UE critica tratamento aos imigrantes em Lampedusa

 

A Comissão Europeia anunciou hoje que vai investigar as “condições degradantes” que se verificam nos centros de acolhimento de imigrantes, incluindo os da ilha italiana de Lampedusa e admite medidas contra o governo de Roma.

“Já iniciámos as investigações sobre as condições degradantes em muitos centros, incluindo os de Lampedusa”, disse hoje Cecilia Malmstroem, a comissária europeia para os Assuntos Internos, através de uma série de mensagens na rede social Twitter.

A ilha de Lampedusa tem sido utilizada como ponto de chegada para os imigrantes que cruzam o Mediterrâneo em condições precárias, tendo 300 pessoas morrido em setembro, vítimas do naufrágio de uma embarcação que transportava imigrantes irregulares.

“A União Europeia está empenhada em apoiar a Itália a receber os imigrantes, mas o acolhimento tem de ser feito em condições decentes”, escreveu Malmstroem.

“Não vamos hesitar em aplicar procedimentos (a Itália) para garantirmos que os padrões e as obrigações da União Europeia são respeitados”, escreveu ainda a responsável para os Assuntos Internos da União Europeia.

Um vídeo difundido terça-feira por uma televisão italiana e que mostra imigrantes no centro de acolhimento de Lampedusa a despirem-se e a serem desinfestados está a causar indignação, com o procedimento a ser comparado a um campo de concentração.

Nas imagens, difundidas pela cadeia de televisão estatal RAI2, vê-se alguns imigrantes a despirem-se até ficarem nus frente aos companheiros de viagem e depois a serem desinfestados.

De acordo com os dados que foram anunciados em outubro, mais de 13 mil pessoas pediram asilo em Lampedusa desde o princípio do ano.

Em dezembro, a União Europeia divulgou uma série de propostas para evitar tragédias como as que se verificaram recentemente relacionadas com os naufrágios de embarcações geralmente lotadas de refugiados, sobretudo oriundos da Somália e da Eritreia.

Estas propostas de Bruxelas devem ser discutidas, entre outros assuntos, no Conselho Europeu que começa na quinta-feira e que se prolonga até sexta-feira.

As iniciativas incluem o incremento da vigilância marítima e das medidas de combate ao tráfico de seres humanos através da abertura de canais legais para a entrada de pessoas na Europa, incluindo os métodos de instalação de refugiados na União Europeia.

Organizações de apoio à imigração estimam que entre 17 a 20 mil pessoas morreram no mar nos últimos 20 anos durante as tentativas para chegarem à Europa através das rotas do Mediterrâneo.

Nos últimos anos a crise económica tem dificultado a aplicação das medidas e verificam-se mesmo tensões políticas entre a Alemanha e os países do sul do continente, sobretudo a Grécia e a Itália.

A Comissão Europeia já recomendou o reforço das patrulhas aéreas e navais no Mediterrâneo para a interceção de embarcações que transportam imigrantes irregulares no quadro do plano Frontex que vai necessitar de mais 19 milhões de dólares para poder continuar a atividade em condições ideais.

Por outro lado, vão ser necessários mais 400 mil euros a aplicar na luta contra o tráfico e o crime organizado.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mas o que é que esses panascas de Bruxelas tem de criticar a desinfestação feita em Lampedusa. Por acaso estão a desinfestar as Crenças ou o modo de vida dos migrantes? Estão a fazer devidamente e triagem do que são verdadeiramente refugiados migrantes ou parasitas e futuros terroristas?
    Meus pretensos representantes da Europa, o que tem feito ou estão a fazer para eliminar a causa deste fluxo migratório? NADA!
    Vocês estão a enterrar o lindo Projeto Europeu e a colaborar com o fim da Civilização Ocidental.
    Ser solidário não é criticar tratamento aos imigrantes em Lampedusa, ser solidário é agir contra a raiz do problema. Os agora migrantes tem o direito de viver em paz nas suas terras, ter condições de trabalho, ter acesso á educação e á saúde em liberdade.

RESPONDER

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …

Turismo, indústria e energia fazem do Norte região que mais cresceu em 2018

O Norte foi a região portuguesa que mais cresceu em 2018, com um aumento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,9%, impulsionado pelo turismo, indústria e energia, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística …

Um milhão de assinaturas contra sátira de Natal da Porta dos Fundos

A petição online contra o filme “Especial de Natal: A Primeira Tentação de Cristo”, uma sátira da produtora brasileira Porta dos Fundos, exibido na Netflix, conta com mais de um milhão de assinaturas. Lançada na semana …