Universidade de Singapura prevê “fim teórico” da pandemia em dezembro

Massimo Percossi / EPA

Um modelo matemático realizado por uma universidade de Singapura com base “na tendência atual” de casos de covid-19 antevê o “fim teórico” da atual pandemia a nível mundial para 14 de dezembro.

Apesar de referenciar o mês de dezembro como a meta temporal para o eventual fim da atual crise, o modelo matemático desenvolvido pela Singapore University of Technology and Design, na terça-feira citado pelas agências internacionais, prevê que cerca de 99% dos casos de infeção pelo novo coronavírus possam já ser registados a nível global no próximo mês de junho, mais concretamente em 21 de junho.

A par da evolução mundial, o modelo traça igualmente os possíveis cenários para vários países, como é o caso de Espanha, Itália, França, Alemanha, Reino Unido, Estados Unidos (EUA), Brasil e México, noticiou a agência Lusa.

Apesar da divulgação destes dados, a instituição realçou que se trata de um modelo de previsões que deve ser observado com “prudência”, frisando ainda que qualquer “excesso de otimismo com base em algumas datas finais expectáveis é perigoso, porque pode relaxar a disciplina e os controlos”, o que pode mudar o curso do vírus e da infeção.

No caso de Espanha – país que regista desde o início da crise 25.613 mortos e mais de 219 mil casos de infeção – o modelo matemático da Singapore University of Technology and Design analisou os dados disponíveis até 02 de maio e antevê que 97% dos casos de covid-19 poderão ser verificados no país até 07 de maio e 99% até 22 de maio.

Com base em tal projeção, as previsões da instituição apontam o “fim teórico” da pandemia em Espanha para 09 de setembro, segundo mencionou a agência de notícias espanhola EFE, que cita o estudo.

Sempre “com base na atual tendência dos casos”, o modelo matemático aponta o fim da pandemia em Itália e no Reino Unido, outros dois países fortemente atingidos pelo novo coronavírus, para 10 e 08 de setembro, respetivamente. As previsões mostram ainda que este “fim teórico” chegará à França e à Alemanha a 08 e a 14 de agosto.

Já fora da Europa, o modelo matemático antevê que os EUA – atualmente o país com mais mortos (68.934) e mais casos de infeção confirmados (quase 1,2 milhões) – terão de esperar até 01 de outubro para declarar o fim da pandemia.

As mesmas projeções estimam ainda que o Brasil terá de aguardar até 21 de outubro para declarar um possível fim da crise da covid-19, enquanto o México poderá fazer isso antes, em meados de setembro.

Segundo explicou a Singapore University of Technology and Design, este modelo matemático aplicado à epidemiologia, o modelo SIR (suscetíveis – infetados – recuperados), é realizado a partir de dados atualizados diariamente de diferentes países, de forma a estimar as curvas do ciclo epidemiológico e as datas teóricas de término.

Como as previsões são atualizadas de forma contínua com os dados mais recentes, a universidade admitiu ser “expectável” que estas mesmas previsões sejam modificadas como resultado das alterações nos cenários a longo prazo.

Também advertiu que o modelo e os dados acabam por ser imprecisos face às realidades complexas, mutáveis e heterogéneas dos diferentes países e, nesse sentido, as previsões devem ser encaradas com “prudência”.

A nível global, segundo um balanço da agência AFP, a pandemia já provocou mais de 251 mil mortos e infetou quase 3,6 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um 1,1 milhões de doentes foram considerados curados. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas, encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial. Com a diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países têm reduzido o confinamento.

Lusa //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Todos os países usam critérios distintos de análise.. critérios distintos de infectados.. critérios distintos para declaração de recuperados.. alguns até incluem os mortos como recuperados visto que não infectam mais (antes fosse brincadeira). Como pode alguma universidade que queira manter o seu bom nome.. fazer uma previsão assim baseado-se em dados com esta natureza?

    Dizer que isto é ridículo.. seria um eufemismo! Idiotas!

RESPONDER

O maior elevador panorâmico do mundo tem vista para os cenários de Avatar

Com o recente lançamento de fotografias subaquáticas dos bastidores do Avatar 2 e a notícia de que Avatar 3 está quase a terminar as filmagens, não há melhor momento para revisitar o parque nacional que …

Pandemia tirou comida da mesa, mas deu asas a startup que transforma plástico do mar em máscaras

A startup portuguesa Skizo transformou a pandemia numa oportunidade de crescimento. Quando faltava comida nalgumas mesas, a empresa de produção de sapatilhas e bolsas passou a fazer máscaras a partir de plástico retirado dos oceanos …

Na Irlanda, o Pai Natal é considerado um "trabalhador essencial"

A Irlanda fez esta semana um anúncio especialmente dedicado às crianças, afirmando que o Pai Natal é considerado um trabalhador essencial no país e, por isso, não terá as suas deslocações restringidas no período natalício. …

Mais 2400 novos casos. Portugal ultrapassa os 300 mil desde o início da pandemia

Portugal ultrapassou hoje a barreira dos 300 mil casos de covid-19 desde o início da pandemia no país, em março, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou mais 2.401 novos casos, tendo passado a contabilizar …

Medidas para o Natal conhecidas no sábado. Passagem de ano com todas as restrições

O primeiro-ministro, António Costa, adiantou hoje que no sábado anunciará as medidas para o Natal “com as melhores condições possíveis”, mas avisou desde já que “a passagem do ano vai ter todas as restrições”. “O Governo …

Os assentos do meio da Delta Air Lines vão continuar vazios

A companhia norte-americana Delta Air Lines anunciou esta semana que continuará a manter os assentos do meio vazios, mantendo a política de distanciamento social decretada por causa da pandemia de covid-19. A bloqueio destes lugares intermediários …

A queda da Aurora Dourada. Como a Grécia lidou com a onda de extrema-direita

Quando uma onda da extrema-direita atingiu a Grécia em 2012, poucos previram que a Aurora Dourada, um dos grupos envolvidos, cresceria e tornar-se-ia o terceiro maior partido no parlamento grego. Este foi o início de um …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Pote matador, arte de Díaz, cebola gourmet e momentos de uma semana negra

A liderança firme do Sporting, a acrobacia de Díaz e o Benfica de regresso às vitórias. Ainda o adeus a Maradona, Vítor Oliveira e Reinaldo Teles, visto da Linha de Fundo.   Matador Pote reforça liderança Sporting …

Cerimónia da Restauração da Independência assinalada sem discursos devido à pandemia

As comemorações do 1.º de Dezembro assinalaram-se este ano em Lisboa sem os habituais discursos e num formato mais reduzido, devido à situação pandémica que o país atravessa, justificou o Presidente da República, Marcelo Rebelo …

Stress durante a gravidez pode afetar e influenciar o desenvolvimento cerebral do bebé

Stress durante a gravidez pode afetar o desenvolvimento cerebral do bebé, sugere uma nova investigação da Universidade de Edimburgo, na Escócia. De acordo com os cientistas, os níveis de stress nas mães, medidos através do …