Um estatuto “feito à pressa”. Partidos insatisfeitos com Estatuto dos Profissionais da Cultura

André Kosters / Lusa

A ministra da Cultura, Graça Fonseca

Os partidos políticos juntam-se ao coro de críticas das associações da cultura, que se queixam de um documento “feito à pressa”.

Assim que o Estatuto dos Profissionais da Cultura for publicado, o Bloco de Esquerda fará chegar um pedido de apreciação parlamentar ao documento, considerado “insuficiente”. Além disso, avança o Expresso, o partido já chamou a ministra Graça Fonseca à Comissão de Cultura, o que deverá acontecer nas próximas semanas.

O PSD agarra-se às queixas das associações e aponta a “insuficiência do trabalho produzido pelo Governo”, que precipitou um documento “incompleto e concluído de costas para o setor”.

Fonte do grupo parlamentar social-democrata não exclui a hipótese de invocar também a figura da apreciação parlamentar, dado que, “se o Governo governa mal, compete à Assembleia da República ajudar o Governo”.

Na apresentação do estatuto, a ministra da Cultura classificou o dia como “histórico”, mas o PSD não deixa passar em branco. “Histórica é a incompetência e o abandono da Cultura em plena pandemia”, referiu fonte social-democrata ao semanário. “Basta ouvir os agentes do setor para perceber que o documento não é completo nem é satisfatório (…) além disso, se só vai vigorar em 2022.”

Por sua vez, o PCP refere que “há matérias em que a versão que o Governo apresentou é pior do que a legislação laboral atualmente existente” e salienta que existem ainda problemas na natureza dos vínculos precários que marcam a classe.

O CDS destaca o timing, à semelhança do setor: os profissionais da Cultura esperam por um estatuto há 20 anos, mas consideram que este foi feito “à pressa” e que seria mais avisado manter as negociações e chegar a uma solução pós-pandemia.

“O timing confunde o entendimento” das medidas, uma vez que “embrulha a emergência [causada pela pandemia] com a questão estrutural”, justificou a deputada Ana Rita Bessa ao Expresso.

O estatuto está em fase de consulta pública e vai chegar à Assembleia da República, onde os partidos se propõem a “corrigir, melhorar e completar as respostas do ministério da Cultura”.

Na quinta-feira, a ministra da Cultura confirmou que foi aprovado o Estatuto dos Profissionais da Cultura, que vai seguir agora para consulta pública, lembrando que ainda “existe espaço para melhorias”.

“O estatuto hoje aprovado e que agora seguirá para consulta pública é um estatuto completo. Tem uma componente de registo profissional, de regime laboral e de regime contributivo. É uma reivindicação antiga do setor mas não só, de todos, de todo o país, porque representa uma verdadeira política de Estado para a Cultura e para os seus profissionais. Por isso, hoje é mesmo um dia histórico“, afirmou a governante.

Este estatuto “é algo que nunca tinha acontecido“, reforçou a ministra, dizendo que será “capaz de trazer para o sistema de proteção social muitos milhares de profissionais do setor que continuam à margem e que precisam mesmo de ser integrados”.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Golpe de Estado no Sudão. Confrontos nas ruas causam sete mortos e 140 feridos

Milhares de sudaneses têm saído às ruas para protestarem a tomada do poder pelos militares. A comunidade internacional tem sido unânime na condenação ao golpe de Estado. Na sequência do golpe de Estado de segunda-feira, os …

Amnistia Internacional pede que EUA retirem acusações a Assange e a Londres que evite extraditá-lo

A Amnistia Internacional (AI) pediu aos Estados Unidos que retirem as acusações contra o fundador da Wikileaks, Julian Assange, e ao Reino Unido que evite extraditá-lo, pedido feito hoje antes do início, quarta-feira, de nova …

Mudar de telemóvel pode ser um rombo nas poupanças a longo prazo, mais do que se pensa

Especialistas em finanças ouvidos pelo The New York Times consideram que mudar de telemóvel anualmente, dando o dispositivo anterior para retoma (quando este ainda tem um valor elevado), não é uma boa aposta, sobretudo a …

Costa confessa a "enorme frustração pessoal" com a morte da geringonça e admite governar em duodécimos

O debate deixou tudo em águas de bacalhau e nem a esquerda nem o governo dão sinais de ceder. Costa admite que o fim da parceria com o PCP e o Bloco é uma derrota …

Koeman: "O que se passou comigo é um problema social"

Treinador do Barcelona teve dificuldades em sair do Camp Nou, depois de perder frente ao Real Madrid. A contestação à volta de Ronald Koeman em Barcelona já se verifica há algum tempo (começou em alguns momentos …

Mais de 100 mil doentes podem ter covid longa e sobrecarregar o SNS

Com o crescimento do número de pacientes que reportam sintomas de covid prolongada, os especialistas receiam que o Serviço Nacional de Saúde não tenha capacidade de resposta. Segundo avança o Expresso, os directores e coordenadores de …

O serial killer John Wayne Gacy

Vítima de serial killer identificada 40 anos depois através do ADN de um dente

Os restos mortais de Francis Wayne Alexander foram encontrados há mais de 40 anos na casa do infame serial killer John Wayne Gacy. Mas só agora se conseguiu verificar a sua identidade. Segundo conta a cadeia …

Nem Salah, nem Mané: "Vão escrever livros sobre o Firmino"

Elogios públicos de Jürgen Klopp, depois da goleada do Liverpool contra o Manchester United. O Liverpool silenciou Old Trafford ao vencer por 5-0 na casa do rival Manchester United, graças aos golos de Keïta, Diogo Jota …

Psicólogo holandês diz ter vendido "pó suicida" a mais de 100 pacientes

Wim van Dijk não está preocupado com uma possível pena de prisão. A intenção do psicólogo holandês é alimentar o debate sobre a morte assistida. O psicólogo holandês Wim van Dijk disse ter vendido um "pó …

O setor dos livros também se está a ressentir do aumento de preços e dos atrasos na distribuição de mercadorias

Empresas do setor apontam a subida do preço da energia (e das restantes matérias-primas), juntamente com os atrasos na distribuição como dois dos fatores disruptivos. O setor do livro é um dos que deverá ser atingido …