Universidade de Coimbra em risco de perder metade dos estudantes

David Abrantes / Flickr

Universidade de Coimbra

Universidade de Coimbra

O reitor da Universidade de Coimbra (UC) estima que a instituição que lidera possa perder, dentro de 10 a 15 anos, metade da procura de estudantes se nada for feito, apontando como caminho a atração de estudantes estrangeiros.

“É de esperar que, entre 10 a 15 anos, haja pouco mais de metade dos jovens que hoje procuram a instituição a chegar à Universidade de Coimbra”, alertou João Gabriel Silva, que falava hoje em Coimbra, durante a sessão solene do Dia da Cidade, em que foi entregue a Medalha de Ouro da Cidade de Coimbra à UC.

Essa visão é justificada pela elevada concentração da população portuguesa nas duas áreas metropolitanas – Porto e Lisboa -, associada à “escassez” de jovens e às suas escolhas aquando do ingresso numa instituição do ensino superior, que “é determinada, na sua maioria, por razões geográficas”, explanou.

O reitor da UC frisa que esta “não é uma especulação vazia ou um pesadelo de uma digestão mal feita”, sublinhando a necessidade de se fazer uma escolha “muito difícil” para um problema “que se aproxima a grande velocidade” e que “não é resolúvel isoladamente”.

Para João Gabriel Silva, de três possibilidades – transformar a instituição numa universidade regional, tentar atrair jovens de outras zonas do país ou captar estudantes estrangeiros -, a UC tem de caminhar no sentido de uma visão “global”.

A instituição tem de “olhar para longe, para o mundo” e atrair estudantes internacionais. “Só pode ser essa opção”, frisou.

Todavia, para que a universidade seja uma instituição global, “com oferta global e variada”, a própria cidade também tem de ser ela “uma cidade global”, capaz de acolher os alunos estrangeiros, defendeu.

A Universidade de Coimbra comemora este ano 725 anos, tendo sido classificada como Património Mundial da Humanidade em junho de 2013, em conjunto com a Alta e Rua da Sofia.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O reitor tem razão, mas há que fazer mais, designadamente, ao nível autárquico, desenvolvendo a economia local, de modo a gerar emprego e fixar população jovem em idade núbil. Há que dar novo fôlego à industria, que quase desapareceu de Coimbra nas últimas décadas e apoiar a agricultura em todo o Vale do Mondego.

RESPONDER

Cientistas condenam teorias da conspiração sobre a origem do surto do coronavírus

Um grupo de 27 cientistas da área de saúde pública condenou, através de um comunicado, o fluxo de histórias e um artigo científico que sigerem que um laboratório em Wuhan, na China, pode ser a …

Saída de juíza dita repetição da fase de instrução do caso Hells Angels

A saída do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC) da juíza que dirigiu cerca de 40 sessões da instrução do caso Hells Angels vai obrigar à repetição desta fase, revelou à Lusa fonte ligada ao …

Absolvidos médicos que não detetaram tumor cerebral em jovem de 19 anos

O Tribunal da Relação do Porto absolveu os quatro médicos que não diagnosticaram um tumor cerebral a uma jovem que acabou por morrer. O caso de Sara Moreira, a jovem de 19 anos que morreu com …

Isabel dos Santos está 100 milhões mais "pobre" (e uma das suas empresas em Portugal tenta evitar a falência)

A fortuna de Isabel dos Santos está avaliada em 2,2 mil milhões de dólares, o que a mantém como a mulher mais rica de África, mas a empresária angolana perdeu 100 milhões de dólares em …

Polícia indiana vai proteger Trump com fisgas (por causa dos macacos selvagens)

Polícia armada com catapultas foi designada para proteger o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de macacos selvagens durante a sua visita ao Taj Mahal, na Índia. Entre 500 e 700 macacos rhesus vivem no mausoléu …

Análises negativas a dois passageiros do navio Westerdam que chegaram a Lisboa

Dois residentes em Portugal que eram passageiros do navio MS Westerdam, que esteve atracado no Camboja, foram submetidos a análises laboratoriais para o novo coronavírus e os resultados foram negativos. Num comunicado divulgado hoje no seu …

Morreu o escritor Vasco Pulido Valente

O escritor e cronista morreu, esta sexta-feira, aos 78 anos de idade, em Lisboa. O Público, jornal no qual foi cronista desde a sua fundação, confirmou junto de fonte familiar que Vasco Pulido Valente morreu, esta …

Tribunal autoriza Tesla a derrubar floresta na Alemanha para construir fábrica

A justiça alemã permitiu à Tesla, empresa liderada por Elon Musk, destruir 92 hectares na Alemanha para construir uma fábrica de grandes dimensões. Esta será a sua primeira fábrica na Europa. Como informou o Deutsche Welle, citado …

Covid-19. Autocarros com ucranianos retirados da China recebidos à pedrada

Dezenas de manifestantes envolveram-se em confrontos com a polícia, esta quinta-feira, numa localidade no centro da Ucrânia, onde 70 pessoas vão ficar sob quarentena depois de terem regressado da China. Com receio da propagação do Covid-19, …

Músicos estrangeiros precisarão de visto e de poupanças para tocar no Reino Unido

A partir de 2021, os músicos estrangeiros que pretendam atuar no Reino Unido precisarão de visto. Três meses antes de submeterem o pedido, terão também de provar que têm 1000 libras (1180 euros) em poupanças, …