É o tudo ou nada. Boris Johnson vai apresentar “proposta final” para o Brexit

Neil Hall / EPA

Boris Johnson vai apresentar uma proposta final à União Europeia para o Brexit e vai ser apresentado como uma espécie de ultimato.

O primeiro ministro britânico vai apresentar aquilo que considera ser um “compromisso justo e razoável” do Reino Unido para lidar com as exigências da UE. À BBC, Boris Johnson assegurou que o Governo britânico tem para apresentar à União Europeia um conjunto de “propostas muito construtivas e de longo alcance” para romper o impasse do Brexit.

Uma das principais novidades do documento que terá sido já enviado a Bruxelas e a vários países da União Europeia é a criação de uma segunda fronteira entre Irlandas, ainda que transitória, até 2025, segundo o jornal britânico The Telegraph.



A fronteira entre as Irlandas é um dos principais obstáculos ao acordo entre Reino Unido e União Europeia. A Irlanda do Norte faz parte do Reino Unido que está de saída, ao contrário da República da Irlanda que vai ficar na UE. Há o receio de uma fronteira a sério entre Irlandas passa trazer ao de cima os fantasmas do conflito entre católicos e protestantes.

A proposta do Reino Unido reconhece que a Irlanda do Norte deverá ter uma “relação especial com a Europa” – e com a República da Irlanda – pelo menos até 2025 e vai aceitar a necessidade “de uma fronteira reguladora entre o Reino Unido e a Irlanda do Norte, no Mar do Norte”, que facilite a ligação da Irlanda do Norte à República da Irlanda.

No entanto, existirão “postos de controlo aduaneiro entre o Ulster [região que divide Irlanda e Irlanda do Norte] e a República da Irlanda”. A Irlanda do Norte “continuaria em grande parte no mercado único da UE até pelo menos 2025 — mas deixaria de beneficiar da união aduaneira com a UE tal como o resto do Reino Unido”.

Boris Jonhson quer abandonar a União Europeia, mas manter também um acordo de livre comércio até se chegar a outro acordo. Além disto, propõe que a Irlanda do Norte permaneça no mercado único da UE para a livre circulação de bens industriais e agrícolas — para evitar tensões e diferença de tratamento com a República da Irlanda.

Já os produtos com origem no Reino Unido e destinados à Irlanda Norte serão alvo de controlo, através de uma fronteira aduaneira “high-tech” com o país vizinho. Ao fim de quatro anos, a Irlanda do Norte pode escolher se quer ficar dentro das regras da UE e da Irlanda vizinha ou se prefere alinhar-se com o restante Reino Unido.

À BBC, Johnson, disse que os controlos alfandegários seriam “absolutamente mínimos” e sem que envolvam “nova infraestrutura”.

Os governos das principais capitais europeias já terão sido informados dos detalhes da proposta “final” do Reino Unido para o Brexit e antecipa-se resistência ao plano. Sem acordo, o Reino Unido sairá da UE no final do mês – a 31 de outubro.

Boris Johnson tenciona ser tão firme no ultimato à UE que um dos seus principais conselheiros de estratégia, Dominic Cummings, terá avisado nos bastidores que “não vamos ficar à espera que negoceiem connosco [desta vez]. Se rejeitarem a nossa oferta, acabou-se”.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Portugal vs Alemanha em direto: Portugal perde por 2-4

A seleção portuguesa de futebol pode garantir hoje o apuramento para os oitavos de final do Euro2020, mas terá de vencer a poderosa Alemanha, ainda à procura dos primeiros pontos no Grupo F. O jogo …

Choques elétricos no pescoço podem combater a fadiga

Desde café a rotinas de sono complexas: os seres humanos desenvolveram várias estratégias para evitar o cansaço. Agora, cientistas acreditam ter descoberto uma nova técnica de combate à fadiga através de estimulação elétrica cerebral não …

"Juneteenth". Novo feriado americano comemora o fim da escravatura

Este sábado comemora-se o mais recente feriado nacional a ser instituído nos Estados Unidos da América. É o chamado Juneteenth, um termo que funde as palavras "june" (junho) e "nineteenth" (dezanove), e representa a data …

Chef Enrico Derflingher trabalhou em Buckingham e na Casa Branca (e revela as preferências da rainha e de Bush)

O chef Enrico Derflingher já alimentou algumas das figuras mais poderosas do mundo. Do Palácio de Buckingham à Casa Branca, o chef italiano sabe melhor do que ninguém quais são as preferências culinárias de Isabel …

Maiores de 35 anos vão poder agendar toma da vacina na segunda-feira

As pessoas com 35 ou mais anos vão poder agendar a toma da vacina contra a covid-19 na próxima segunda-feira. A informação foi confirmada ao Público por fonte da task force. A mesma fonte não adiantou …

Braga faz testes gratuitos a quem trabalhou em Lisboa

As autoridades de Braga estão a proporcionar testes gratuitos de despistagem da covid-19 a trabalhadores do concelho que tenham estado a trabalhar na Área Metropolitana de Lisboa, indicaram hoje os promotores da iniciativa. Os testes realizam-se …

Botswana descobre diamante que pode ser o terceiro maior do mundo

A empresa de diamantes Debswana, que se situa no Botswana, anunciou a descoberta de uma pedra de 1.098 quilates que descreveu como a terceira maior do seu tipo em todo o mundo. Contudo, ainda é …

Hungria 1-1 França | Magiares travam campeões do Mundo

A Hungria empatou hoje 1-1 com a França, em encontro da segunda jornada do grupo F do Euro2020 de futebol em que travou a campeã mundial, algo desinspirada no ataque, graças a uma atuação organizada …

Governo diz que limites à circulação na AML está protegida por Lei de Bases

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde afirmou hoje que a medida que impõe limites à circulação na Área Metropolitana de Lisboa (AML) está “bem protegida e consolidada” naquilo que é a Lei de …

Cidade australiana está coberta de teias de aranha. Fenómeno tem explicação

Uma região australiana está a ser inundada por teias de aranha, após se deparar com severas inundações que obrigaram os habitantes - e os aracnídeos - a procurar terras mais secas para se estabelecerem. A região …