UE chega a acordo com Turquia e vai começar a “devolver” migrantes

Πρωθυπουργός της Ελλάδας

Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu

Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu

A União Europeia e a Turquia alcançaram esta sexta-feira um acordo para gerir a relocalização dos refugiados que chegam à Grécia pelo Mar Egeu.

O acordo, que é posto em prática já a partir de domingo, implica que os refugiados e migrantes irregulares que chegarem à Europa serão enviados de volta para a Turquia, caso o seu pedido de asilo seja rejeitado. O custo do retorno será pago pela UE.

Em contrapartida, a União Europeia concordou em acelerar o envio de três mil milhões de euros para ajudar na gestão de refugiados e ainda retomar as negociações sobre a adesão da Turquia à União Europeia. Os líderes dos 28 países comprometem-se também a discutir as leis financeiras e orçamentais turcas para as adaptar à legislação europeia.

O Conselho Europeu esteve reunido desde quinta-feira em Bruxelas para trabalhar a base de entendimento que foi apresentada hoje ao primeiro-ministro turco Ahmet Davutoglu.

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, confirmou o acordo através do Twitter, depois de os chefes de governo da Finlândia e da República Checa terem anunciado a existência de acordo no âmbito da crise migratória.

Segundo o jornal britânico The Guardian, todos os refugiados e migrantes que cheguem à Europa poderão ser mandados através do mar Egeu para a Turquia, que garante que não enviará ninguém para o país de onde fugiu, respeitando as leis internacionais.

Fontes comunitárias indicaram que, para garantir o cumprimento de leis internacionais, o documento tem uma referência expressa ao tratamento individualizado de cada pedido de asilo e que não haverá deportações coletivas.

Assim, por cada sírio devolvido à Turquia, a União Europeia compromete-se a aceitar outro sírio que esteja num campo de refugiados naquele país, dando-se prioridade aos que nunca tentaram entrar na Europa de forma irregular.

A UE compromete-se a acolher até 72 mil pessoas e no acordo fica claro que, se os números forem superiores, “este mecanismo será descontinuado”.

Este ano, mais de 145 mil pessoas já viajaram entre a Turquia e a Grécia, e mais de 350 morreram durante a travessia. Neste momento, 45 mil pessoas estão na Grécia à espera de serem relocalizadas.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. As concessões que a UE vai fazer à Turquia como moeda de troca, são muito piores do que a presença dos refugiados na UE !
    A longo prazo e com a adesão da Turquia, a Europa passa a ter uma entrada franca e sem controlo para a invasão islâmica.

    • Vire pra lá essa boca! Vale muito mais ficarem todos na Turquia do que andarem a deitar bombas pela Europa fora! Deviam ser todos devolvidos à procedência. O que eles querem não é fugir da guerra, o que querem é subsídios. Vade retro!

  2. Só acho contranatura a Turquia como financiadora do DAESH vir a pertencer à UE. Que negócios escabrosos tem a UE com a Turquia?

RESPONDER

Eis o primeiro enxame de (pequenos) buracos negros num aglomerado globular

Uma equipa de cientistas, que esperava encontrar um buraco negro de massa intermédia no coração do aglomerado globular NGC 6397, encontrou, em vez disso, evidências de uma concentração de buracos negros mais pequenos. Por vezes, na ciência, …

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …

“Ditador egoísta e despótico”. Margaret Tatcher comparou Saddam Hussein a Hitler após ataque ao Kuwait

Documentos do início da Guerra do Golfo revelam que a antiga primeira-ministra britânica Margaret Thatcher comparou Saddam Hussein a Adolf Hitler após a invasão do Kuwait pelo ditador iraquiano. De acordo com os documentos anteriormente confidenciais …

Cientistas criam "televisão" ultravioleta para animais (que nos vai ajudar a entendê-los melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, desenvolveu uma "televisão" ultravioleta para ajudar os especialistas a entender melhor a forma como os animais veem o mundo. Os monitores de televisões ou computadores têm …

Watakano, a “ilha da prostituição” que teve o seu auge nos anos 80, está agora vazia

Conhecida como “ilha da prostituição”, Watakano já foi considera um pequeno paraíso sexual. No seu auge, do final dos anos 70 a meados dos anos 80, homens faziam um curta viagem de barco até ao …

Deputado norte-americano quer banir GTA 5 e outros jogos violentos. Tudo para diminuir roubos de carros

O deputado norte-americano Marcus Evans quer proibir a venda de videojogos violentos que promovam atividades criminosas, como o GTA 5, face ao aumento dos roubos de automóveis em Chicago e um pouco por todo o …

Estudante projetou um casaco que se transforma num saco-cama para os sem-abrigo. E deu-lhes um emprego

Nos Estados Unidos, há pelo menos 567.715 pessoas que vivem nas ruas. Embora há quem vire as costas a essas estas, também há quem esteja disposto a fazer tudo para ajudar os necessitados e tirá-los …

Um livro e uma reclusa-mediterrânica. Aranhas venenosas obrigam a encerramento temporário de biblioteca nos EUA

Aranhas venenosas da espécie reclusa-mediterrânica apareceram na cave de uma biblioteca na Universidade do Michigan, nos Estados Unidos. Os funcionários de uma biblioteca da Universidade do Michigan, nos Estados Unidos, foram obrigados a encerrar temporariamente o …

Bolsonaro diz que máscaras causam "efeitos colaterais"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, disse que as máscaras causam "efeitos colaterais" e citou um alegado estudo alemão, sem acrescentar mais detalhes. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, causou polémica esta quinta-feira ao dizer que as …

Pilotos aprovam acordo de emergência na TAP

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou esta sexta-feira o acordo de emergência na TAP, adiantaram vários pilotos à Lusa. O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) aprovou o acordo de emergência na …