UE critica tratamento aos imigrantes em Lampedusa

 

A Comissão Europeia anunciou hoje que vai investigar as “condições degradantes” que se verificam nos centros de acolhimento de imigrantes, incluindo os da ilha italiana de Lampedusa e admite medidas contra o governo de Roma.

“Já iniciámos as investigações sobre as condições degradantes em muitos centros, incluindo os de Lampedusa”, disse hoje Cecilia Malmstroem, a comissária europeia para os Assuntos Internos, através de uma série de mensagens na rede social Twitter.

A ilha de Lampedusa tem sido utilizada como ponto de chegada para os imigrantes que cruzam o Mediterrâneo em condições precárias, tendo 300 pessoas morrido em setembro, vítimas do naufrágio de uma embarcação que transportava imigrantes irregulares.

“A União Europeia está empenhada em apoiar a Itália a receber os imigrantes, mas o acolhimento tem de ser feito em condições decentes”, escreveu Malmstroem.

“Não vamos hesitar em aplicar procedimentos (a Itália) para garantirmos que os padrões e as obrigações da União Europeia são respeitados”, escreveu ainda a responsável para os Assuntos Internos da União Europeia.

Um vídeo difundido terça-feira por uma televisão italiana e que mostra imigrantes no centro de acolhimento de Lampedusa a despirem-se e a serem desinfestados está a causar indignação, com o procedimento a ser comparado a um campo de concentração.

Nas imagens, difundidas pela cadeia de televisão estatal RAI2, vê-se alguns imigrantes a despirem-se até ficarem nus frente aos companheiros de viagem e depois a serem desinfestados.

De acordo com os dados que foram anunciados em outubro, mais de 13 mil pessoas pediram asilo em Lampedusa desde o princípio do ano.

Em dezembro, a União Europeia divulgou uma série de propostas para evitar tragédias como as que se verificaram recentemente relacionadas com os naufrágios de embarcações geralmente lotadas de refugiados, sobretudo oriundos da Somália e da Eritreia.

Estas propostas de Bruxelas devem ser discutidas, entre outros assuntos, no Conselho Europeu que começa na quinta-feira e que se prolonga até sexta-feira.

As iniciativas incluem o incremento da vigilância marítima e das medidas de combate ao tráfico de seres humanos através da abertura de canais legais para a entrada de pessoas na Europa, incluindo os métodos de instalação de refugiados na União Europeia.

Organizações de apoio à imigração estimam que entre 17 a 20 mil pessoas morreram no mar nos últimos 20 anos durante as tentativas para chegarem à Europa através das rotas do Mediterrâneo.

Nos últimos anos a crise económica tem dificultado a aplicação das medidas e verificam-se mesmo tensões políticas entre a Alemanha e os países do sul do continente, sobretudo a Grécia e a Itália.

A Comissão Europeia já recomendou o reforço das patrulhas aéreas e navais no Mediterrâneo para a interceção de embarcações que transportam imigrantes irregulares no quadro do plano Frontex que vai necessitar de mais 19 milhões de dólares para poder continuar a atividade em condições ideais.

Por outro lado, vão ser necessários mais 400 mil euros a aplicar na luta contra o tráfico e o crime organizado.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mas o que é que esses panascas de Bruxelas tem de criticar a desinfestação feita em Lampedusa. Por acaso estão a desinfestar as Crenças ou o modo de vida dos migrantes? Estão a fazer devidamente e triagem do que são verdadeiramente refugiados migrantes ou parasitas e futuros terroristas?
    Meus pretensos representantes da Europa, o que tem feito ou estão a fazer para eliminar a causa deste fluxo migratório? NADA!
    Vocês estão a enterrar o lindo Projeto Europeu e a colaborar com o fim da Civilização Ocidental.
    Ser solidário não é criticar tratamento aos imigrantes em Lampedusa, ser solidário é agir contra a raiz do problema. Os agora migrantes tem o direito de viver em paz nas suas terras, ter condições de trabalho, ter acesso á educação e á saúde em liberdade.

RESPONDER

Afinal, o centro do SEF para migrantes irregulares será mesmo em Caxias. Ministério de Cabrita mentiu

O Centro de Instalação Temporária do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) irá ser na prisão de Caxias, em Oeiras, e irá permitir que imigrantes a quem é barrada a entrada em Portugal, ou que …

Candidatos a Lisboa rejeitam antecipar confinamento (e sugerem outras soluções)

Os candidatos à Câmara de Lisboa rejeitam que, à semelhança de Sesimbra, Lisboa recue no desconfinamento. Reforço da testagem e dos rastreios são algumas das soluções. Lisboa já passou o patamar dos 240 casos por 100 …

Afinal, talvez não tenham sido os Ocidentais a descobrir a Antártida

Um novo estudo sugere que os primeiros humanos a descobrirem a Antártida não foram marinheiros ocidentais, mas sim Polinésios, que descobriram o continente há 1300 anos. De acordo com a maioria dos livros de História, a …

PSD promete fazer "perguntas embaraçosas" a Medina. Já o CDS quer mais: uma auditoria externa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, vai ser ouvido no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O PSD já garantiu que não lhe vai facilitar a …

Noah, de apenas dois anos, está desaparecido desde quarta-feira. Cadela, peça de roupa e pegadas encontradas

Um menino de dois anos está desaparecido em Proença-a-Velha, concelho de Idanha-a-Nova, desde quarta-feira de manhã. A GNR e PJ estão no local a fazer buscas com auxílio de populares que se juntaram às autoridades. Ao …

Passos avisa que há reformas que se fazem em “confronto” e não vale a pena “ficar à espera” do PS

O ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho acusou esta quarta-feira a esquerda de "desqualificar" o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e avisou que há reformas que só se fazem "em confronto", pedindo às forças políticas que "não …

Luzes cintilantes mostram potencial como novo tratamento para o Alzheimer

Uma equipa de investigadores usou som e luzes cintilantes para tratar ratos com a doença de Alzheimer, obtendo alguns resultados positivos. Agora, os cientistas testaram o mesmo tratamento em humanos, conseguindo mais uma vez resultados …

Planeta Terra passa a ter (oficialmente) cinco oceanos

A National Geographic Society fez o primeiro mapeamento dos oceanos em mais de 100 anos e, desta vez, reconhece que a Terra possui cinco oceanos. Definir as fronteiras dos oceanos da Terra não é uma tarefa …

O misterioso escurecimento da Betelgeuse foi oficialmente desvendado

A causa da misteriosa perda de brilho da estrela foi causada por uma nuvem gigante de poeira, expelida pela própria supergigante vermelha. O "Grande Escurecimento da Betelgeuse", como passou a ser conhecido, foi um fenómeno que …

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …