O turismo está a converter o Evereste no cemitério mais alto do mundo

As exigências físicas e mentais não estão a impedir que se difunda o turismo de altas altitudes e baixas temperaturas. Na semana passada, mais de 200 alpinistas subiram a montanha, quebrando um novo recorde.

Mas o ano passado também foi histórico: na primavera conseguiram coroar 802 pessoas. Apenas um dispensou oxigénio suplementar e cinco morreram. O recorde anterior (de 2013) confirma que é uma tendência. Naquele ano, 670 pessoas chegaram ao cume em todas as rotas e seis pessoas morreram.

“A evolução nos últimos 15 anos tem sido brutal”, conta Sebastián Álvaro à ABC. “Este ano há aproximadamente 400 pessoas. E ainda temos de ver as estatísticas da encosta norte, dos chineses”.

Para as autoridades nepalesas, a maioria das mortes – que já chegam às 10 – deveu-se a fraqueza, exaustão e atrasos em uma rota lotada, com filas de várias horas num passo estreito da encosta. Esta é a época mais popular do ano para escalar o Evereste devido às condições meteorológicas.

Dificuldades a oito mil metros de altitude não só é inconveniente, como se torna numa armadilha mortal para um corpo que atinge o limite, com as forças dizimadas. Alguns da expedição que ficou presa disse que o retorno ao acampamento base atrasou três horas.

“Espersr a temperaturas abaixo de zero, ventos fortes e sem oxigénio suficiente pode causar erros que acabam em quedas fatais e colapsos”, explica Ricardo Arregui, chefe de Neurocirurgia Clínica Maz.

Arregui sabe do que está a falar. Não há montanhista que tenha sofrido um congelamento que não conheça este especialista. Arregui também viu ao vivo o boom turístico da montanha mais alta do mundo. “Há 27 anos, não era a inundação de agora”.

O uso de garrafas de oxigénio domesticou a montanha. “Converte os oito mil metros nas montanhas mais fácil como se não excedesse os seis mil metros, mas quando se tem que esperar filas, há o risco de ficar sem oxigénio e pode ser letal”, diz Arregui. Nessa altura, o corpo tenta adaptar: aumenta a produção de células vermelhas do sangue para transportar melhor o pouco oxigénio que tem sangue e torna-se mais densa e viscosa, que aumenta tanto o risco de trombose”.

“O que estão a fazer no Evereste não tem nada a ver com montanhismo ou escalada, mas um negócio de várias agências que levam as pessoas com uma falsa promessa de segurança e de uma aventura”, diz o alpinista Sebastián Álvaro.

O Governo do Nepal não regula subidas e recebe quatro milhões de euros em autorizações, enquanto algumas empresas recebem em mês e meio mais de 20 milhões. “Eles sequestraram o Evereste”, diz, juntamente com outras montanhas dos Himalaias.

A superlotação também acontece porque as pessoas estão menos preparadas do que há algumas décadas, onde era habitual começar com as montanhas mais próximas e depois pelas mais difíceis. “Agora, as pessoas ignoram todo o período de aprendizagem”, critica Álvaro.

“Pessoas sem escrúpulos, dispostos a negociar com a vida dos outros, e as pessoas sem senso comum estão dispostos a acreditar”. A única coisa que é certa, diz o especialista, é que, no topo do Evereste, há 300 corpos “É o cemitério mais alto do mundo.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Parlamento aprova despenalização da eutanásia

Os cinco projetos de lei que despenalizam a eutanásia do BE, PAN, PS, PEV e IL foram aprovados, esta quinta-feira, na generalidade, na Assembleia da República. O projeto de lei do Partido Socialista recebeu 128 votos …

Tribunal da Relação mantém penas de prisão para ex-seguranças do Urban Beach

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) decidiu manter as penas efetivas aplicadas pelo tribunal de 1.º instância aos ex-seguranças da discoteca Urban Beach acusados por tentativa de homicídio de dois homens. Segundo o acórdão, a …

Mafioso português Joe Barbosa retratado em livro sobre a Cosa Nostra, o FBI e a justiça nos EUA

Ser português travou a ascensão de Joseph Barbosa na máfia italiana nos Estados Unidos (EUA), mas foi em língua portuguesa o seu elogio fúnebre, após ser assassinado por denunciar mafiosos culpados e inocentes e expor …

Testes deram negativo em mais uma criança internada por suspeita de Covid-19

Uma criança regressada da China foi encaminhada, esta quinta-feira, para o Hospital D. Estefânia, por suspeita de infeção pelo novo coronavírus, mas as análises deram negativo, anunciou a Direção-Geral da Saúde (DGS). Num comunicado publicado no …

A China até já está "a queimar" dinheiro para combater o coronavírus

A luta entre a China e o novo coronavírus, o Covid-19, tem colocado os órgãos governamentais em alerta. O governo parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença - nem que seja preciso, …

Barcelona contrata Braithwaite para substituir Dembélé

O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do futebolista dinamarquês, do Leganés, para substituir o lesionado Dembélé, depois de pagar a cláusula de rescisão de 18 milhões de euros. Com a contratação de Martin Braithwaite, …

Senador do Ceará baleado ao tentar invadir com uma retroescavadora um quartel tomado por polícias amotinados

Esta quarta-feira, Cid Gomes foi baleado depois de ter invadido com uma retroescavadora um portão de um quartel da Polícia Militar na cidade de Sobral, no estado do Ceará. O senador Cid Gomes foi baleado, na noite …

PS acusa Bloco de "má fé" na escolha de juízes para o Constitucional

O Bloco não gostou de ter ficado de fora da escolha dos dois novos juízes para o Tribunal Constitucional. PS acusa agora o partido de esquerda de "má fé". Numa conferência de imprensa no Parlamento, esta …

Justiça suíça acusa presidente do PSG e ex-responsável da FIFA de gestão danosa

O presidente do Paris Saint-Germain e um antigo secretário-geral da FIFA foram acusados de gestão danosa pela justiça suíça, numa investigação sobre os direitos televisivos do Mundial de futebol. O Ministério Público da Suíça acusa Nasser …

PJ deteve falsa psiquiatra que dava "consultas" em casa em Braga

A Polícia Judiciária (PJ) de Braga deteve uma mulher, de 38 anos, que se fazia passar por médica psiquiátrica e que dava "consultas" na sua residência. Em comunicado, a Polícia Judiciária (PJ) de Braga refere que, …