De passagem secreta a cemitério de carros. Túnel sob Nápoles “esconde” veículos enferrujados da II Guerra

No centro de Nápoles, em Itália, há veículos e motocicletas abandonados e enferrujados dos anos 1940 alinhados num túnel a mais de 30 metros abaixo dos seus pés.

A Piazza del Plebiscito foi nomeada após uma votação em outubro de 1860 que decretou a anexação do reino das Duas Sicílias, que governava todo o sul da Itália. Depois, o país foi unido para se tornar o Reino da Itália e o palácio real foi construído num lado da praça. Do outro, a igreja de San Francesco di Paola ergue-se majestosamente.

Sob esta praça fica o túnel Bourbon, que foi encomendado em meados de 1800 pelo rei Ferdinando II de Bourbon. O rei, que governou a Sicília e Nápoles, precisava de uma passagem secreta para a família real viajar do Palácio Real para o quartel militar.

O túnel revestido de rocha vulcânica serpenteia através do sistema de aqueduto Carmignano existente que a cidade construiu no início de 1600 – e foi projetado para durar.

A passagem parcialmente acabada – o rei morreu antes da sua conclusão – serviu como abrigo antiaéreo durante a II Guerra Mundial.

Quem percorrer os túneis encontrará objetos pessoais como escovas de cabelo, brinquedos e camas. De acordo com o The Drive, durante a limpeza massiva após a guerra, o túnel tornou-se um cemitério para carros e motocicletas apreendidos juntamente com outros escombros e entulho.

Além disso, estátuas de diferentes períodos foram descobertas no túnel, incluindo um monumento funerário descartado em homenagem ao Capitão Aurelio Padovani, fundador do partido fascista napolitano.

Geólogos que trabalhavam no túnel em 2007 descobriram uma passagem murada que levava a outro acesso ao abrigo antiaéreo. Setenta e cinco degraus e uma escada estreita levam a uma sala atrás da igreja na praça. Foi lacrada e esquecida nos anos 70 antes da redescoberta em 2007, quando surgiram dezenas de automóveis, scooters e motocicletas antigos e enferrujados.

Agora restaurada e aberta para passeios ao fim de semana, a Galleria Borbonica pode ser percorrida a pé.

No local onde o governo de Mussolini construiu um abrigo antiaéreo e um hospital de guerra, duas palavras italianas estão rabiscadas na parede: Noi vivi – ou “vivemos”.

Aqui, escondidos da luz do sol, estes carros enferrujados vivem para sempre.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

UE dá exemplo de Portugal para defender salário mínimo europeu

O comissário europeu do Emprego, Nicolas Schmit, diz esperar um acordo ou pelo menos "bastante progresso" sobre a proposta comunitária para garantir salários mínimos adequados em todos os Estados-membros da União Europeia (UE) e dá …

Na primeira fase, será possível administrar 400 mil doses de vacinas “numa semana a dez dias”. Segunda ronda pode ser crítica

Os especialistas já fazem previsões. Se por um lado a primeira fase da vacinação contra a covid-19 se adivinha rápida, a segunda será poderá ser muito complicada. Os representantes dos profissionais dos centros de saúde - …

Bruxelas conclui que Zona Franca da Madeira violou regras e quer devolução das "ajudas indevidas"

A Comissão Europeia (CE) conclui que o regime da Zona Franca da Madeira (ZFM) desrespeitou as regras de ajudas estatais, pois abrangeu empresas que não contribuíram para o desenvolvimento da região, pelo que Portugal deve …

Chuva de críticas ao plano nacional de vacinação: "É vasto em imprecisões e impreparações"

Francisco Rodrigues dos Santos considerou que "faltou planeamento" no plano de vacinação português e observou que "basta comparar" com aqueles anunciados "na Alemanha, no Reino Unido ou em Espanha para perceber que há diferenças abismais". O …

O corpo ideal? O mistério das enigmáticas figuras pré-históricas de Vénus pode ter sido resolvido

Um dos primeiros exemplos mundiais de arte, as enigmáticas estatuetas de "Vénus" esculpidas há cerca de 30 mil anos, intrigaram os cientistas durante quase dois séculos. Agora, o mistério das estranhas figuras pode ter sido …

Nova geringonça à vista? Rui Rio mostra-se disposto a governar mesmo sem vencer eleições

São muitos os sinais que tem dado. Rui Rio está disponível para liderar uma futura maioria de direita se esta vier a surgir no quadro de futuras eleições legislativas - mesmo que o PSD seja …

Cientistas encontram nova criatura gelatinosa no fundo do mar (mas podem nunca mais voltar a vê-la)

Uma equipa de investigadores da Administração Nacional de Pesca Oceânica e Atmosférica (NOAA) revelou que descobriu Duobrachium sparksae, uma nova espécie de ctenóforo - ou águas-vivas-de-pente. A descoberta foi feita remotamente usando imagens de vídeo de …

Costa anuncia hoje medidas que vão vigorar nos períodos de Natal e de passagem de ano

O primeiro-ministro anuncia hoje as medidas de combate à covid-19 enquadradas pelo decreto presidencial de estado de emergência, que indicativamente vigorará até 7 de janeiro, incluindo os períodos de Natal e de passagem de ano. Na …

Especialistas explicam de que forma o novo coronavírus pode afetar o cérebro

Através do uso de amostras de tecido de pacientes que já morreram, uma equipa de investigadores conseguiu desvendar os mecanismos pelos quais o coronavírus é capaz de chegar ao cérebro de pacientes com covid-19 e …

Há círculos fantasmagóricos nunca antes vistos no céu (e os astrónomos não sabem o que são)

Em setembro de 2019, uma equipa de investigadores fez uma apresentação sobre objetos interessantes encontrados em novos dados radioastronómicos. Esses objeto tinham formas muito estranhas que não cabiam facilmente em nenhum tipo de conceito conhecido. A …