Um amor doentio. Estudante suspeito de matar colega de Faculdade terá agido por ciúmes

PJ / Facebook

A estudante Beatriz Lebre, de 23 anos, terá sido assassinada por um colega de Faculdade de 25 anos num contexto de uma relação abusiva. O móbil do crime terão sido os ciúmes. O estudante de Psicologia teria uma paixão obsessiva pela jovem alentejana.

O corpo de Beatriz Lebre ainda não foi encontrado pelas autoridades, mas Rúben Couto, de 25 anos, já terá confessado o crime, revelando que atirou o corpo da estudante universitária ao rio Tejo, conforme relata a imprensa.

A jovem natural de Elvas, mas a viver em Lisboa, onde cursava o mestrado de Psicologia Social e das Organizações no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, tinha sido dada como desaparecida pela família que não conseguia estabelecer contacto com ela.

Rúben Couto terá chegado a ajudar a mãe dela nas buscas, mas acabou por ser detido sob suspeita de homicídio e ocultação de cadáver.

Detido nas instalações da Polícia Judiciária em Lisboa, ele terá tentado suicidar-se, cortando os pulsos. Acabou por ser transferido para o Hospital de São José, em Lisboa, com ferimentos graves.

O jovem suspeito deve ser ouvido em primeiro interrogatório judicial nesta sexta-feira, onde deverá ficar a conhecer as medidas de coacção.

“Um ‘pinga-amor’ com as raparigas”

Os contornos do crime não são ainda conhecidos, mas a imprensa especula que terá ocorrido num contexto de ciúmes e de uma paixão obsessiva.

O Público relata que “Rúben Couto alega que tinha um relacionamento amoroso com a colega de mestrado de 23 anos e que esta terá voltado para um ex-namorado”. Este terá sido o “gatilho” para o crime.

O Jornal de Notícias (JN) refere que Rúben Couto terá assassinado Beatriz Lebre na passada sexta-feira, no apartamento onde ela vivia em Chelas, usando um bastão. Depois terá carregado o corpo no seu carro, deitando-o ao rio Tejo.

As autoridades continuam à procura do cadáver da jovem. Nas buscas, já terão encontrado a arma do crime que, segundo o Correio da Manhã, será “um objecto perfurante que estava preso numa zona de lodo, do rio Tejo”.

A mãe terá encontrado “sinais de violência” no apartamento onde a filha morava, “percebeu que a filha teria preparado jantar mas não chegou a comer, e que o seu telemóvel também lá estava, mas desligado”, relata o Público, frisando que teve logo a percepção de que “algo estava errado e ligou à polícia”.

As suspeitas chegaram a Rúben Couto depois de a Polícia Judiciária (PJ) ter falado “com amigos, com o namorado da vítima e de ter feito perícias ao telemóvel e à casa“, refere o mesmo diário, realçando que foram encontrados “vestígios de sangue na casa da jovem e no carro” do estudante.

Rúben Couto era conhecido como “um ‘pinga-amor’ com as raparigas” e como “um rapaz alto, bonito, inteligente e muito esclarecido sobre os objectivos que gostaria de ver cumpridos na vida”, segundo fontes ouvidas pelo CM.

O jovem chegou a fazer voluntariado em Moçambique e era voluntário num canil.

Por seu turno, Beatriz Lebre era apaixonada por música. O seu sonho era ser pianista. Além de estudar, trabalhava numa loja num centro comercial em Lisboa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Itália: Da crise pandémica à crise política. Conte tem agora o voto de confiança dos deputados

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, obteve ontem a confiança dos deputados para se manter no governo, depois da demissão de duas ministras do partido Itália Viva (IV) ter aberto uma crise política, deixando o governante …

"Risco de readmissão é grande". Quase um terço dos infetados voltou ao hospital (e um em cada oito morreu)

De acordo com um estudo recente realizado no Reino Unido, quase um terço das pessoas que tiveram alta de um internamento por problemas de saúde relacionados com a covid-19, em Inglaterra, regressaram ao hospital pela …

Fecho das escolas "seria a medida mais forte de saúde pública"

O encerramento das escolas "seria a medida mais forte de saúde pública a ser tomada", perante a existência de um "teto falso" na deteção de novos casos e o aparecimento da variante inglesa, defendeu esta …

"Ato ditatorial" e "humilhação cruel". Mourinho criticado por optar por Gedson em vez de Dele Alli

O ex-futebolista Stan Collymore chamou Mourinho de ditador e criticou o facto de ter deixado Dele Alli de fora dos convocados em detrimento de Gedson Fernandes. Stan Collymore, antigo jogador do Liverpool, criticou José Mourinho pela …

Preços das casas devem descer neste ano (e deixam a banca em risco)

Após se terem aguentado mais ou menos estáveis em 2020, apesar da pandemia de covid-19, os preços das casas devem começar a descer neste ano com o prolongar da crise sanitária. Uma situação que preocupa …

Sem promessas para 2022, Governo admite criar “escalões intermédios” na Função Pública

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, admitiu, em entrevista ao ECO, rever a tabela salarial da Função Pública e criar “escalões intermédios para as progressões intermédias”. Em entrevista ao jornal …

@AnaMartinsGomes. A gladiadora do Twitter é candidata a Belém

Se há arena onde a candidata socialista a Belém se sente confortável, é o Twitter. Palco de grandes partilhas e encruzilhadas, é inegável que essa rede social marca o caminho da diplomata. Ana Gomes é conhecida …

Rui Rio apela ao Governo por "confinamento a sério" e lembra que este "não existe para ser popular"

Rui Rio desafia o Governo a "impor um confinamento a sério em nome do interesse nacional". Na sua conta no Twitter, o líder do PSD escreve que "um Governo não existe para ser popular mas …

FC Porto ameaça não ir a jogo. Sporting acusa "dragões" de "pressão inaceitável"

O Sporting acusou segunda-feira o FC Porto de estar a "pressionar, de forma absolutamente inaceitável, as autoridades da Saúde e a Liga" para que Nuno Mendes e Sporar falhem hoje as meias-finais da Taça da …

Empresas de comércio e serviços propõem suspensão de alguns impostos

Com o novo confinamento geral, a maioria das empresas de comércio e serviços volta a fechar portas. Por isso, pedem-se mais apoios ao Governo, considerando que os já anunciados são insuficientes. Em declarações à rádio Renascença, …