Uganda planeia aplicar pena de morte aos homossexuais

O Uganda poderá estar prestes a instituir a pena de morte para os homossexuais. Depois de uma primeira tentativa falhada há cinco anos, o governo tenciona voltar a apresentá-la.

“A homossexualidade não é natural para os ugandenses, tem havido um recrutamento maciço por gays nas escolas, onde eles promovem a falsidade de que há pessoas que nascem assim”, disse à agência Reuters o ministro da Ética e da Integridade, Simon Lokodo.

O ministro explicou, de acordo com o jornal Expresso, que enquanto a lei como atualmente existe apenas pune o ato sexual em si, passarão a ser punidos também o “recrutamento” e a “promoção”, com a pena de morte aplicável aos casos “mais graves”.

Apoiada pelo presidente Yoweri Museveni, a lei irá a discussão nas próximas semanas e deverá ser votada antes do fim do ano. Conhecida pela alcunha “Mata os Gays”, o governo tem confiança de que obterá os dois terços de votos necessários no parlamento.

Num continente onde a homossexualidade é geralmente reprovada e alvo de muitas sanções,o passo que o Uganda agora se propõe coloca o país ao lado do Brunei, que recentemente tomou decisão idêntica, embora ameaças várias de boicotes – incluindo a hotéis de luxo que são propriedade do sultão pelo mundo fora – tenham levado o governo a garantir que não tencionava de facto executar ninguém.

Desta vez, o Uganda tenciona resistir às pressões internacionais, considerando-as chantagem. “Não podemos curvar a cabeça e inclinarmo-nos perante pessoas que querem impôr uma cultura que nos é estranha”, diz Lokodo. Representantes de minorias sexuais no país têm notado que os ataques contra elas se vêm repetindo.

O Presidente do Uganda, Yoweri Museveni, promulgou em 2014 uma lei que prescrevia punições até à pena de morte e prisão perpétua para os condenados por práticas homossexuais.

O Uganda enfrentou a condenação internacional generalizada. Os Estados Unidos reduziram a ajuda, impuseram restrições de vistos e cancelaram exercícios militares. O Banco Mundial, a Suécia, a Noruega, a Dinamarca e a Holanda também suspenderam ou redirecionaram ajuda destinada ao país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …

Ventura em operação de charme no Porto depois de um atraso muito criticado no Parlamento

O deputado André Ventura, eleito pelo Chega, tem agendada para este sábado uma verdadeira operação de charme no Porto, com encontros com o presidente da Associação Comercial do Porto e com apoiantes do partido. Iniciativas …

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …