UE acusada de pagar aos próprios traficantes para travar imigração

A União Europeia está a contas com um processo no Tribunal Penal Internacional, onde é acusada de pagar aos próprios traficantes para parar a imigração.

Omer Shatz, advogado e professor de Direito Internacional interpôs um processo à União Europeia, em junho, no Tribunal Penal Internacional. Em colaboração com o advogado Juan Branco, sustenta que há pessoas a morrer no Mediterrâneo devido a decisões políticas tomadas pela União Europeia.

Em entrevista exclusiva ao jornal Público, Shatz disse que se trata de acusações de crimes ou homicídio por omissão, por abandonarem a “zona de buscas e salvamento”. Depois, há ainda acusação de crime por procuração, já que afastou as organizações não governamentais que ocuparam o espaço, deixando-o à responsabilidade da “guarda costeira líbia”.

As milícia líbias intercetam os migrantes que tentam fugir e levam-nos para uma espécie de “campos de concentração”, onde são torturados. Shatz realça que ninguém contesta que haja crimes a ser cometidos na Líbia a imigrantes.

O advogado diz ainda que a União Europeia está a pagar centenas de milhares de euros a estes traficantes para travar a migração. Nos últimos cinco anos, quase 20 mil pessoas morreram no Mediterrâneo e 50 mil pessoas que foram levados para a Líbia pelas milícias – e há uma tendência para este valor aumentar.

A UE “afasta os barcos das ONG e espera que cheguem os barcos da guarda costeira líbia”. Se não chegarem, deixam que morram afogados. “E não sou eu ou o Juan Branco a dizer isto. Se ler os relatórios da ONU, dos relatores da tortura, das execuções sumárias, a Human Rights Watch, a Amnistia Internacional… A própria UE retirou o seu pessoal na Líbia, porque não é seguro”, explicou.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Querida ZAP, não é “que se tratam de acusações”, é que se TRATA de acusações. O verbo tratar, quando é sinónimo de “lidar com”, só se pronuncia na 2ª pessoa do singular.

RESPONDER

Carga fiscal subiu aos 35,4% em 2018. É o valor mais alto desde 2000

A carga fiscal em Portugal subiu dos 34,3% do PIB em 2017 para os 35,4% em 2018, o valor mais elevado desde 2000, acima da média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento …

Família da jornalista assassinada apresenta queixa-crime em França contra várias figuras maltesas

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) e a família da jornalista maltesa assassinada em 2017 disseram, esta quarta-feira, que apresentaram uma queixa-crime em França por “cumplicidade em homicídio” e “corrupção” contra várias figuras maltesas implicadas …

Portugal foi o país da Europa que mais pagou a agentes de futebol

Em 2019, Portugal foi o país da Europa que mais gastou em comissões a agentes nos processos de venda de jogadores de futebol. Os números são de um relatório FIFA, citado esta quinta-feira pelo Jornal de …

"Agregar, agregar, agregar". Se vencer, Pinto Luz conta com Rio e Montengro

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz disse que caso vença as diretas de 11 de janeiro quer contar os seus adversários nesta corrida - o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o …

Açores são o único arquipélago do mundo com certificado de destino turístico sustentável

Os Açores são a primeira região do país certificada como destino turístico sustentável, distinção atribuída a apenas 13 regiões no mundo e entregue esta quinta-feira com a categoria de "prata" pela certificadora Earthcheck. "É com profundo …

Kendrick Lamar atua em data extra do Alive

O rapper norte-americano Kendrick Lamar vai atuar a 8 de julho, num dia extra do festival Alive, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Esta será a terceira vez que o rapper atua em Portugal, tendo …

Hugh Grant em campanha porta a porta contra Boris Johnson e o Brexit

Hugh Grant está em campanha contra o primeiro-ministro do seu país. O ator britânico decidiu juntar-se aos trabalhistas e liberais democratas para derrotar Boris Johnson e, nos últimos dias, tem participado em ações de campanha …

Sarah previu a vitória de Trump em 2016. Agora, alerta para o perigo das redes sociais

Sarah Kendzior, que previu a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de 2016, diz que as redes sociais podem ser utilizadas como uma arma política. Quando quase todos menosprezavam a corrida eleitoral de Donald Trump …

Marcelo "afasta-se" do encontro entre Pompeo e Netanyahu

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, garantiu esta quinta-feira que o encontro, que decorre em Lisboa, entre o secretário de estado dos Estados Unidos e o primeiro ministro israelita "é uma realidade que …

Economia portuguesa cresce acima da média europeia

As economias da zona euro e da União Europeia (UE) mantiveram, no terceiro trimestre, o ritmo de crescimento do período homólogo, respetivamente 1,2% e 1,4%, com Portugal a avançar acima da média (1,9%). Segundo revelou o …