Um pôr do sol apareceu “dividido ao meio” nos EUA

Recentemente, um efeito ótico incomum fez o pôr do sol assemelhar-se a uma imagem numa tela dividida, mostrando dois céus muito diferentes lado a lado.

No lado direito da foto há um horizonte saturado de tons de vermelho e amarelo. Mas no lado esquerdo, o céu é mais escuro. A fotografia foi capturada em Charlotte, na Carolina do Norte, no dia 13 de julho às 20h55.

Embora não pareça natural, o chamado “pôr do sol dividido” não foi criado com filtros ou Photoshop. Pelo contrário, foi causado pela sombra de uma grande nuvem que se encontrava abaixo do horizonte que impedia a luz solar de atingir as nuvens que estavam mais perto dos espetadores no solo.

“Eu nunca tinha visto algo assim. E não consegui acreditar quando a vi naquela noite!” disse Uma Gopalakrishnan, a autora da fotografia, ao Live Science.

Quando o pôr do sol notável emergiu, Gopalakrishnan estava em casa a ver fotografias sobre outro fenómeno cósmico: Manhattanhenge. Por vezes designado Solstício de Manhattan, é o nome dado a um evento que ocorre ao pôr do sol quando o Sol está alinhado com as ruas dispostas na grelha regular de Manhattan, em Nova Iorque. O fenómeno ocorre duas vezes por ano.

Do sofá, Gopalakrishnan viu o que parecia ser um pôr do sol normal. Mas quando se inclinou para trás, notou que apenas metade do céu estava iluminado. “Foi quando me levantei, fui para a minha varanda e capturei as fotografias e vídeos. Fiquei completamente impressionada”, disse.

O pôr do sol e o nascer do sol produzem cores espetaculares porque, com o sol no horizonte, a luz tem que percorrer mais a atmosfera da Terra, segundo a Administração Nacional Oceanográfica e Atmosférica. Por causa dessa longa jornada, é espalhada mais luz azul no espectro eletromagnético, por isso a luz que atinge os nossos olhos parece avermelhada, explica a NOAA.

E se a luz do sol poente tem que viajar através de partículas no ar, como cinzas vulcânicas ou poluição, a luz azul espalha-se ainda mais, tornando os tons vermelhos mais vívidos.

Quando uma grande nuvem fica entre o sol e as nuvens que estão mais perto do chão, a grande nuvem lança uma sombra. Isso bloqueia a luz solar direta e impede que atinja as outras nuvens, criando o que parece ser uma barreira vertical dividindo dois céus diferentes, de acordo com a Associação Universitária de Pesquisa Espacial.

O escritor de ciência Joe Hanson publicou no Twitter uma explicação visual para o fenómeno. O diagrama traça camadas de nuvens, mostrando como uma grande nuvem pode bloquear parcialmente o sol e lançar uma sombra sobre as nuvens mais perto dos espetadores.

https://twitter.com/DrJoeHanson/status/1151239521301868545

ZAP //

 

 

PARTILHAR

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …