Descoberta de túmulos da dinastia Yuan lança nova luz sobre as cerimónias fúnebres da época

(dr) Jinan Archaeological Research Institute

Um equipa de arqueólogos descobriu, em Jinan, no leste da China, vários túmulos da dinastia de Yuan, sendo que alguns apresentavam impressionantes murais bem preservados.

As descobertas surgiram no seguimento de um trabalho de escavação iniciado antes da construção do Projeto Jinan Eastern Suburb, na cidade de Jinan, localizada no leste da China.

As escavações foram frutíferas, pois revelaram uma série de túmulos de diferentes períodos da história da China, incluindo a dinastia Han, a dinastia Yuan e a dinastia Qing.

Embora muitas dos túmulos já tenham sido assaltados e marginalizados, a equipa ainda encontrou mais de 60 conjuntos de artefactos chineses.

Segundo o Ancient Origins, a variedade de épocas encontrada no âmbito da descoberta dos túmulos indica que o local já foi um grande cemitério que existiu durante muitos anos, o que dá aos arqueólogos uma nova luz sobre as tradições funerárias e práticas culturais antigas na região de Jinan.

Entre os 35 túmulos encontrados, 12 datam da dinastia Yuan, que foi estabelecida em 1271 e durou até 1368.

Um deles era um túmulo com câmara de pedra, enquanto os outros 11 foram categorizadas como túmulos murais esculpidas em tijolos. Um dos detalhes mais raros desta descoberta é que os túmulos continham informações claras sobre as pessoas que foram enterradas naquele local.

Além dos túmulos da Dinastia Yuan, foram encontrados outros 12 que datam da era da dinastia Qing. Contudo, a equipa ainda não conseguiu datar os 11 túmulos restantes.

No local, os arqueólogos encontraram ainda moedas de cobre, espelhos de bronze, cerâmica e porcelana, além de outros artefactos. A equipa espera que a análise ajude a compreender a evolução da porcelana em Shandong durante a era da dinastia Yuan.

Um outro detalhes mostra que os túmulos foram dispostos de maneira planeada e ordenada, o que significa que as pessoas ali enterradas eram, provavelmente, parentes de sangue. Estes dados fornecem novos detalhes sobre a forma como os cemitérios familiares foram organizados durante este período específico da história de Jinan.

A dinastia Yuan, frequentemente chamada de Grande Yuan, foi fundada no final do século XIII por Kublai Khan do clã Mongol Borjihin.

Com uma duração de menos de 100 anos, a dinastia Yuan foi a primeira dinastia chinesa liderada por estrangeiros e foi estabelecida após a campanha mongol para conquistar a região.

A criação do nome dinástico foi uma forma de legitimar o domínio mongol e integrá-los à narrativa tradicional chinesa.

Os Yuan são recordados pelas suas contribuições à astrologia, matemática, tecnologia de armas, inovações na arte da cerâmica e pelo uso do papel-moeda.

Acredita-se que o fim da dinastia Yuan se deveu aos gastos excessivos dos seus elementos em grandes projetos de construção e conquistas.

Ana Isabel Moura, ZAP //

 

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Aconselha-se a República Popular da China a que continue a escavar, e que escave bem fundo, para ver se encontra alguns vestígios da cultura chinesa; depois de ter destruído todos os que havia, na Grande Revolução Cultural Proletária.

RESPONDER

Uma bactéria que "come carne" está a causar mortes da Flórida

A bactéria está mais presente na água do mar em zonas quentes e já matou 125 pessoas no estado norte-americano desde 2008. Pelo menos oito pessoas já morreram este ano na Flórida devido a uma infecção …

Siemens vai criar comboio de alta velocidade que ligará Mar Vermelho e Mediterrâneo

Um consórcio liderado pela multinacional alemã Siemens estabeleceu um contrato de 4,5 mil milhões de euros para construir uma linha ferroviária de alta velocidade que ligue Ain Sukhna, no Canal de Suez, a Alexandria e …

Alaba joga no Real Madrid mas o seu sonho era jogar no Barcelona

Véspera do grande jogo entre Barcelona e Bayern Munique serviu para Uli Hoeneß divulgar uma conversa pouco simpática para as pessoas ligadas ao Barcelona. A fase de grupos da Liga dos Campeões está de volta. Neste …

Chuva está a ajudar a controlar incêndios em Espanha

Há quase uma semana que as chamas deflagram em Málaga e o incêndio já matou um bombeiro. A chuva tem ajudado a combater o fogo. Há seis dias consecutivos que os bombeiros estão a combater incêndios …

Voos da ONU para Cabul são retomados. Doadores angariam 850 mil milhões de euros de ajuda

Os talibãs garantem que vão proteger as equipas humanitárias da ONU que vão ajudar o Afeganistão, que enfrenta uma grave crise devido à seca. Desde 15 de Agosto que os voos com ajuda humanitária da ONU …

Ventura perde recurso na Relação contra a família do bairro da Jamaica

O Tribunal da Relação considera que os comentários de André Ventura tinham uma "vertente discriminatória em função da cor da pele e da situação socioeconómica” da família. Segundo avança o Público, o Tribunal da Relação não …

Costa promete formar mais médicos e critica "bloqueios corporativos" ao curso de Medicina na Católica

Na inauguração do novo curso de Medicina da Universidade Católica, o primeiro no ensino privado em Portugal, António Costa disse que há falta de médicos e que vai continuar a promover a formação de mais …

Portugal já devia ter começado "a retirar pessoas" de zonas costeiras (e as Torres de Ofir deviam ser "demolidas")

O avanço da água do mar e o défice sedimentar tornam difícil a vida na linha costeira e no Norte de Portugal, há zonas onde já se devia ter começado a realojar pessoas, defendem alguns …

Mulher diz ter sido violada por funcionário da ONU. Investigadores questionam a quantidade de álcool que ingeriu

Uma funcionária de uma Organização Não-Governamental (ONG) disse ter sido violada por um especialista em comunicações do Programa de Desenvolvimento da ONU (PNUD), após uma festa num hotel em Bagdade, no Iraque, em 2016. Segundo um …

Turismo recupera no verão à boleia dos residentes

Apesar das tendências de retoma, os números de 2021 ficam aquém dos de 2019. O setor do alojamento turístico registou 1,6 milhões de hóspedes e 4,5 milhões de dormidas em julho, aumentos de 59,6% e 71,9%, …