De passagem secreta a cemitério de carros. Túnel sob Nápoles “esconde” veículos enferrujados da II Guerra

No centro de Nápoles, em Itália, há veículos e motocicletas abandonados e enferrujados dos anos 1940 alinhados num túnel a mais de 30 metros abaixo dos seus pés.

A Piazza del Plebiscito foi nomeada após uma votação em outubro de 1860 que decretou a anexação do reino das Duas Sicílias, que governava todo o sul da Itália. Depois, o país foi unido para se tornar o Reino da Itália e o palácio real foi construído num lado da praça. Do outro, a igreja de San Francesco di Paola ergue-se majestosamente.

Sob esta praça fica o túnel Bourbon, que foi encomendado em meados de 1800 pelo rei Ferdinando II de Bourbon. O rei, que governou a Sicília e Nápoles, precisava de uma passagem secreta para a família real viajar do Palácio Real para o quartel militar.

O túnel revestido de rocha vulcânica serpenteia através do sistema de aqueduto Carmignano existente que a cidade construiu no início de 1600 – e foi projetado para durar.

A passagem parcialmente acabada – o rei morreu antes da sua conclusão – serviu como abrigo antiaéreo durante a II Guerra Mundial.

Quem percorrer os túneis encontrará objetos pessoais como escovas de cabelo, brinquedos e camas. De acordo com o The Drive, durante a limpeza massiva após a guerra, o túnel tornou-se um cemitério para carros e motocicletas apreendidos juntamente com outros escombros e entulho.

Além disso, estátuas de diferentes períodos foram descobertas no túnel, incluindo um monumento funerário descartado em homenagem ao Capitão Aurelio Padovani, fundador do partido fascista napolitano.

Geólogos que trabalhavam no túnel em 2007 descobriram uma passagem murada que levava a outro acesso ao abrigo antiaéreo. Setenta e cinco degraus e uma escada estreita levam a uma sala atrás da igreja na praça. Foi lacrada e esquecida nos anos 70 antes da redescoberta em 2007, quando surgiram dezenas de automóveis, scooters e motocicletas antigos e enferrujados.

Agora restaurada e aberta para passeios ao fim de semana, a Galleria Borbonica pode ser percorrida a pé.

No local onde o governo de Mussolini construiu um abrigo antiaéreo e um hospital de guerra, duas palavras italianas estão rabiscadas na parede: Noi vivi – ou “vivemos”.

Aqui, escondidos da luz do sol, estes carros enferrujados vivem para sempre.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Fauci revela que uso de máscara está a ser revisto nos EUA para pessoas vacinadas

Anthony Fauci, conselheiro de saúde da Casa Branca, disse que os Estados Unidos estão a estudar a possibilidade de levantar a obrigatoriedade do uso de máscara para pessoas vacinadas contra a covid-19. Este domingo, Anthony Fauci …

Tratamentos de radioterapia em risco no IPO de Lisboa

Tratamentos de radioterapia no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa estão em risco devido à falta de profissionais. O IPO de Lisboa conta com sete aceleradores lineares, aparelhos sofisticados que obrigam à presença física de …

Presidente de associação solidária acusado de violar e escravizar mulheres em situações precárias

O presidente da associação "Paz no Coração" está a ser acusado por 60 crimes sexuais. Atualmente, encontra-se em prisão preventiva. Alfredo Marques Carvalho, líder da associação, acolhia vítimas de violência doméstica, atiradas para a rua com …

Sócrates sai em defesa de Vieira. Em Portugal, "prende-se primeiro e pergunta-se depois"

Em Portugal, "prende-se primeiro e pergunta-se depois", considera o antigo primeiro-ministro José Sócrates, num artigo de opinião publicado esta segunda-feira no qual reage às detenções de Luís Filipe Vieira e Joe Berardo. "Tudo igual, tudo igual, …

Thomas Daley: o ouro para quem sofreu muito

Bullying na escola, morte do pai, homossexualidade, incapaz de caminhar. Thomas Daley venceu uma prova de saltos para a água, em Tóquio, ao lado do também britânico Matty Lee. Surpresa nos saltos para a água, nos …

Depois de uma época dourada, Portugal cai sete lugares no ranking da inovação

A economia nacional caiu sete posições, naquela que é a primeira inversão na trajetória ascendente desde 2014. Apesar do recuo, Portugal melhorou em 18 dos 32 indicadores. A notícia, avançada esta segunda-feira pelo jornal Público, dá …

Mortes de crianças com covid-19 disparam na Indonésia. No Reino Unido aumentam casos graves entre jovens

Médicos britânicos alertaram para o aumento do número de crianças e jovens infetados com covid-19 a dar entrada nos hospitais, apelando à vacinação para não "sofrerem desnecessariamente" com a evolução da doença. "Os doentes estão a …

Empresa portuguesa arrisca multa por enviar ilegalmente resíduos de plástico para a Roménia

Uma empresa portuguesa foi apanhada a enviar resíduos de plástico para a Roménia sem cumprir os requisitos necessários para o fazer. Segundo noticia o Público, a Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento …

Marcos Freitas e Fu Yu brilham no ténis de mesa, Yolanda Sequeira avança no surf

Do ténis de mesa ao surf, a armada portuguesa em Tóquio tem estado em destaque. Marcos Freitas, Fu Yu e Yolanda Sequeira progrediram nas suas respetivas competições. O português Marcos Freitas apurou-se hoje para os oitavos …

Um pouco por todo o mundo, protesta-se contra o "passaporte da escravidão" às vacinas

O fim-de-semana foi marcado por manifestações em Itália, na Grécia, na França, no Reino Unido e na Austrália contra as proibições a quem não tem certificados de vacinação ou testes PCR. Vários governos têm apertado as …