Turismo de Portugal tem 10 milhões para apoiar campanhas de empresas que promovam o país

matthijs / Flickr

O Turismo de Portugal tem dez milhões de euros, que vão servir para financiar iniciativas “de valorização, inovação e promoção do destino Portugal” até 2025.

A dotação de dez milhões de euros, aprovada por despacho de Governo, tem como objetivo apoiar financeiramente projetos de promoção turística do país, através de “campanhas de marketing de destinos regionais”, segundo o despacho que foi publicado esta segunda-feira em Diário da República.

De acordo com o ECO, o Turismo de Portugal tem dez milhões para atribuir em apoios em cinco anos -uma “alocação anual indicativa” de 2,5 milhões. A verba é proveniente das receitas da instituição liderada por Luís Araújo e será atribuída “na forma de comparticipação financeira de natureza não reembolsável” – a fundo perdido.

Os critérios e limites para atribuição dos apoios ainda serão fixados pelo membro do Governo responsável pela área do Turismo, mas irão variar “consoante os setores de atividade económica em que se desenvolvem as medidas, ações e projetos objeto desses apoios”. Caso haja manifesto benefício para o setor turístico, os apoios poderão ser majorados até um máximo de 30%.

As empresas interessadas podem candidatar-se até 31 de março de 2025, através de e-mail, sendo que a resposta do chega num prazo de 30 dias após o envio da candidatura. A empresa deve identificar-se, demonstrar que cumpre as condições de acesso, descrever a medida, ação ou projeto e a forma como esta se irá desenvolver, identificar os impactos positivos e os custos, e indicar o apoio que considera ser necessário.

As empresas devem reunir quatro requisitos: ser um agente económico da cadeia de produção e distribuição turística no(s) mercado(s) em que atua; cumprir as condições legais necessárias ao exercício da respetiva atividade; não ter dívidas ao Fisco e à Segurança Social em Portugal ou ao Turismo de Portugal; e ter estrutura organizacional e recursos, existentes ou potenciais, que confiram capacidade técnica e financeira adequada à concretização da medida ou do projeto.

Os projetos detem ter como objetivo o aumento do número de turistas estrangeiros chegados a Portugal; aumento do número de hóspedes e dormidas; aumento das receitas turísticas; redução da sazonalidade; dispersão territorial dos fluxos turísticos; programação de novos produtos turísticos ou programas de notória mais-valia para Portugal, e respetiva distribuição; aumento da notoriedade do destino Portugal e dos seus destinos regionais junto dos clientes e potenciais clientes dos promotores.

Os promotores devem manter todos os registos e documentos que comprovem a execução da medida durante cinco anos, uma vez que podem ser conduzidas ações de fiscalização.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

No novo ano letivo, a Educação Física continua a ser maior incógnita

No início de julho, o Ministério da Educação anunciou algumas orientações sobre o próximo ano letivo que não contemplavam a Educação Física e o futuro da disciplina continua a ser uma incógnita.  Nas escolas, a falta …

FC Porto já só sonha com o título, mas Amorim não faz vida fácil aos "dragões"

O FC Porto só precisa de empatar com o Sporting CP para ser campeão. Rúben Amorim quer estragar a festa dos portistas, embora não lhe interessem quer acabe por vencer o campeonato. O SL Benfica manteve …

Companhias aéreas e aeroportos arriscam multas até 2 mil euros por cada passageiro sem teste negativo

O Governo clarificou esta terça-feira as regras sobre tráfego aéreo e gestão de aeroportos no quadro da pandemia de covid-19 e estabeleceu o regime sancionatório do incumprimento dessas regras. "Clarificam-se regras referentes ao tráfego aéreo e …

GES já estava falido cinco anos antes de colapsar. Salgado acusado de 65 crimes

O Ministério Público acusa o ex-banqueiro Ricardo Salgado de 65 crimes no âmbito do caso BES. O Grupo Espírito Santo já estava falido cinco anos antes de colapsar. O Ministério Público proferiu, esta terça-feira, o despacho …

De achado a fardo. RDT complica contas do recém-despromovido Espanyol

O ex-Benfica RDT está a complicar as contas da próxima temporada do recém-despromovido Espanyol, uma vez que aufere quase meio milhão por mês e que a descida ao segundo escalão do futebol espanhol obriga a …

Governo quer desenvolver interligação elétrica a Marrocos que consta no plano de Costa e Silva

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, disse esta quarta-feira que o Governo quer desenvolver a questão da interligação elétrica a Marrocos, contemplada na versão preliminar do plano de recuperação económica do gestor da …

Onde está o túmulo da Cleópatra? Duas novas múmias podem desvendar um dos maiores mistérios do Egito

A arqueóloga Kathleen Martinez, que estuda há 14 anos o sítio arqueológico de Taposiris Magna, no delta do Nilo, encontrou duas múmias que podem dar pistas para o túmulo de Cleópatra. No início de 2019, o …

França e Inglaterra impõem uso obrigatório de máscara em locais públicos fechados

O uso de máscara em locais públicos fechados, como lojas e supermercados, passa a ser obrigatório em França e no Reino Unido, visando combater a propagação do novo coronavírus, anunciaram esta semana os respetivos países …

Bombeiros acusam autarca de Paços de Ferreira de desrespeitar confinamento após teste positivo

Bombeiros da corporação de Paços de Ferreira dizem ter comunicado à GNR que o presidente da Câmara local, Humberto Brito, "desrespeitou o isolamento profilático de 14 dias a que estava obrigado" após ter declarado que …

Preferimos irracionalmente os números redondos (mesmo quando os exatos nos favorecem mais)

Uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos concluiu que o Homem tem uma preferência irracional por números arredondados, optando por estes mesmo em situações em que os números exatos o favorecem mais. Prefere …