94% das universitárias de Coimbra já foram alvo de assédio sexual

François Philipp / wikimedia

Universidade de Coimbra

Um estudo realizado pela UMAR Coimbra sobre a violência sexual em contexto académico revela que 94,1% das mulheres inquiridas já foram alvo de assédio sexual, 21,7% de coerção sexual e 12,3% reportaram já terem sido violadas.

Cerca de um terço das mulheres que responderam ao inquérito da UMAR – União de Mulheres Alternativa e Resposta referiram que já foram vítimas de ‘stalking’ (perseguição) e cerca de metade já tiveram contacto sexual não consentido, revela a nota de imprensa da organização enviada à agência Lusa.

O estudo da UMAR Coimbra, que é apresentado hoje, refere ainda que 14,4% das mulheres inquiridas já sofreram “pelo menos uma tentativa de violação”.

Questionadas sobre a perceção de segurança em espaço público, 53% das mulheres elegeram como principal receio para andarem sozinhas na rua o medo de sofrerem “um ataque sexual“, enquanto os homens que responderam identificaram como “principais motivos o receio de sofrer um assalto”.

O estudo realizado pela UMAR Coimbra, no âmbito do projeto CAMI – Capacitar para Melhor Intervir Localmente, foi feito com dados obtidos entre junho e julho de 2017, através de um questionário “disseminado online”.

A amostra válida do estudo é constituída por 518 respondentes. 79% são mulheres, 85,5% na faixa etária entre os 17 e os 34 anos e a grande maioria frequentou ou frequenta a Universidade de Coimbra (77,8%).

“Em todas as categorias de experiências sexuais indesejadas analisadas, a grande maioria das mulheres inquiridas reportou ter sofrido estes comportamentos por parte de indivíduos do género masculino, nomeadamente parceiros íntimos, ex-parceiros íntimos, docentes, conhecidos e superiores hierárquicos ou colegas”, refere a UMAR, na nota de imprensa.

A organização sublinha que, “nos últimos anos, foram identificadas, formal e informalmente, várias situações de violência sexual e assédio sexual entre pares no contexto académico”, sendo que “continua a não existir uma noção real da prevalência da violência sexual e do assédio sexual no meio académico em Coimbra”.

Os resultados obtidos vão ser apresentados na íntegra a partir das 18h00, no anfiteatro III da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Quem é de Coimbra bem vê os comportamentos delas… bem piores que os deles! Se tivessem feito o inquérito aleatoriamente nas ruas isso sim… agora disseminar pela net entre grupos de feminazistas… dá nisto… até espanta não terem conseguido uma percentagem de 100€ de violações…

  2. Fui universitário, mas não em Coimbra! Uma coisa é certa: o comportamento que as pessoas têm fora de onde vivem é totalmente diferente do comportamento na zona da faculdade! Eu vou falar da parte que me interessa e que observei mais ao pormenor: as raparigas universitárias! Chegam a um meio totalmente diferente e não sabem lidar com tanta liberdade e fazem coisas que a mim me deixaram um pouco perplexo! Não aprovo o assédio sexual e muito menos violações! No entanto muitas delas expõem-se demasiado com comportamentos muito duvidosos! Vi muita coisa e muitas coisas não aprovava! Às vezes “quem se põe a jeito, está sujeito”, infelizmente…Atenção, estou a generalizar..mas também acho que esta percentagem é muito elevada…no entanto não questiono…

RESPONDER

Otamendi mais 55 milhões. O negócio que pode levar Rúben Dias para o City

Rúben Dias está muito próximo de reforçar o Manchester City. O clube inglês oferece 55 milhões de euros mais Nicolás Otamendi em troca. A oficialização do acordo deve estar para breve. O Manchester City está muito …

Líbano: Após um mês no cargo, primeiro-ministro demite-se perante impasse político

O primeiro-ministro designado do Líbano, Mustapha Adib, demitiu-se este sábado do cargo numa altura de impasse político sobre a formação de Governo, um mês depois de ter sido nomeado e da violenta explosão no porto …

Governo joga últimos trunfos à esquerda (mas "na 25.ª hora pode ser PSD a salvá-lo" e esse é outro problema)

A duas semanas do fim do prazo para entregar o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021), o Governo ainda não tem garantias de aprovação do documento. E enquanto Marcelo pressiona o PSD para "salvar" o …

-

Governo aponta para regresso progressivo de público aos estádios

O regresso de público aos estádios de futebol continua proibido, devido à pandemia de Covid-19, com o secretário de Estado da Juventude e Desporto a admitir esta sexta-feira a possibilidade de um retorno faseado quando …

Há escolas sem intervalos ao ar livre devido à covid-19

Há escolas que estão a proibir os alunos de passarem os intervalos ao ar livre por receio de contágio do novo coronavírus. O pediatra Hugo Rodrigues considera que "é um perfeito disparate". Como tal, os estudantes …

"Aumentar o salário mínimo é criminoso", diz presidente do Fórum para a Competitividade

Pedro Ferraz da Costa, presidente do Fórum para a Competitividade, antecipa uma onda de desemprego até ao final do ano, que muitas empresas não conseguirão manter a atividade e que aumentar o salário mínimo "é …

Segunda vaga impede mais de 12 milhões de consultas e cirurgias

O cenário de uma segunda vaga em Portugal é bastante provável e prevê-se que mais de 12 milhões de consultas e cirurgias fiquem por fazer. No melhor dos cenários, serão 10 milhões. Um estudo da Associação …

EUA pressionam Portugal: "Tem de escolher agora entre os aliados e os chineses"

O embaixador norte-americano em Lisboa defende que Portugal tem de escolher entre os “amigos e aliados” EUA e o “parceiro económico” China, alertando que escolher a China em questões como o 5G pode ter consequências …

MP acusa inspetores do SEF de homicídio de ucraniano no aeroporto

O Ministério Público vai acusar os três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras que estão em prisão domiciliária, indiciados pelo homicídio do ucraniano Ihor Homenyuk no aeroporto de Lisboa. Bruno Sousa, Duarte Laja e Luís …

Encontrado dente de leite com 48.000 anos que pertenceu a "um dos últimos" neandertais de Itália

Uma equipa de cientistas da Universidade de Bolonha e Ferrara, em Itália, encontrou um dente de leite na região do Veneto, que acreditam ter pertencido a um dos últimos neandertais a habitar no país. Análises …