprestadas para ganhar muito dinheiro

Vender ações da bolsa que não são suas é uma forma de ganhar bastante dinheiro. Esta forma de negociação, denominada short selling, é muito lucrativa mas implica algum risco, pelo que é prudente aconselhar-se junto …

"Nem mais um abuso". Grupo no Whatsapp servia para planear ataques à polícia em Espanha

Dois homens de 25 e 30 anos, os dois criadores de um grupo de Whatsapp que servia para planear ataques à polícia espanhola, foram detidos esta terça-feira. De acordo com o jornal espanhol El País, o …

Trabalhadores independentes que reduziram descontos da Segurança Social terão apoio mais baixo

Os trabalhadores independentes que optaram por reduzir em 25%, de forma fictícia, o rendimento sobre o qual incidem as contribuições, e que por isso descontaram menos, verão refletida essa diminuição no apoio que podem receber …