Twitter apaga publicações de Bolsonaro que defendiam fim das medidas de contenção

Marcelo Sayao / EPA

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

O Twitter bloqueou dois vídeos publicados no perfil oficial de Jair Bolsonaro sobre a visita que fez no domingo a vários pontos de Brasília, contrariando as recomendações sanitárias da Organização Mundial de Saúde (OMS) para conter o novo coronavírus.

O Twitter bloqueou dois vídeos publicados no perfil oficial do Presidente brasileiro sobre a visita que fez este domingo a vários pontos de Brasília, contrariando as recomendações sanitárias para conter o coronavírus. “Este tweet não está mais disponível porque violou as regras do Twitter”, lê-se na conta de Jair Bolsonaro.

Nos dois vídeos apagados, o Presidente do Brasil, de 65 anos, defendeu o fim das medidas de contenção em vigor em muitos estados do país e o uso de cloroquina no tratamento da doença, apesar da eficácia do medicamento ainda não ter sido totalmente comprovada.

Numa nota enviada aos media locais, o Twitter lembrou que incluiu recentemente nos seus critérios de exclusão mensagens que fossem “contra informações de saúde pública direcionadas por fontes oficiais e que poderiam colocar as pessoas em maior risco de transmitir a covid-19″.

O primeiro dos vídeos bloqueados foi em Taguatinga, uma das cidades satélites da capital brasileira, no qual se via Bolsonaro a conversar com um vendedor ambulante de espetos de carne. “Eu conversei com as pessoas e elas querem trabalhar. É o que eu disse desde o início. Vamos tomar cuidado, com mais de 65 [anos] deve ficar em casa.”

Por outro lado, defendeu que a cloroquina, um medicamento usado contra a malária e outras doenças, “está funcionando em todos os lugares” contra o novo vírus. No entanto, neste domingo, o governo do estado da Bahia (nordeste) anunciou a morte por covid-19 de um homem de 74 anos que havia tomado o medicamento.

No segundo vídeo, num supermercado, volta a motivar aglomerações, critica as medidas de isolamento e diz aos jornalistas que “o país fica imune quando 60, 70% forem infetados” e que um remédio contra o novo coronavírus “já é uma realidade”.

Bolsonaro, por decreto, permitiu que casas de lotarias e templos religiosos continuassem em funcionar, embora a Justiça tenha revogado a medida. No entanto, neste domingo, anunciou que vai recorrer.

Apesar de o ministro da Saúde do Brasil, Luiz Henrique Mandetta, ter frisado, no sábado, a necessidade de isolamento social para evitar o avanço da doença, Jair Bolsonaro contrariou as recomendações sanitárias de quarentena no país e passeou pelas localidades de Ceilândia, Sobradinho e Taguatinga, na área metropolitana de Brasília.

As visitas surpresa do Presidente brasileiro, que não constavam da agenda oficial, aconteceram também após várias críticas de Bolsonaro à forma como diversos estados, nomeadamente São Paulo, têm reagido à pandemia. “Temos o problema do vírus, ninguém nega, mas também a questão do desemprego. O emprego é essencial.”

O número de mortos no Brasil devido ao novo coronavírus aumentou este domingo para 136, sendo que o país ultrapassou os quatro mil casos confirmados da doença, registando 4.256 infetados, informou o Ministério da Saúde do país. Segundo o Executivo brasileiro, a taxa de mortalidade da covid-19 no Brasil é de 3,2%, de momento.

O país sul-americano registou um aumento de 352 infetados e de 25 óbitos nas últimas 24 horas, sendo que todas as regiões do Brasil – norte, nordeste, sudeste, centro-oeste e sul – têm mortes confirmadas.

São Paulo é o estado brasileiro mais afetado, totalizando 98 mortos e 1.451 infetados. Segue-se o Rio de Janeiro com 17 óbitos e 600 infetados e o Ceará que, até ao momento, contabilizou cinco vítimas mortais e 348 casos positivos da covid-19.

O sudeste brasileiro, que engloba os estados de São Paulo e Rio de Janeiro, é a região com o maior número de infetados, totalizando 2.342 casos confirmados do vírus. No lado oposto está a região norte do país, com 227 casos de infeção.

 

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Bolsonaro , igual ao trump e presidente chines , escondem o que está a vista de todos .
    Gato com o rabo de fora , para todos os brasileiros , que votaram bolsonaro . Afinal era o suprasumo da juntiça o Lula é que era corrupto, e agora ??

  2. Pois é. Será que um dos Governadores terá razão em questionar a sanidade mental deste excremento?…
    Finalmente a culpa não está em Bolsonaro, sim na ignorância de quem votou.

  3. Por o pouco que vi e sobretudo ouvi sair da boca desta criatura em declarações publicas, é puramente inclassificável. Tanto nos argumentos como na expressão, deixam adivinhar uma certa perversidade de caris fascista. Um grande País, no mínimo, nas mãos de um perigoso doente mental alucinado!

  4. Qual o problema ? Temos “bolsonarinhos” cá em Portugal tambem, mas infelizmente a estes ninguem corta a lingua

    Olhem este “especialista” de vao de escada (é informatico) que anda ha meses a pregoar aos patetas como ele que o virus é inofensivo e que as mortes é tudo mentira
    Tem uma legiao de seguidores ao jeito de lider espiritual

    https://www.facebook.com/andreserradias/

  5. Quando é que o Twiter e o Facebook se preocupam em apagar as coisas comprovadamente falsas como Astrologia, tratamentos com cristais, etc.? As regras têm que ser iguais para todos os que difundem informação errada!
    Bolsonaro e Trump são pessoas em quem não votaria, que se aproveitam de terem os media contra eles para ganharem os votos da maioria da população. O que é que o Bolsonaro vai dizer sobre isto? “Lá está a esquerda ### internacional a bloquear o que o Presidente eleito do pais diz!” (mais uns votos que vai ter nas próximas eleições!)

RESPONDER

Biden põe termo a contratos com as prisões privadas

A conselheira em política interna do Presidente dos Estados Unidos (EUA), Susan Rice, informou que Joe Biden iria assinar na terça-feira um decreto para pôr termo à utilização das prisões privadas do país no sistema carcerário …

Rodrigues dos Santos quer dar a mão ao PSD para derrotar Medina em Lisboa

Francisco Rodrigues dos Santos considera que uma coligação PSD/CDS-PP nas eleições autárquicas é a “única hipótese” para derrotar o atual presidente da Câmara de Lisboa, o socialista Fernando Medina, mas recusa adiantar quem poderá ser …

Patrões não podem recusar apoio nem faltas justificadas aos pais

Especialistas destacam que as entidades empregadoras não podem opor-se às faltas justificadas de pais que fiquem em casa para tomar conta dos filhos, nem recusar-se a prestar o apoio excecional à família. Com o encerramento das …

Voos e 2 mil libras. Reino Unido oferece incentivos a cidadãos da UE que queiram abandonar o país

O Governo britânico está a oferecer incentivos financeiros para os cidadãos da União Europeia (UE) deixarem o Reino Unido, meses antes do prazo para solicitar o estatuto de residente permanente De acordo com o jornal britânico …

Novo máximo diário de mortes por covid-19. Há mais 15.073 novos casos e 293 óbitos

Portugal registou esta quarta-feira 15.073 novos casos de infeção por covid-19 e mais 293 mortes, o maior número de óbitos em 24 horas desde o início da pandemia, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde …

Três sismos abalaram a cidade de Granada na passada noite. Pedro Sánchez pede "calma"

Mais de meio milhão de pessoas que vivem em Granada, sul de Espanha, despertaram hoje inquietas depois do sobressalto causado durante a noite por três sismos de magnitude superior a quatro graus seguidos de 30 …

Isabel dos Santos vai ter mesmo de pagar 339,4 milhões de dólares à Sonangol

O Tribunal de Recurso de Paris decidiu, esta terça-feira, a favor da PT Ventures (Sonangol), no âmbito do processo de anulação interposto pela Vidatel, da empresária angolana, que terá de pagar 339,4 milhões de dólares. Em …

Islândia começou a emitir "passaportes de vacinação"

A Islândia é um dos primeiros países a emitir os chamados "passaportes de vacinação" com o objetivo de facilitar as viagens de pessoas imunizadas contra a covid-19. A questão é polémica e divide os 27 …

Máscaras compradas no supermercado só são dedutíveis no IRS com fatura à parte

As máscaras de proteção social compradas em supermercados ou lojas precisam de uma fatura à parte para serem dedutíveis no IRS, avança o Jornal de Notícias. Se foram compradas em farmácia, a a fatura habitual …

Alemanha admite reduzir tráfego aéreo "a quase nada". Irlanda prolonga terceiro confinamento

A Alemanha admite reduzir “a quase nada” o tráfego internacional com destino ao seu território devido à pandemia de covid-19, anunciou esta terça-feira o ministro do Interior. “O perigo representado pelas diferentes mutações do vírus exige …