Um em cada 10 sem-abrigo em França tem uma licenciatura

Um estudo do Instituto Nacional de Estatística e dos Estudos Económicos (INSEE) revela que 14% dos sem-abrigo, em França, frequentaram um curso superior e um em cada dez concluiu os estudos e tem um diploma.

A falta de moradia é, em 20% dos casos, motivada por uma separação ou divórcio, em 10% por perda de emprego e em 9% pela incapacidade de pagar a renda da casa.

O estudo, publicado na quarta-feira, é baseado num recenseamento realizado em janeiro e fevereiro de 2012 nos abrigos, hotéis, centros maternos e locais de distribuição de comida.

O INSEE aponta para a existência de 140 mil pessoas sem teto, incluindo 30 mil crianças, sendo que os sem-abrigo licenciados têm entre 30 e 49 anos e a maioria (66%) diz ter nascido no estrangeiro.

Segundo o Le Monde, o estudo evidencia um aumento muito significativo em relação ao recenseamento anterior, de 50%, observando-se agora a presença de muitas famílias, nomeadamente estrangeiras.

Os investigadores afirmam ainda que um quarto dos inquiridos que vivia na rua, com menos de 65 anos, revelou ter um emprego.

De acordo com o DN, em Portugal não há ainda dados globais mas um levantamento feito pela Santa Casa da Misericórdia, em Lisboa, mostrou que quase 5% dos sem-abrigo tinham um curso superior – e 7,7%, por outro lado, não sabiam ler nem escrever.

O estudo concluiu que, em 2013, haviam 852 pessoas sem-abrigo, apenas em Lisboa, dos quais 509 viviam nas ruas e 343 passavam as noites em centros de acolhimento.

BZR, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Governo da Malásia pede desculpa após recomendações sexistas para período de confinamento

O Governo da Malásia pediu desculpas após reações contra recomendações consideradas sexistas dirigidas às mulheres durante o período de confinamento devido à pandemia de Covid-19, que já causou naquele país causou três mortes e 2.766 …

Linha SNS 24 está a atender mais de 18 mil chamadas por dia

O secretário de Estado da Saúde saudou a capacidade de adaptação dos profissionais de saúde e do Governo à pandemia covid-19, dando como exemplo a Linha SNS 24 que está a atender mais de 18 …

Bolsonaro mais moderado. "A minha preocupação sempre foi salvar vidas”

O Presidente brasileiro adotou um tom mais moderado naquele que foi o seu quarto discurso ao país sobre o novo coronavírus, mas voltou a insistir na importância de a população manter os empregos durante a …

Diabéticos representam 9% das mortes por covid-19

Os doentes da diabetes são um grupo de risco, representando “mais de 9% das pessoas falecidas com covid-19”, mas não têm mais probabilidades de ser infetados pelo novo coronavírus. A informação foi avançada esta quarta.feira pelo …

Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento

O Infarmed assegurou, na terça-feira, estar a acompanhar todos os esforços nacionais e internacionais para o desenvolvimento de potenciais tratamentos e vacinas para a covid-19, mas insistiu que nenhum fármaco provou ainda a sua eficácia …

Adolescente de 13 anos morre no Reino Unido devido a Covid-19

Um adolescente britânico de 13 anos morreu na segunda-feira depois de testar positivo para o novo coronavírus, informou na terça-feira o hospital. Segundo a família, o jovem não sofria de nenhuma outra doença. Segundo noticiou a …

"Por favor, não venham". Autarca de Vila Real apela a emigrantes que não regressem a Portugal

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, apela aos emigrantes para que, "por favor", não regressem agora ao país e nesta Páscoa "fiquem nas terras" que os "acolheram em segurança". "Este vírus infernal que …

84 pessoas detidas por desobediência ao estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até esta terça-feira, 84 pessoas pelo crime de desobediência e encerraram 1600 estabelecimentos, no âmbito do estado de emergência. Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que, entre as …

Há creches, ATL e colégios privados a cobrar valores indevidos na quarentena

Há creches, ATL e colégios privados a cobrarem valores indevidos referentes a alimentação, transporte e atividades extracurriculares. O alerta foi dado pela Associação de Defesa do Consumidor (Deco). De acordo com a jurista da Deco, Carolina …

Pedro Proença acredita que "vai ser possível jogar na presente temporada"

O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu, esta terça-feira, a possibilidade de realizar jogos à porta fechada e ainda esta temporada. Em entrevista à rádio TSF, Pedro Proença disse acreditar que ainda "vai …