United impediu passageiras de viajar de leggings (e acha que fez bem)

A United Airlines impediu que duas raparigas embarcassem num voo, este domingo, por não cumprirem o código de indumentária da companhia ao usarem leggings. O caso gerou polémica no Twitter, pelo facto de as raparigas terem sido obrigadas a trocar de roupa para entrarem no avião.

Shannon Watts, fundadora do grupo Moms Demand Action, condenou rapidamente a situação, considerando a atitude da companhia aérea “arbitrária e sexista”.

“Gostaria que percebessem que, nos dias que correm, as leggings já fazem parte do guarda-roupa na América”, afirmou Shannon Watts ao Washington Post, garantindo que o uso de leggings nos dias de hoje “não é inapropriado nem sexual”.

A apresentadora Chrissy Teigen e os atores Patricia Arquette e LeVar Burton também se manifestaram nas redes sociais contra a companhia aérea.

“Já voei com a United literalmente sem calças. Apenas com uma camisola a fazer de vestido. Da próxima vez, vou usar apenas calças e um cachecol”, garantiu Chrissy Teigan no Twitter.

No entanto, o porta-voz da United Airlines, Jonathan Guerin, já confirmou ao jornal que as duas jovens não foram autorizadas a embarcar porque viajavam com um cartão de funcionário da companhia aérea e “não estavam de acordo com a política de vestuário da empresa para usufruírem do benefício de viajar”.

“As duas passageiras não teriam sido rejeitadas por estarem de legging se tivessem pago pelas passagens”, afirmou Guerin, sublinhando que “os passageiros regulares não são barrados porque vestem leggings ou calças de yoga, mas as pessoas que voam com benefícios têm que seguir algumas regras”.

“Um dos benefícios de trabalhar para uma companhia aérea é que os nossos funcionários podem viajar pelo mundo, e podem estender esse privilégio a quem chamamos “pass riders”, que são familiares ou amigos (…). Quando aproveitam este benefício, todos são considerados representantes da United. E, como a maioria das empresas, temos um código de indumentária que pedimos que seja seguido. Para os nossos clientes habituais: as vossas leggings são bem-vindas”, destacou a United Airlines em comunicado.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Quem conhece a história dos transportes e é um pouco mais velho, sabe que o uso de roupas era fundamental no interior das aeronaves e navios. Entretanto, hoje, com os passageiros com chinelos e bermudas, calças colantes, transparentes etc. uma medida como a cobrada pela United vira notícia e os jornais, a falta do que noticiar, abusam nas críticas. Não tardará a surgir uma companhia aérea que copiando suas congêneres marítimas, crie vôos somente para clientes desnudos, homossexuais ou heterossexuais convictos, travestís, drag-queens etc. etc.

RESPONDER

Com a bancarrota a caminho, Governo Sócrates vendeu quase 80% dos imóveis públicos

Numa altura em que o país já estava em situação complicada, com o cenário de bancarrota no horizonte, o último Governo de José Sócrates vendeu quase 80% do património imobiliário público em apenas dois anos. Estes …

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, houve centenas de festas ilegais e álcool na rua

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, foram muitos os que ignoraram as restrições. A polícia espanhola foi obrigada a intervir em centenas de festas ilegais e numa festa ao ar livre com mais …

Casa Branca admite que EUA não poderão controlar pandemia. Biden acusa Trump de ter desistido

A Casa Branca admitiu este domingo que os EUA não poderão controlar a pandemia por ser tão contagiosa, numa mudança à postura de minimização da gravidade da crise, numa altura em que há novos recordes …

GNR obrigada a intervir no GP de Fórmula 1. Bastonário diz que evento foi um "insulto" aos profissionais de saúde

O circuito de Portimão teve de fechar algumas bancadas para garantir o distanciamento dos 27.500 espetadores autorizados pela Direção-Geral de Saúde (DGS). Pelo menos em duas foi necessária a intervenção da GNR. Em comunicado, a GNR …

Governo atira-se ao Bloco de Esquerda. Voto contra é "incompreensível"

Em conferência de imprensa, esta segunda-feira, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, afirmou que "o Governo considera incompreensível que não possa contar com o Bloco de Esquerda" para aprovar o Orçamento do …

Chilenos votam de forma esmagadora para substituir Constituição de Pinochet

Os chilenos votaram de forma esmagadora, este domingo, a favor de uma nova Constituição para substituir a herdada da era do ditador Pinochet, num referendo realizado um ano após uma revolta popular contra a desigualdade …

Parques eólicos instalados em terrenos baldios vão passar a pagar IMI

Os terrenos baldios onde sejam instalados parques eólicos destinados a produzir energia elétrica vão perder o direito à isenção de IMI que a lei previa anteriormente para este tipo de imóveis. O Jornal de Negócios adianta …

“Se Jesus tem dito que sim, não seria o Bruno Lage a substituir Rui Vitória”

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, revelou que o atual treinador das águias, Jorge Jesus, já era um nome pensado na altura em que Bruno Lage assumiu a cadeira deixada por Rui Vitória. "Disse …

LMM sugere divisão do país por zonas de risco. "Recolher obrigatório é inevitável. A situação é muito séria"

Como é habitual Luís Marques Mendes deixou o seu comentário semanal sobre o estado do país na SIC, e esta semana os temas quentes foram a Fórmula 1, que decorreu durante o fim de semana …

FC Porto-Olympiacos e Benfica-Standard Liège vão ter adeptos nas bancadas

Os encontros entre o FC Porto e o Olympiacos e o Benfica e o Standard Liège, para a Liga dos Campeões e a Liga Europa, vão poder ter adeptos nas bancadas. Este domingo, o FC …