O último episódio de A Guerra dos Tronos pode ter arruinado a produtividade de milhares de empresas

O último episódio de A Guerra dos Tronos, transmitido na madrugada deste domingo, pode ter impactado a produtividade laboral de milhares de empresas. Quase 30 milhões de norte-americanos admitiram alterar a sua rotina laboral para ver em direto o fim da história inspirada na saga de George R. R. Martin.

Estes números são apontados por uma sondagem apelidada de “Abordando a ausência”, que foi levada a cabo pela norte-americana Harris Poll para a The Workforce Institute da Kronos Incorporated, empresa que oferece soluções de gestão de recursos humanos.

De acordo com o relatório elaborado pela empresa, cerca de 27,2 milhões de trabalhadores planearam ver o último episódio ao vivo, admitindo alterar as suas rotinas de trabalho para esse efeito. Para ver o o 73.º episódio de A Guerra dos Tronos em direto, os funcionários admitiram perder o dia de trabalho, atrasar-se, trabalhar remotamente e até ser menos produtivos do que é habitual.

Entre estes quase 30 milhões de norte-americanos, 10,7 admitiram tirar o dia de folga, 2,9 disseram que iria chegar mais tarde e 3,4 tentaram trabalhar de forma remota.

Contudo, este impacto não é exclusivo do fim desta série, que é já a mais popular em toda a história da HBO. A última temporada fez mossa na produtividade laboral, de acordo com 20,4 milhões de funcionários. De acordo com os seus testemunhos, 4,4 milhões de trabalhadores faltaram ao trabalho para assistir a um episódio desta temporada.

A sondagem foi ainda mais longe, questionando a amostra sobre que personagem de A Guerra dos Tronos gostariam de ter como chefe. 28% dos participantes escolheram Jon Snow, seguindo-se depois Tyrion Lannister (12%) e Daenerys Targaryen (9%). Até mesmo o antagonista Cersei Lannister foi escolhida por 2% dos participantes.

A pesquisa de opinião, realizada entre 7 e 9 de maio, inquiriu 1.090 funcionários nos Estados Unidos, tendo os especialistas extrapolado os resultados para o total de trabalhadores do país, tendo por base os números do senso populacional de 2010.

Pior cotação, maior audiência

A Guerra dos Tronos, que tem uma média geral de 9,5 na base de dados de cinema e televisão IMDB, tem visto as suas classificações a cair nesta temporada. A série tem 37 dos 73 episódios já exibidos com uma nota igual ou superior a 9 numa escala de 10. Quatro episódios atingiram mesmo a difícil marca de 9,9.

Esta tendência tem-se invertido, especialmente nesta última e oitava temporada. O último episódio, The Iron Throne, está com 4,8 de pontuação até ao momento, o pior resultado de sempre. Já The Bells, transmitido na semana passada, arrecadou 6.5.

Também o Rotten Tomatoes tem registado os números em queda nos índices de avaliação nesta temporada. O último episódio está, no momento, classificado em 58/100%.

Apesar do coro de críticas de especialistas e fãs, a série obteve esta temporada um aumento de dez milhões de espetadores por episódio, em termos médios, quando comparada com a temporada anterior. Nos Estados Unidos, registaram-se 43 milhões por episódio, de acordo com as estimativas do canal avançadas à agência Reuters. Em Portugal, nem o SyFy nem a HBO revelaram os números das audiências.

A série, que conta já com 47 Emmys, ficará na história da televisão. Vários atores recorreram já às redes sociais para se despedirem da trama de que fizeram parte durante mais de uma década. Emilia Clarke (Daenerys Targaryen), a mãe dos dragões, afirmou no Instagram que a série lhe marcou toda a vida adulta.

“O capítulo da mãe de dragões ocupou toda a minha vida adulta. Esta mulher ocupou todo o meu coração. Suei nas chamas do fogo do dragão, chorei muitas lágrimas pelos que deixaram a nossa família cedo de mais e torci o cérebro tentando fazer justiça à Khaleesi e às palavras, atos (e nomes) magistrais que me foram dados”, pode ler-se na rede social.

Também Sophie Turner, que interpretou Sansa Stark, recorreu à mesma rede social para agradecer. “Sansa, obrigada por me ensinares resiliência, bravura e o que é a verdadeira força (…) Cresci contigo. Apaixonei-me por ti aos 13 anos e agora, dez anos mais tarde, aos 23 anos, deixo-te para trás mas nunca deixarei o que me ensinaste”.

A atriz deixa ainda uma obrigada aos “mágicos” fãs: “Sem vocês não existimos. E agora a nossa vigia termina”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Filho de Bolsonaro já não vai ser embaixador em Washington

O deputado Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente do Brasil, anunciou na terça-feira, na Câmara dos Deputados, que desistiu da sua indicação para embaixador do país em Washington, nos Estados Unidos (EUA). Na véspera, Jair Bolsonaro, que …

OE2020. Catarina Martins critica chantagem da Comissão Europeia a cada ano

A coordenadora do Bloco de Esquerda criticou esta terça-feira a chantagem da Comissão Europeia em relação a Portugal repetida a cada legislatura e a cada ano, reiterando a disponibilidade "para negociar um Orçamento do Estado …

Maior parte das escolas não cumprem lei de 2009 sobre a educação sexual

Grande parte das escolas não está a cumprir a lei de 2009 que define como deve ser dada a educação sexual no ensino obrigatório, do 1.º ao 12.º ano de escolaridade. A conclusão surge num relatório …

Pouco poder, mas algum. Deputados únicos podem desencadear revisão da Constituição

Os deputados únicos não têm poder para pedir a votação do programa de Governo, ao contrário dos grupos parlamentares, nem podem sozinhos censurar o Executivo, mas podem desencadear, como qualquer parlamentar, um processo de revisão …

Funcionários públicos esperam entre 100 e 280 dias para se poderem reformar. Processo pode ser acompanhado online

A atribuição das novas pensões de reforma aos funcionários públicos está a demorar, em média, entre 100 a 280 dias - ou seja, entre três e mais de nove meses. A revelação foi feita esta terça-feira, …

"Onde está o Varandas?". Claques não faltaram à vitória do Sporting em hóquei em patins

Apesar das quebras de protocolos, Juventude Leonina e Diretivo Ultras XXI marcaram presença no jogo desta terça-feira de hóquei em patins entre o Sporting e a Oliveirense. Na noite desta terça-feira, o Pavilhão João Rocha foi …

Do azedume às contas do passado. Críticos internos atacam Rio

Depois de Rui Rio ter anunciado esta segunda-feira que se recandidata à liderança do PSD, os críticos internos vieram a público. Acusam-no de querer dividir o partido e ajustar contas com o passado e esperam …

"Acho ridículo que sejam feitas obras, portas ou não", diz Ventura

O CDS que não quer o líder do Chega no meio dos seus deputados e a solução pode mesmo passar por abrir uma porta especial para o deputado. "Acho ridículo", comenta André Ventura. Na última conferência …

Duas vitórias em 14 jogos. Benfica quer travar o calvário da Champions

O Benfica recebe esta quarta-feira o Lyon, estando praticamente obrigado a ganhar para seguir em frente na competição milionária. Apesar de reconhecer a dificuldade, Rúben Dias acredita os encarnados vão voltar aos bons resultados. A …

Barcelona-Real Madrid oficialmente adiado para 18 de dezembro

O Comité de Competições da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) concordou, esta quarta-feira, em marcar o FC Barcelona-Real Madrid, que se deveria disputar no sábado, para 18 de dezembro, "por motivos excecionais". A data inicial …