Unidade paramilitar do apartheid foi concebida para espalhar SIDA na população negra

Alexey Kashpersky

Conceito artístico do VIH criado pelo designer ucraniano Alexey Kashpersky

Uma unidade paramilitar sul-africana que operou durante o apartheid foi concebida para infetar com SIDA a população negra do país e em Moçambique.

Antigos elementos do grupo terão atuado a mando de Keith Maxwell, o excêntrico líder do sombrio Instituto Sul-Africano de Investigação Marítima, que defendia um país de maioria branca, onde “os excessos dos anos 60,70 e 80 não teriam lugar no mundo pós-SIDA”.

O líder do grupo é acusado de se ter apresentado como um médico filantropo para dar falsas injeções aos cidadãos sul-africanos negros.

“Uma sombria unidade paramilitar da era apartheid foi planeada para infetar a população negra”, escreve o jornal The Independent, a propósito do documentário intitulado “Cold Case Hammarskjold”.

Um ex-elemento do instituto disse que o grupo “espalhou o vírus” a mando de Maxwell. Falando aos autores daquele documentário, o ex-oficial dos serviços secretos do instituto Alexandre Jones disse que Maxwell, que tinha poucas qualificações médicas, se estabeleceu como médico tratando negros pobres sul-africanos.

“Qual a maneira mais fácil de obter uma cobaia, quando se vive num regime de apartheid?”, afirmou Jones para o documentário. “As pessoas negras não tinham direitos, precisavam de cuidados médicos. Há um filantropo branco que chega e diz ‘vou abrir estas clínicas e tratar-vos’ e, no entanto, é apenas um lobo com pele de cordeiro”, relatou.

Os autores do documentário encontraram uma placa anunciando os serviços de um “Dr. Maxwell” em Putfontein, perto de Joanesburgo, e falaram com habitantes locais, que se lembram de um homem que tinha um monopólio virtual na área da saúde, apesar de oferecer estranhos tratamentos.

Jones disse que o SAIMR também atuou fora da África do Sul, referindo no documentário: “Estivemos envolvidos em Moçambique, espalhando o vírus da SIDA através de condições clínicas”. Acredita-se que o SAIRM tinha ligações secretas com as forças armadas do apartheid na África do Sul.

Foi também acusado de trabalhar com os serviços secretos britânicos e a norte-americana CIA para assassinar o secretário-geral das Nações Unidas Dag Hammarskjold. O secretário-geral de nacionalidade sueca, um apoiante da descolonização, morreu em circunstâncias misteriosas quando o avião em que seguia explodiu antes de aterrar na Zâmbia, em 1961.

Em 1998, a Comissão de Verdade e Reconciliação pós apartheid da África do Sul revelou ter encontrado cartas em papel timbrado do SAIMR que pareciam sugerir que os serviços secretos britânicos e a CIA tinham concordado que “Hammarskjold devia ser removido”.

// Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. que nojo, ao que esta gente rasca consegue chegar. a níveis tão baixos e porcos que nem as cobras os conseguem igualar. cá mandam os pretos para a terra deles, na terra deles exterminam-nos para lhes ficarem com as riquezas, nem o hitler chegou tão baixo. isto é a fotografia dessa direita indigente onde abundam as cristas.

  2. agora falta um artigo sobre o criminoso casal Mandela, que matou negros e brancos que não seguiam a sua cartilha, que colocou bombas, terrorismo puro.

    terrorismo que hoje continua e ainda pior com os actuais corruptos no poder.

  3. Nossa, certas coisas não vale lembrar, anos 70, era só um garoto, mas as senas de horror estampadas em todos jornais da época que se referia à África do Sul eram horripilantes, incrível as manchetes só falavam de mortes de negros. Essa população foi massacrada, roubada, tudo que era maldade foi feita com esse povo, foi muito triste. Alguns espertalhões brancos aproveitaram de algo peculiar da cultura de algumas tribos sua africanas e introduziram esses tais viros, infelizmente não é só uma teoria da conspiração, algo realmente que aconteceu quase que no continente todo. Milhões morreram infectados com viros Hiv, infectaram outros milhares, só não destruíram o continente por que não depende daqueles homens maus a destruição daquele povo.

RESPONDER

PSG na corrida por Bruno Fernandes. Atlético já terá proposta

Bruno Fernandes continua com o futuro incerto, mas o mercado continua a mexer. De acordo com a imprensa desportiva, o Paris Saint-Germain entrou na corrida pelo médio do Sporting e o Atlético de Madrid terá …

Crédito Agrícola vai cobrar MB Way e transferências online

O Crédito Agrícola, instituição bancária liderada por Licínio Pina, vai passar a cobrar não só as transferência feitas através da aplicação móvel MB Way, como também as transferências online, escreve o jornal Eco este sábado. …

Há uma "Cidade do Futuro" inacabada no deserto do Arizona

https://vimeo.com/342345734 No deserto do Arizona, nos Estados Unidos, há uma cidade experimental projetada para milhares de pessoas que agora contém apenas algumas dezenas de habitantes. Durante quase cinco décadas, um grupo chamado Fundação Cosanti tem trabalhado na …

Montenegro vai estudar liderança em França. Quer qualificar-se para o futuro

O ex-líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro, vai para França estudar num programa de gestão avançada para executivos promovido pelo Instituto Europei para Administração de Empresas, escreve este sábado o Expresso. De acordo com o …

A dieta perfeita não existe

O número de dietas que existem não cabe nos dedos das nossas mãos, mas grande parte das pessoas vai dizer-lhe qual a melhor dieta a seguir. Mas não acredite, é tudo bluff. Uma equipa de cientistas …

Fenprof critica Marcelo. "Não é o Presidente de todos os portugueses”

O 13.º congresso da Fenprof terminou este sábado com a garantia de luta pela contagem integral do tempo de serviço dos professores e críticas a Marcelo Rebelo de Sousa, que “não é o Presidente de …

Consumo de álcool dos filhos associado a educação branda dos pais

Um estudo descobriu que há uma associação entre o consumo de álcool dos filhos e a educação que os pais dão em relação às bebidas alcoólicas. Quanto mais brandos os pais forem, mais probabilidade há …

Espiões podem estar a usar o LinkedIn para recrutar novos contactos

O LinkedIn é uma rede social de negócios, mas espiões podem estar a usá-la para encontrar novos contactos. Os espiões estarão a usar perfis falsos, gerados por inteligências artificial. Apesar de ser uma rede social bem …

Mercado de compras online pode não ser tão lucrativo quanto se pensa (e pode estar perto do fim)

Muitas pessoas provavelmente presumem que as lojas online estão a fazer uma fortuna, mas a realidade é bem diferente. Muitas atividades de comércio eletrónico são, na verdade, não lucrativas. Se as pessoas tivessem que pagar o …

Canábis já era fumada há pelo menos 2.500 anos

Uma descoberta nos túmulos do cemitério Jirzankal, no oeste da China, mostra que os povos que viviam nessa zona montanhosa já queimavam canábis com elevados níveis de THC. Uma equipa de arqueólogos encontrou pequenos artefactos de madeira …